Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://mulher.uol.com.br/casa-e-decoracao/album/2012/08/27/estrutura-metalica-e-concreto-garantem-ampliacao-de-sobrado-de-vila-sem-descaracterizar-imovel.htm
  • totalImagens: 23
  • fotoInicial: 4
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120827192016
    • arquitetura [20976]; Construção e Reforma [60127]; reforma [26216]; projeto [18398]; Casa [16706]; casa de cidade [60131]; sobrado [30933];
Fotos
A construção original não tinha pilares nem vigas de concreto armado. Suas paredes eram de alvenaria de tijolos maciços e o concreto estava apenas nas lajes e na escada que dá acesso ao pavimento superior, a partir da antiga sala de estar. Apesar de toda a intervenção estrutural que seria feita, não foi preciso alterar as fundações originais do sobrado em Perdizes, zona oeste da capital paulista. A obra é assinada pelo arquiteto Francisco Spadoni Divulgação Mais
O primeiro cuidado da reforma foi estrutural: para abrir o vão entre estar e cozinha e ampliar a sala era preciso reforçar a estrutura existente com vigas metálicas (Açotech). Assim, o andar superior foi escorado (sustentado por uma estrutura auxiliar de madeira), para que o encontro entre alvenarias e lajes fosse rasgado. Neste vão produzido foram introduzidas as vigas metálicas. A reforma da Casa Cayowaa é assinada pelo arquiteto Francisco Spadoni Divulgação Mais
A Casa Cayowaa era um típico sobrado geminado paulistano, no bairro de Perdizes, que ao ser reformado teve a linguagem original da fachada preservada, ela só perdeu seu revestimento de pedras... Divulgação Mais
... a grande mudança, no entanto, ocorreria pelo lado de dentro. O projeto do arquiteto Francisco Spadoni incorporou aos interiores o corredor lateral, o que exigiu a demolição da parede de fechamento, que tinha função estrutural, ao longo de todo o comprimento da casa, assim como a instalação de vigas metálicas e de um muro de concreto para suportar o segundo pavimento Tiago Andrade/ Divulgação Mais
Onde fica hoje a mesa de jantar, havia um corredor externo lateral à Casa Cayowaa. Derrubada a antiga parede da sala (onde a viga branca, metálica, está exposta), criou-se o espaço limitado pelo concreto moldado "in loco", com espessura de 7 cm, a partir de fôrmas de madeira. Esse revestimento fica diretamente posicionado sobre a alvenaria do antigo muro lateral, já que a casa é a primeira de uma sequência de sobrados geminados de uma rua de Perdizes, em São Paulo Tiago Andrade/ Divulgação Mais
A área social da casa, a despeito de ser um sobrado geminado, recebe luz natural de todas as direções possíveis. Refletida pelo piso epóxi (Delta Pisos), que vai até a cozinha, e difundida através uma arquitetura com interiores de linhas retas e muito limpa, essa luz se potencializa ainda mais. O rústico se integra ao branco contínuo instaurado na reforma da Casa Cayowaa pelo arquiteto Franscico Spadoni Tiago Andrade/ Divulgação Mais
Em todo o interior integrado - estar, jantar e cozinha -, o piso é de epóxi branco (Delta Pisos). Sobre a mesa de jantar, as luminárias são da Bertolucci e, ao redor do móvel, estão as cadeiras de Fernando Jaeger. O projeto que remodelou a Casa Cayowaa é de Francisco Spadoni Tiago Andrade/ Divulgação Mais
No estar da Casa Cayowaa: sofá Artefacto, tapete Santa Mônica, objetos de decoração Pylones (Paris), luminárias Bertolucci e pintura de André Esquiavan. A reforma que criou a integração entre os ambientes sociais e externos é assinada pelo arquiteto Francisco Spadoni Tiago Andrade/ Divulgação Mais
Para a nova sala de jantar, foi exigida uma extensão da laje original, sobre o antigo estar. Esses ambientes ficam separados apenas pela viga estrutural metálica branca, ainda exposta. A nova laje maciça, de concreto armado e moldada "in loco", só ganhou camada de verniz, sem qualquer outro revestimento para forro e manteve, assim, seu aspecto rústico, que ajuda a diferenciar o jantar do living. A reforma da Casa Cayowaa tem assinatura de Francisco Spadoni Tiago Andrade/ Divulgação Mais
A caixilharia para a fachada da casa é em PVC e desempenha função acústica (Projetos Envidraçamentos). A abertura para a rua, com porta pivotante a partir da sala de jantar, integra a área de refeições ao paisagismo externo, de Célia Alves. O projeto que remodelou a Casa Cayowaa é de Francisco Spadoni Tiago Andrade/ Divulgação Mais
A caixilharia para a fachada da casa é em PVC e desempenha função acústica (Projetos Envidraçamentos). A abertura para a rua, com porta pivotante a partir da sala de jantar, integra a área de refeições ao paisagismo externo, de Célia Alves. O projeto que remodelou a Casa Cayowaa é de Francisco Spadoni Tiago Andrade/ Divulgação Mais
As paredes que separavam o estar da cozinha, a cozinha do quintal (ao fundo) e o estar do corredor externo lateral da casa (onde fica hoje a mesa de jantar) puderam ser totalmente demolidas após a inserção das vigas metálicas (Açotech) que permanecem expostas e pintadas de branco. O resultado é luz natural em abundância e uma sensação de amplitude. A reforma é assinada pelo arquiteto Francisco Spadoni Tiago Andrade/ Divulgação Mais
Na cozinha da Casa Cayowaa, móveis e armários são da Dellanno, enquanto a luminária é Bertolucci e os eletrodomésticos, Electrolux e Brastemp. A parede ao fundo da pia também é revestida por concreto rústico, aplicado junto ao antigo muro lateral da casa. A reforma do sobrado foi idealizada pelo arquiteto Francisco Spadoni Tiago Andrade/ Divulgação Mais
Na cozinha da Casa Cayowaa, móveis e armários são da Dellanno, enquanto a luminária é Bertolucci e os eletrodomésticos, Electrolux e Brastemp. A parede ao fundo da pia também é revestida por concreto rústico, aplicado junto ao antigo muro lateral da casa. A reforma do sobrado foi idealizada pelo arquiteto Francisco Spadoni Tiago Andrade/ Divulgação Mais
A partir da porta do escritório, é possível avistar a cozinha, que ficou separada do quintal por uma "parede" corrediça de vidro temperado, encaixilhado em perfil de alumínio (Projeto Envidraçamentos). Com a reforma, é possível ver a rua até mesmo dos fundos da casa, quando a porta da frente está aberta. A remodelação da Casa Cayowaa é assinada por Francisco Spadoni Tiago Andrade/ Divulgação Mais
No quintal da Casa Cayowaa, entre os dois volumes construídos há um jardim. O espaço tem paisagismo de Célia Alves e piso em cimento queimado. A reforma da residência foi idealizada pelo arquiteto Francisco Spadoni Tiago Andrade/ Divulgação Mais
A antiga porta de correr de madeira, da edícula da Casa Cayowaa, deu espaço a uma nova, em vidro temperado sobre trilhos embutidos (Projeto Envidraçamentos), o que permitiu não só aumentar o vão de acesso, como a entrada de luz natural. O volume de fundos, que era térreo, também recebeu um pavimento superior, para abrigar a suíte do filho do casal. Na porção ao rés do chão, à esquerda permaneceu o escritório e, à direita, área de serviço. O projeto de reforma é de Francisco Spadoni Tiago Andrade/ Divulgação Mais
Da cobertura sobre o volume dos fundos da Casa Cayowaa é possível observar a vista noturna do bairro de Perdizes, em São Paulo Tiago Andrade/ Divulgação Mais
No piso superior fica a confortável sala de TV. Destaque a porta de correr vermelha, feita de madeira revestida com laminado melamínico; todo o trabalho de marcenaria do ambiente foi executado pela KMD. O sofá da Artefacto e o tapete da Santa Mônica completam a sala da Casa Cayowaa, reformada pelo arquiteto Francisco Spadoni Tiago Andrade/ Divulgação Mais
O piso da área original no pavimento superior, de tacos de peroba, recebeu raspagem e acabamento de resina. Da sala de TV, parte a passarela metálica que conduz ao volume volume dos fundos, onde fica o quarto do filho, construído sobre a antiga edícula. A reforma da Casa Cayowaa é assinada por Francisco Spadoni Tiago Andrade/ Divulgação Mais
A passarela metálica (Açotech) fica ancorada nas lajes de concreto da Casa Cayowaa, cujo projeto de reforma é de Francisco Spadoni. O novo quarto do filho do casal teve sua parede externa revestida de placa cimentícia Eternit 10 mm (espessura), que é parafusada diretamente na alvenaria. A mesma parede tem uma testeira (parte superior, onde o toldo está fixado) de concreto moldado "in loco" - trata-se do ponto de união entre a laje e a viga de concreto da cobertura Tiago Andrade/ Divulgação Mais
A caixilharia de alumínio (Projeto Envidraçamentos) em todo o pavimento superior - e também na abertura que liga a sala de TV à passarela - foi desenvolvida em alumínio, sob medida, com persianas rolô. São janelas "máximo ar" e portas de correr. Lateral à passarela, está uma escada metálica (Açotech), que leva à cobertura sobre o quarto do filho do casal, na edícula. A reforma da Casa Cayowaa é assinada por Francisco Spadoni Tiago Andrade/ Divulgação Mais
Antes da reforma, a edícula já existia - térrea - e era utilizada como escritório e área de serviço. Este volume de grossas paredes de alvenaria - 30 cm de espessura -, aos fundos do terreno, não exigiu reforço estrutural metálico, mas, nas laterais, recebeu pilares de concreto que sustentariam um novo pavimento acima do escritório. A reforma da Casa Cayowaa é assinada por Francisco Spadoni Tiago Andrade/ Divulgação Mais

Estrutura metálica e concreto garantem ampliação de sobrado, sem descaracterizá-lo

Veja mais: SOBRADO DE 1939 É REFORMADO , CASA TÉRREA É TRANSFORMADA EM SOBRADO , SOBRADO: ATELIÊ + RESIDÊNCIA

ÚLTIMOS ÁLBUNS DE CASA E DECORAÇÃO



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos