Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://mulher.uol.com.br/beleza/album/2012/05/26/cabeleireiros-comentam-as-cores-de-cabelos-das-celebridades-que-vao-fazer-sucesso-no-inverno.htm
  • totalImagens: 12
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos: direita
  • timestamp: 20120526021303
    • Beleza [17546]; Cabelos [19930]; Cabelos - Tingidos [19927];
Fotos
Juliana Paes - É um castanho escuro clássico, mas com uma cor suave, que mais parece um clareamento natural pelo sol. "É um marrom café com as pontas levemente mais claras, que revela bastante o brilho e o aspecto saudável do cabelo, dando aquela cara de mulher sofisticada, que se cuida", define Julio Crepaldi. Favorece mulheres de qualquer idade, desde que seja castanho bem escuro. É perfeito para quem quer dar uma trégua de coloração, apagar tudo, e ficar com o fio neutro, mas com brilho AgNews Mais
Ísis Valverde - É um clássico, mas extra longo. O tom de marrom queimado tem mechas aleatórias pontuadas para trazer um efeito explícito de mechas e dar mais brilho ao cabelo. A falta de técnica dá um reflexo sutil que aparece com o movimento do cabelo. Segundo os especialistas, este é um estilo, considerando cor e corte, que fica bem para mulheres de no máximo 40 anos de idade Alexandre Schneider/UOL Mais
Marina Ruy Barbosa - Um clássico cobre vermelho, com sobreposição suave de cor, que quase forma um ombré em cima de uma base colorida, com pontas não mais que um tom mais claro, sempre puxando para a predominância da cor que é um cobre. "O fundo escuro próximo ao rosto esquenta a pele e dá brilho. As pontas mais claras dão um ar um pouco mais de praia e consequentemente mais jovem. Esse efeito de cor fica muito adequado no cabelo comprido", comenta Julio Crepaldi. É uma cor que funciona bem para a pele da brasileira, sejam as morenas de pele clara ou mais rosadas. Cai bem para mulheres mais velhas sem pesar tanto TV Globo/ João Miguel Júnior Mais
Nathália Dill - A cor do cabelo da atriz é um mel acobreado que tem um contraste no meio e nas pontas, que segue um acobreado dourado. "Combina muito com o tom de pele dela, que parece mais bronzeada. O corte favorece bastante a coloração, mas é preciso manter os cabelos saudáveis e evitar produtos adstringentes, como xampus de limpeza profunda, para não desbotar", ressalta Julio Crepaldi. É um estilo que cai bem para meninas jovens e também para as mulheres mais velhas despojadas Agnews Mais
"É um mel escuro que combina muito com a pele dourada da atriz", explica Branca de Lorenzo, responsável pelo novo visual de Carol. "Ela acabou de fazer a coloração então fica mais intenso o tom. A tendência é ficar com uma cor mais luminosa. Esse resultado pode ser adotado em mulheres mais velhas também, desde que tenham pele clara ou dourada. Nas mais morenas de pele, não cai muito bem", opina Branca AgNews e Reprodução/Instagram Mais
Sabrina Sato - A apresentadora tem um loiro típico de inverno, com um ombré próximo à raiz, que fica propositalmente mais escura. "É uma mistura de quatro tons acaramelados: canela tostada, marrom âmbar, dourado e mel", explica Marco Antonio de Biaggi, do MG Hair Design. Esse estilo está dentro dos dourados sofisticados. O repicado valoriza muito o efeito das mechas, mas pode ser usado também em fios retos, com a ponta levemente desfiada, assim suaviza o volume no comprimento e ressalta as nuances Agnews Mais
Débora Nascimento - Cabelos longos com cachos fechados é muito comum na mulher brasileira. O cabelo da atriz tem cachos perfeitos, sendo assim o leve clareamento nas pontas traz um pouco de sensualidade aos fios longos e muita leveza. É um efeito interessante, pois cria profundidade e valoriza o formato dos cachos. Quando alisado, o efeito das pontas claras continua bem sutil, com um ar jovem, sensual TV Globo / João Miguel Júnior Mais
Natalie Portman - É um cabelo que deixa o visual jovem e ao mesmo tempo clássico. "Essa cor é cheia de personalidade - ela traz luminosidade e um efeito mais moderno. A franja dá uma moldura interessante, destaca bastante o rosto e também ilumina. É uma cor bonita para mulheres com cabelo longo, seja ondulado ou liso", acredita Julio Crepaldi. Pode ser usado por qualquer mulher, mas as com mais de cinquenta anos devem adotar com cautela. A única restrição é a qualidade do fio ? tem que ser saudável, hidratado e macio para ressaltar o tom Getty Images Mais
Olivia Palermo - Este ombré suave é uma técnica mais sofisticada que consiste em sombrear de forma bem natural (de um a dois tons mais claros que o cabelo) o rosto, o comprimento e as pontas. "Geralmente é um efeito que deixa a mulher brasileira mais bonita e menos escrava do que se fosse uma coloração convencional, daquelas que a cada dois meses é preciso renovar. Por ter uma base natural mantém o brilho original, mas com reflexos que podem ser dourados, caramelo, da cor que mais combinar com a mulher", explica Crepaldi. Essa coloração aparece bem em cabelos médio e longo, com um repicado leve, sem muita camada. Inclusive, favorece mulheres mais velhas ? por ser mais despojado, dá um ar jovem Getty Images Mais
Elizabeth Olsen - Este é o loiro do inverno, no qual prevalece a raiz mais escura. A técnica é feita com várias nuances de tinta mais um descolorante suave. O objetivo é colocar de três a quatro cores que se harmonizam, de preferência loiros e irizados (perfeitos para a brasileira), e vêm num degradé de clareamento do meio para a ponta, mantendo a base escura. Está dentro dos dourados sofisticados. Pode ser usado em fios retos, mas com as pontas levemente desfiadas para suavizar o volume no comprimento e favorecer o efeito das nuances Getty Images Mais
Sophie Charlotte - Lembra um castanho natural com reflexos muito suaves, que pode até ser desbotamento da cor anterior. "É um escuro sofisticado, que dá vida ao cabelo e um aspecto saudável, com brilho", explica Julio Crepaldi Agnews Mais
Camila Morgado - A cor do cabelo da atriz está em alta. É um marrom acobreado, mais escuro no fundo e acobreado nas pontas, que ficam mais claras e dá movimento. Por ser um corte repicado com pontas claras esquenta o rosto dela, que fica iluminado. "Essa cor pede um corte descontraído, despojado, como o dela que é repicado em muitas camadas, o que favorece para revelar mais o tom. Os cabelos clássicos, como fios retos, com essa cor, de certa forma, envelhece e pode parecer muito artificial", explica Julio Crepaldi. TV Globo Mais

Cabeleireiros comentam as cores de cabelos que vão fazer sucesso no inverno

ÚLTIMOS ÁLBUNS DE BELEZA



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos