Como tingir, sem medo, os primeiros cabelos brancos

Isabela Leal
Do UOL, em São Paulo

  • Thinkstock

Mais cedo ou mais tarde, muitas mulheres que nunca se renderam a tinturas e colorações se deparam com mais fios brancos do que conseguem ignorar. A maioria que decide disfarçar a nova cor da cabeleira começa então uma saga para descobrir qual é a melhor saída.

Na lista das opções menos radicais estão a hena e os tonalizantes,  alternativas sem amônia, que tingem temporariamente e saem com as lavagens, e que costumam ser uma "porta de entrada" comum para o mundo dos cabelos coloridos. "Se os brancos forem até 30% do cabelo, os tonalizantes cumprem muito bem a missão de disfarçá-los", afirma o cabeleireiro e colorista Célio Faria, do Instituto de Beleza que leva seu nome, em Belo Horizonte. O efeito desses produtos depende da quantidade de fios brancos e quanto se deseja cobri-los. "O tonalizante dá uma boa maquiada, tenho clientes com cabelos finos que têm 60% a 80% de fios brancos e conseguem um resultado muito bom. Como elas não gostam do efeito radical da coloração, ficam satisfeitas com a transparência que o tonalizante oferece. Mas, para esse resultado, o cabelo precisa ser fino. Se for de médio a grosso, já não funciona da mesma forma", declara o colorista Daniel Fortunato, do badalado salão Patrick Melville Salon, localizado na 5ª avenida, em Nova York.

Ao lado dos tonalizantes, a hena é também a queridinha entre as opções light. Também pudera. "Costumo dizer que a hena não cobre os fios brancos, ela os transforma em mechas naturais com reflexos e nuances mais vivos que o fio natural. Um exemplo: uma hena vermelha aplicada em um cabelo castanho vai dar uma nuance difusa na cor do cabelo, a cor de base vai ter reflexos vermelhos e os brancos vão ficar mais vivos. O resultado final é muito bonito. O efeito visual que se tem com a hena é exatamente o mesmo de um xampu tonalizante", afirma Júnior Carvalho, colorista do salão C.Kamura, de São Paulo, responsável pelas madeixas da atriz Grazi Massafera.

Guia de compras: produtos para disfarçar os fios brancos
Veja Álbum de fotos

Abuse do poder das mechas

Outra boa saída para disfarçar os primeiros branquinhos são as mechas. Feitas no salão, elas garantem um efeito óptico que disfarça bem, além de proporcionar um brilho bonito e efeito natural. "Mechas e reflexos dão luminosidade aos cabelos brancos e ainda aumentam o tempo entre os retoques da raiz . Assim, garantem uma aparência natural, principalmente quando feitas 'tom sobre tom' e em pouca quantidade", declara o mineiro Célio Faria. "Mulheres com cabelos escuros precisam clarear o tom de base para conseguir um contraste sutil e aí sim conseguirem um efeito interessante. Mas, se a ideia for justamente fazer as mechas para evitar uma coloração mais radical, sugiro essa técnica para os fios mais claros, a partir do loiro médio. Nesse caso é uma saída perfeita para disfarçar os brancos", diz Júnior Carvalho.

Fios mais claros para reduzir o contraste

Além do tonalizante e das mechas, clarear o cabelo inteiro aos poucos – para começar gradativamente a batalha das tinturas – também funciona quando os brancos insistem em aparecer (as morenas convictas ficam fora dessa hipótese, claro). O que acontece é que, com o tempo, a maioria das mulheres acaba se rendendo aos tons mais claros do que o habitual, já que o cabelo claro tende a rejuvenescer, quase sempre. "Nesse caso, fazer mechas bem fininhas em todo o cabelo para criar um efeito de luz já minimiza o destaque dos brancos. É bom lembrar que, para quem tem muitos fios brancos, o ideal é sempre usar uma cor que talvez não cubra os brancos 100% de uma forma muito saturada, mas que deixe um reflexo mais suave, como cabelo de criança, com os tons difusos. Assim, quando os brancos começarem a aparecer pra valer, esse cabelo não vai ter tanto contraste", diz Daniel. O colorista Júnior Carvalho concorda e acrescenta: "Cabelos escuros, quando começam a ficar brancos ficam com um contraste muito visível, precisam ser retocados com mais frequência. Portanto, seja como for, clarear um pouco o cabelo torna o resultado mais harmônico, mesmo um castanho escuro pode se tornar um marrom suave para minimizar o contraste com os brancos. E fica muito bonito", declara.

Solução imediata

Cabelos tingidos exigem manutenção da raiz, à medida que os fios crescem. Mas, se acontecer um convite imprevisto ou uma festa de última hora e você se deparar com a raiz branca, vale apelar para os sprays ou bastões de retoque instantâneo que, como o nome sugere, têm efeito rápido, no máximo até a próxima lavagem, mas disfarçam o problema. Em outras palavras, é um quebra-galho eficaz. "O segredo é usar um produto de qualidade, já que algumas marcas mancham o couro cabeludo. É bom evitar os excessos ou ficar passando a mão para não remover o produto e manchar a pele. Mas acredito que aplicar um tonalizante rapidinho na raiz pode funcionar melhor que o spray, principalmente para as mulheres acostumadas com o produto", diz Daniel.

Últimas de Mulher



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos