Médicos divergem sobre o efeito 'gata' em famosas, causado pelo botox

Maria Eugênia Tomazini
Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

    Algumas das celebridades que tiveram suas feições mudadas, aparentemente depois de intervenções estéticas: Carla Bruni, Cameron Diaz, Madonna e Kylie Minogue

    Algumas das celebridades que tiveram suas feições mudadas, aparentemente depois de intervenções estéticas: Carla Bruni, Cameron Diaz, Madonna e Kylie Minogue

O que a cantora australiana Kylie Minogue e a atriz Cameron Diaz têm em comum? Além da carreira de sucesso, gordas contas bancárias, elas lideram uma nova tendência em Hollywood – a turma das "gatas". Um grupo de mulheres que, devido às mais diversas intervenções estéticas, ganharam feições felinas: sobrancelhas levantadas, bochechas redondinhas com o formato que lembra ao de uma maçã, testa lisa e os famosos olhos puxados.

Quando os procedimentos estéticos foram feitos, certamente as semelhanças com os felinos não estava entre as contra-indicações. Segundo o médico Ronaldo Golcman, um dos chefes da equipe de cirurgia plástica do hospital Albert Einstein, estas características são consequências da constante busca pela juventude eterna. "O rosto do jovem é angular e liso. Com o passar do tempo, aumenta a gordura e o rosto fica mais grosso", explica. Mas engana-se quem demoniza o uso do botox, e o próprio médico é enfático sobre o tema. "Ele é ótimo. Ajuda a atenuar as linhas de expressão prolongando a beleza dos jovens", garante, mas faz ressalvas. "Ele é uma arma que tem de ser usada a seu favor, e não para paralisar as feições do rosto."

Os olhos e a testa costumam ser as áreas mais afetadas pelo excessivo uso de botox. Isso porque o produto paralisa temporariamente o músculo do local onde houve aplicação, e a parte livre do botox tende a se contrair mais livremente.

Carla Bruni: franja providencial e cara de gato acentuada

  • Getty Images

O médico cita como exemplo a cantora/primeira-dama francesa, Carla Bruni. "Ela sempre teve os olhos puxados, porém o efeito da sobrancelha levantada e a testa lisa (característicos do uso do botox) são visíveis", diz. Conhecedora da imprensa de entretenimento e sabendo como os tabloides são cruéis quando o assunto é idade, a senhora Sarkozy disfarça bem os efeitos do tempo e há anos esconde-os atrás de uma franja bem marcada. 

Conhecida do Oiapoque ao Chuí como a maior "botoqueira" do país, a médica Ligia Kogos fez as aplicações na musa francesa quando ela esteve no Brasil,  e discorda do médico do Einstein. "Eu garanto que ela já tinha bochechas bem grandes. A carinha de gato sempre foi seu traço marcante, olhos enviesados e oblíquos. Seja o que tiver feito atualmente, foi feito com habilidade e perícia preservando fielmente seus traços naturais", defende a médica. Entre outros recordes, sua clínica detém o título de segunda maior aplicadora de botox do mundo, ficando atrás, apenas, de uma clínica nos Estados Unidos. Mas Ligia Kogos logo explica a posição de vice. "A clínica americana tem duas filiais. Se tivesse apenas uma, nós seríamos superiores no número de aplicações."

Cameron Diaz: faltam as covinhas ou sobram bochechas caídas?

  • Getty Images

Em uma recente aparição no desfile da Chanel, em Paris, Cameron Diaz estampou tabloides do mundo todo por conta da falta de expressão em seu rosto. O médico tem uma opinião formada sobre a "gata" Diaz. "Comparando a foto antiga com a mais recente, percebe-se na imagem atual que a covinha de seu rosto sumiu. Devido ao constante uso de botox, ela não consegue mais sorrir", diz. Para a dermatologista, porém, o problema da moça é a falta de botox. "O rosto dela está cheio de marcas e ela está precisando de aplicações – dá para ver as rugas nos cantos dos olhos", diz. As bochechas arredondadas e caídas, segundo a médica, são efeito da ptose malar – declínio das bochechas em consequência do envelhecimento  - e não da aplicação de preenchimento. 

Madonna, o consenso

  • Getty Images

Por mais diversas que sejam as opiniões dos médicos, ambos concordam sobre o efeito gatinho do botox e sobre suas consequências. "No caso da Madonna, é nítido que ela tenha usado botox e que seus olhos estão ficando puxados. Mas isto não quer dizer que ela não esteja melhor agora do que no passado. Nem sempre o efeito gata é ruim", garante a médica. Golcman acredita que em todos os casos apresentados pela reportagem, a ideia para recompor a jovialidade foi correta, o problema foi outro. "A enorme quantidade de botox e o pequeno intervalo entre as aplicações provocou certas imperfeições."

 

Kylie Minogue, a coelhinha

  • Getty Images

Outra unanimidade entre os médicos foi o caso da cantora australiana radicada na Inglaterra, Kylie Minogue. "Ela ficou com o rosto deformado. Este exagero é desnecessário. A raíz do nariz perdeu a definição", diz o médico do Einstein. Ligia Kogos aponta outro problema como consequência de procedimentos estéticos: o sinal do coelhinho. "Essa ruga na parte superior do nariz, que só é percebida quando a pessoa sorri", explica, e logo sugere a correção: "nada que uma gotinha de botox não conserte". 

 

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos