Cabelos com raiz oleosa e pontas secas exigem cuidados especiais

Isabela Leal
Do UOL, em São Paulo

Guia de compras: xampus, condicionadores e máscaras de tratamento para cabelos mistos
Veja Álbum de fotos

Quem vive às voltas com o dilema de raiz oleosa e pontas secas sabe como é difícil equilibrar esses extremos, o problema realmente requer alguns cuidados, que se não forem observados no dia a dia, a única solução pode ser o corte. Antes de tudo é importante esclarecer qual a frequência com que se deve lavar. "Esse problema acomete principalmente os fios mais finos, que, geneticamente, na maioria dos casos, estão associados a glândulas sebáceas maiores, que produzem mais oleosidade. Por isso, lavar em dias alternados é o mais recomendado para reeducar as glândulas, de maneira que fabriquem menos sebo", explica a dermatologista Flávia Martelli, de São Paulo. "Lavar diariamente pode levar as glândulas sebáceas a trabalharem mais", conclui a médica. Sim, parece incoerente ter que deixar de lavar os cabelos oleosos com frequência. Justamente eles que, na maioria dos casos, em 24 horas começam a parecer mais pesados e sujos? É, mas vale a pena e nem tudo está perdido, pois existe uma boa solução: o xampu a seco, que ameniza a oleosidade, refresca e suaviza odores desagradáveis. "O xampu a seco é a salvação para a mulher que lava de manhã e a noite já está oleoso. Mas ele não deve ser usado como substituto o tempo todo porque o cabelo necessita de ser lavado com água e um bom xampu, para se manter limpo e remover a oleosidade. Além de trazer benefícios para a saúde do cabelo", orienta o cabeleireiro Raphael Vogler, do salão Crystal Hair, do Rio de Janeiro.

O xampu certo

Os xampus para cabelos oleosos cumprem muito bem o papel de tratar esse tipo de fio, por suas propriedades refrescantes e adstringentes, que removem a oleosidade do couro cabeludo. "Para que essa adstringência não aumente o ressecamento das extremidades do fio, o segredo é não abrir mão de um condicionador aplicado do meio do fio para as pontas, para fechar a cutícula. Lembrando que condicionador e máscaras nunca devem ter contato com a raiz do fio, para não aumentar a oleosidade", explica Flávia Martelli. Além dos produtos para cabelos oleosos, muitas marcas disponibilizam xampus específicos para raiz oleosa e pontas secas, mas vale pedir uma sugestão para o seu cabeleireiro.  "Os xampus próprios para esse problema agem através de íons. A carga iônica do cabelo oleoso acaba se conectando a carga do xampu e com isso limpa a região onde há mais oleosidade. Como a parte seca, das pontas, possui outra carga iônica (negativa), nessas áreas, só ocorre a ação dos componentes hidratantes", descreve o cabeleireiro e proprietário do salão Circus Hair, Rodrigo Lima, de São Paulo. Alternar os xampus também traz benefícios. "O ideal é lavar os cabelos dia sim, dia não, alternando também o xampu utilizado: uma vez com um para cabelos oleosos e outra com um xampu para fios normais. Mudar a marca é muito importante também para evitar que os ativos de uma determinada fórmula se acumulem nos fios. Variar a composição química dos xampus com frequência garante uma limpeza mais eficaz dos cabelos e uma absorção equilibrada dos ativos", justifica o dermatologista e tricologista Valcinir Bedin, de São Paulo. E por fim, o uso de um xampu anti-resíduos também pode útil para tratar esse tipo de cabelo, desde que se use um condicionador depois, para tratar as pontas, e a aplicação seja feita a cada duas ou quatro semanas, nunca semanalmente para evitar o efeito rebote.

Pontas secas

A questão das pontas secas é delicada porque cabelos ressecados se tornam frágeis e suscetíveis a ficarem quebradiços. E no caso das extremidades dos fios, essa fragilidade é ainda maior, por ser a parte mais distante do couro cabeludo, que é a fonte de nutrição. Portanto, assim como a raiz oleosa precisa de adstringência, as pontas necessitam de hidratação, o que na prática significa jamais abrir mão de aplicar um condicionador ou máscara, por receio de aumentar a oleosidade da raiz. "Uma coisa não tem nada a ver com a outra, basta aplicar o condicionador do meio do fio para as extremidades, sem ter contato com o couro cabeludo", ressalta Raphael Vogler. As máscaras capilares com enxágue também são muito eficazes para os casos severos de ressecamento das pontas, por terem ativos mais concentrados e, assim, mais potentes – a recomendação de uso varia de acordo com o fabricante, mas geralmente uma aplicação por semana é suficiente. "Nas pontas quebradiças, aquelas que se rompem quando fazemos o teste de esticar o fio, é aconselhável aplicar uma máscara com efeito de nutrição e força. Mas se elas estiverem apenas secas, isto é, porosas, sem tendência à quebra, o ideal é uma máscara hidratante", sugere Rodrigo Lima. Agora, no caso das pontas duplas, aquelas que se ramificam no mesmo fio, não há nenhum produto que possa tratar. "Esse estágio é irreversível, as pontas não se juntam mais. Para fortalecer de novo o cabelo, a única solução é cortar em um comprimento que elimine completamente a duplicação do fio", avisa a dermatologista Flávia Martelli.

Notícias relacionadas

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos