Fragrância masculina da Bulgari tem cheiro de sabonete de academia

por Chandler Burr, do "The New York Times" *
Notas Perfumadas

  • Criadora: Bulgari Avaliação:

O masculino Aqva Pour Homme Marine, da Bulgari, apresentado na primavera passada [do hemisfério norte], carrega duas impressões digitais. A primeira é de seu criador, Jacques Cavallier, um perfumista prolífico e de tanto sucesso atualmente que ele parece sempre ser o criador de um quarto das fragrâncias produzidas no mundo a cada ano. A segunda é o cheiro inconfundível de uma molécula, metil-benzodioxepinona, também conhecida pelo seu nome comercial, calona. Cavallier foi buscá-la entre a multidão e a transformou em protagonista de vários dos maiores sucessos comerciais que a indústria do perfume já viu. Ela praticamente definiu o estilo dos perfumes dos anos 90. Se a Bulgari tomou uma decisão sábia ao lançar um aroma dos anos 90 modernizado, uma década depois, é outra questão.



Cavallier é, como muitos dos melhores perfumistas, um artista e um técnico, que domina vários arquétipos olfativos. Ele criou, ou co-criou, o feminino extremamente menosprezado Chic (2002) para Carolina Herrera, o delicioso gourmand de framboesa Hot Couture (2000) para Givenchy e o francês floral tradicionalista - porém atualizado - de Gaultier, Classique (1993). Ele tem um imenso alcance estético. Ele sabe criar vulgaridades exibidas (o fascinante neon e manga Serpentine, para Roberto Cavalli); ele sabe fazer um estilo bem comercial e americano (Truth para Calvin Klein, o equivalente olfativo ao "Código Da Vinci"); e sabe fazer excelentes perfumes de alto luxo (Noir de Noir e Tuscan Leather, ambos para Tom Ford).

Mas foi com a calona que Cavallier fez história. Calona é uma molécula sintética que exala o cheiro de água do mar com traços de ozônio. Em 1992, Cavallier a usou em l'Eau d'Issey para Issey Miyake e depois repetiu a dose, em 1996, com Acqua di Gio Pour Homme para Armani. As fragrâncias logo foram parar no topo da lista das mais vendidas, e os marqueteiros ficaram extasiados: Cavallier ficará ligado para sempre a toda uma nova categoria de perfumes, as fragrâncias "marítimas".

Bulgari queria uma fragrância ultramarítima de Cavallier, e através de Aqva Pour Homme Marine, foi isso o que Cavallier lhes entregou. Os comunicados para imprensa da Bulgari esbanjam menções a brisas oceânicas e usa palavras como "grapefruit" e "neroli" (a florada da laranjeira), mas o que você tem ali, na verdade, é uma fragrância que não traz nenhum tipo de referência ao mundo natural. Aqva é o filho suavemente belo de l'Eau d'Issey, traz o cheiro de um sabonete desodorante da cara academia de ginástica para executivos que tem um poderoso ar-condicionado central (tenho a impressão que Cavallier colocou na fórmula alguns salicilatos para passar uma sensação mineral - um belo toque).

Os homens vão gostar do perfume, eles foram condicionados a tal. É um agradável masculino. É um bom exemplo de sua categoria. Você só precisa decidir como se sente a respeito de tal categoria.

Aqva Pour Homme Marine
Bulgari
www.bulgari.com
 

Tradutor: Erika Brandão

UOL Cursos Online

Todos os cursos