Fragrância Tuberoli, de Space.NK, vem impregnada do estilo inglês

por Chandler Burr, do "The New York Times" *
Notas Perfumadas

  • Criadora: Space.NK Avaliação:

O Space.NK é um varejista de beleza - o "NK" vem do nome do fundador, Nicky Kinnaird - que trabalha com produtos caros, cultuados e específicos de skin care e cosméticos. Ele abriu suas portas em 1993, em Covent Garden, Londres, e em junho de 2007 abriu uma flagship store em Nova York, na Greene Street, no SoHo.




Nicky Kinnaird também criou uma nova linha de fragrâncias com a marca Space.NK. A estética da linha é muito inglesa, uma abordagem que traz consigo, assim como faz para a linha igualmente inglesa de Jo Malone, um lado positivo e outro negativo.

O lado negativo diz respeito ao fato de que a perfumaria inglesa sempre refletiu a reticência inglesa. Há um século, os franceses estavam usando civeta, uma pungente secreção das glândulas do gato-de-algália, em seus produtos mais elaborados. Os italianos estavam criando clássicas águas de colônia cítricas para barbearia em meados de 1955. Os americanos produziam cópias de grandes florais neo-franceses nos anos 70 e fragrâncias higienizadas nos anos 90, aquelas que te deixavam com o cheiro de quem acabou de sair da lavanderia coreana do bairro, depois de um circuito longo na máquina de lavar com sabão em pó.

Quanto aos ingleses, eles estavam criando florais padrão, muito leves e agradáveis para as mulheres inglesas - lavanda e violeta são obsessões do país - e águas de colônia padrão, cítricos antiquados para os homens que murmuravam: "por favor, você primeiro, eu insisto."

O campeão de vendas do Space.NK, Laughter, é o perfume que Nicky Kinnaird considera a "fragrância-ícone" da marca. É uma das colônias cítricas inglesas que mais seguem a receita padrão que eu já senti. Não é ruim - afinal ela foi criada pelo perfumista inglês über-talentoso Christopher Sheldrake antes de Chanel contratá-lo - mas foi intencionalmente feita com o inexorável tradicionalismo do branco e preto de Ascot.

O resto da coleção carrega a Inglaterra inovadora. Dependendo do seu gosto, é aqui que entra o lado positivo: se você gosta de fragrâncias leves, que nunca levantam a voz, que falam no tom calmo e seguro da BBC, você vai adorar os perfumes da Space.NK. Nick Kinnaird teve o bom senso de encomendá-los para competentes perfumistas: Champaca é feito por Azzi Glasser, Jasamber, por Trevor Nicholl e Tuberoli e Santalrosa são, assim como Laughter, criados por Christopher Sheldrake.

Champaca consiste em lírio-do-vale, cedro e vetiver levemente tocados pelo amanhecer, uma flor-fantasma. Nick Kinnaird diz que Jasamber foi inspirado na Escandinávia e, adequadamente, pode-se sentir o cheiro do cedro da sauna num frio invernal. Santalrosa é uma Londres contemporânea, elegante e descolada sob uma chuva fina, recém-saída do chuveiro e a caminho do metrô.

Tuberoli é a mais interessante do grupo. Se você gosta da tuberosa que nasceu das mãos com a manicure perfeita de Germaine Cellier [perfumista francesa] de Fracas, vai ter que se esforçar um pouco para sentir Tuberoli. Se você é viciado na granada de mão de tuberosa, absolutamente suntuosa, chamada Carnal Flower, de Dominique Ropion, não vai registrar nada. Se, entretanto, você quiser uma tuberosa que tomou um analgésico e que foi docemente embalada, que te beija com um leve roçar dos lábios, Tuberoli está na sua lista. Muito Norman Foster [arquiteto inglês]. Muito Strand Street. Muito Hyde Park. Muito Londres.

Tuberoli
Space.NK
spacenk.com
 

Tradutor: Erika Brandão

UOL Cursos Online

Todos os cursos