Chandler Burr comenta alguns dos mais recentes aromas da perfumaria

por Chandler Burr, do "The New York Times" *
Notas Perfumadas

  • Criadora: Issey Miyake Gênero: Feminino

1. L’Eau d’Issey Fleur de Bois, Issey Miyake: No início dos anos 1990, Issey Miyake pediu a Jacques Cavallier que criasse l’Eau d’Issey, uma fragrância com “cheiro de água". A esse, foi adicionado cedro-da-virgínia.

 

2. L’Eau d’Hiver, de Jean-Claude Ellena para Editions de Parfums Frederic Malle: Uma fina bergamota dissolvida em água quente do mar da Turquia, que se difunde no mais completo silêncio. Magnífico.

 

3. StellaNude, Stella McCartney: Como o perfume original de Cavallier para McCartney, StellaNude não chega realmente a se fixar à pele, em vez disso, permanece atomizado no ar, em uma nuvem de luz âmbar, abaunilhada.

 

4. Tom Ford Japon Noir: David Apel criou uma fragrância que finge recolher em pudor com notas de abetos, dark citrus e vetiver. Então, de forma quase imperceptível, a fragrância clareia, como um kir de cassis, se estabiliza e revela suas águas cristalinas.

 

5. Vivara, Emilio Pucci: Uma fragrância Chipre moderna criada por Francois Demachy que habilmente evita notas “florais” ou “verdes” (ou “chipre,” por assim dizer), e em vez disso exala o aroma do verão.

 

6. Prada Infusion d’Iris: Diferentemente da sensualidade abertamente deslumbrante, púrpura, aveludada da fragrância original da Prada, Infusion d’Iris é um deleite sedoso, acrômico, carregado da beleza da raiz de íris.

Tradutor: Fabiana Souza

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos