Cabelo de 'velhinha' de Kelly Osbourne exige cuidados constantes

Maria Eugênia Tomazini
Do UOL, em São Paulo

Depois do cabelo cinza, agora é a vez do lilás para Kelly Osbourne. A filha do roqueiro Ozzy Osbourne resolveu aderir de vez ao look com cara de vovó ao surgir com a cor favorita de senhoras idosas, dando uma leitura jovem para o tom.

Outro sinal de que o cabelo "de velhinha" talvez seja uma nova tendência entre fashionistas foi a campanha de inverno 2011/2012 da francesa Chanel. Com styling de Carine Roitfeld (ex-editora da Vogue francesa), ela deixou acinzentadas as madeixas da modelo Freja Beha Erichsen, criando uma atmosfera de brincadeira junto com a maquiagem colorida da campanha.

Por mais moderno que seja, o "roxinho" não é unanimidade nem entre o público descolado. "É uma tendência que depende da turma. Tem que ser uma pessoa estilosa e que não se importe em passar algumas horas por semana no salão", diz o colorista Edu Alves, do Retro Hair, em São Paulo. O cabelereiro Rodrigo Lima, do Circus Hair, também de São Paulo, concorda com Alves. "Posso dizer que a cada dez clientes, uma pede esta cor. É um tom que deixa a pele mais pálida. Os góticos, por exemplo, adoram. Jovens usando uma cor que é vista em senhoras de idade é uma forma de quebrar paradigmas", garante.

Cuidados essenciais para
os cabelos coloridos

Fazer hidratação uma vez por semana
A cauterização também é recomendada após a descoloração
Usar xampu tonalizante, também conhecido como rinsagem (tinta temporária), uma vez por semana
Retocar a raiz, no máximo, uma vez a cada 15 dias

Preferências à parte, existe um consenso: é um cabelo de difícil manutenção. "Não dá para fazer em casa. Se a descoloração passar um minuto do ponto pode arruinar todo o visual. Tem de ser feito nas mãos de um profissional", afirma Alves. Assim como qualquer cabelo descolorido, é necessário hidratação intensa, cauterização e a mistura de químicas não é recomendada. "Se você faz alisamento e resolve aderir ao roxo, as chances de queda de cabelo só tendem a aumentar", alerta Lima.

No caso desta cor, a descoloração é a etapa mais complicada. O passo seguinte é apenas o uso de um xampu tonalizante. “Depois de conseguir o tom roxinho no salão, a manutenção dos fios pode ser feita em casa, com o uso de xampus apropriados, uma vez por semana. Entretanto, quando a raiz começar a crescer, é importante retocar no salão”, ensina Alves. A cor começa a desbotar a partir da quarta lavada.

Por fim, ambos cabelereiros aconselham um corte moderno para ir com as madeixas mais claras. “Esta cor pede um cabelo com fios desfiados e assimétricos ou um chanel clássico”, diz Lima. “Não dá para deixar o cabelo crescer de qualquer jeito. É importante acertar as pontas a cada três meses”, completa Alves. 

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos