Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://mulher.uol.com.br/casa-e-decoracao/album/2012/09/14/casa-rui-othake-valinhos.htm
  • totalImagens: 23
  • fotoInicial: 12
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120914172237
    • projeto [18398]; Construção e Reforma [60127]; Casa [16706]; casa de cidade [60131];
Fotos
Envolta pelo verde das árvores e gramados planejados pelo escritório Burle Marx, a Casa Valinhos se sobressai de forma cinematográfica. O projeto, com seu concreto aparente e curvas sinuosas, é assinado pelo arquiteto Ruy Ohtake Daniel Ducci/ Divulgação Mais
Desse ângulo da Casa Valinhos é possível observar o tratamento especial dado às varandas da fachada com suas ondulações e à parede hermética em arco aberto (à esq.). Na largura pouco expressiva da casa está a janela circular, envolvida pelo desenho orgânico e colorido, sob a qual o arquiteto Ruy Ohtake posicionou um conjunto quebra-sol vertical em azul profundo Daniel Ducci/ UOL Mais
A fachada frontal da Casa Valinhos, projetada por Ruy Ohtake, se impõe com sua arquitetura ousada e inusitada, dada em especial pelas vigas em curvas sinuosas que protegem as varandas dos dois pavimentos. Por sua vez, a piscina com borda infinita tem piso em pastilhas de vidro coloridas Vidrotil, formando desenhos curvilíneos Daniel Ducci/ Divulgação Mais
Envolta pelo verde das árvores e gramados planejados pelo escritório Burle Marx, a Casa Valinhos se sobressai de forma cinematográfica. O projeto, com seu concreto aparente e curvas sinuosas, é assinado pelo arquiteto Ruy Ohtake Daniel Ducci/ Divulgação Mais
A vista noturna da residência iluminada cria um bonito efeito cênico. Destacam-se o paisagismo criado pelo escritório Burle Marx, a piscina e a sinuosidade do traçado curvilíneo da Casa Valinhos, assinada por Ruy Ohtake Daniel Ducci/ Divulgação Mais
Envolta pelo verde das árvores e gramados planejados pelo escritório Burle Marx, a Casa Valinhos se sobressai de forma cinematográfica. O projeto, com seu concreto aparente e curvas sinuosas, é assinado pelo arquiteto Ruy Ohtake Daniel Ducci/ UOL Mais
A vista noturna da residência iluminada cria um bonito efeito cênico. Destacam-se o paisagismo criado pelo escritório Burle Marx, a piscina e a sinuosidade do traçado curvilíneo da Casa Valinhos, assinada por Ruy Ohtake Daniel Ducci/ Divulgação Mais
As vigas onduladas da fachada delimitam verticalmente as varandas do térreo e do pavimento superior. Ao rés do chão, observa-se total integração dos interiores com o exterior graças aos panos de vidro que fecham o espaço com 25 m de extensão. No primeiro piso, destaque para o belo contraste entre o concreto aparente que estrutura o guarda-corpo de vidro e os painéis de madeira dos dormitórios. O projeto da Casa Valinhos é de Ruy Ohtake Daniel Ducci/ Divulgação Mais
Nos fundos da Casa Valinhos, a laje de cobertura da garagem para quatro carros se estende até o volume arredondado da residência. A expressão artística do arquiteto Ruy Ohtake aparece no desenho da superfície colorida que envolve a pequena janela circular Daniel Ducci/ Divulgação Mais
Nos fundos da casa concentra-se o setor de serviço. Sob o terraço ajardinado, acessível por uma porta arredondada que se abre ao mezanino, estão os dormitórios dos empregados. Leves elementos vazados de concreto compõem as paredes curvas ao rés do chão e preservam os acessos à lavanderia e aos quartos ali presentes. Além do volume da escada de serviço (à esq.) estão as janelas circulares com tratamento orgânico colorido, marca registrada do arquiteto Ruy Ohtake, responsável pelo desenho da Casa Valinhos Daniel Ducci/ UOL Mais
As aberturas circulares em uma das fachadas laterais aparecem envoltas em desenhos orgânicos criados pelo arquiteto Ruy Ohtake. O formato arredondado se repete na porta que acessa a saleta de almoço Daniel Ducci/ UOL Mais
A arquitetura de Ruy Ohtake tem seu ponto alto nesse espaço onde estão home theater, lounge e bar. Dele uma rampa-escada escultórica liga o térreo ao pavimento superior, onde estão os dormitórios. Sobre a escadaria, uma clarabóia com 4,50 m de diâmetro favorece a iluminação farta e realça o contraste de materiais: concreto, vidro e madeira, todos em quantidade abundante na Casa Valinhos Daniel Ducci/ UOL Mais
A arquitetura de Ruy Ohtake tem seu ponto alto nesse espaço da Casa Valinhos onde estão home theater, lounge e bar. Nele, distribuídos pontualmente no "mar" de concreto cinzento, estão drops de cores baseados nas primárias: azul, amarelo e vermelho Daniel Ducci/ Divulgação Mais
A arquitetura de Ruy Ohtake tem seu ponto alto nesse espaço onde estão home theater, lounge e bar. Dele uma rampa-escada escultórica liga o térreo ao pavimento superior, onde estão os dormitórios. Sobre a escadaria, uma clarabóia com 4,50 m de diâmetro favorece a iluminação farta e realça o contraste de materiais: concreto, vidro e madeira, todos em quantidade abundante na Casa Valinhos Daniel Ducci/ UOL Mais
Vista de cima, a rampa-escada desnuda seus degraus de grande largura feitos com madeira. O material contrasta com o concreto e o vidro abundantes na Casa Valinhos, assinada por Ruy Ohtake. No térreo, o lounge despojado ganhou piso de resina vermelho PU Durocolor aplicado de forma orgânica Daniel Ducci/ UOL Mais
As salas de almoço e jantar e a churrasqueira, todas integradas, são delimitadas apenas por portas de vidro de correr. A saleta de almoço tem parede azul e preta que apoia prateleira curva e aparador, ambos desenhados por Ruy Ohtake - que também assina a arquitetura da Casa Valinhos - e executados por Oscar Kusaka. A mesa de jantar (em primeiro plano), criada pelo arquiteto é de vidro e concreto e cadeiras são Charles Eames Daniel Ducci/ UOL Mais
As salas de almoço e jantar e a churrasqueira, todas integradas, são delimitadas apenas por portas de vidro de correr. A saleta de almoço tem parede azul e preta que apoia prateleira curva e aparador, ambos desenhados por Ruy Ohtake - que também assina a arquitetura da Casa Valinhos - e executados por Oscar Kusaka. A mesa de jantar, criada pelo arquiteto é de vidro e concreto e cadeiras são Charles Eames Daniel Ducci/ UOL Mais
As salas de almoço e jantar e a churrasqueira, todas integradas, são delimitadas apenas por portas de vidro. A saleta de almoço tem parede azul e preta que apoia prateleira curva e aparador, ambos desenhados por Ruy Ohtake - que também assina a arquitetura da Casa Valinhos - e executados por Oscar Kusaka. Em volta da mesa de almoço foram combinadas cadeiras brancas e vermelhas Daniel Ducci/ UOL Mais
Vários recantos agradáveis e de grande elegância se formam ao redor da escada helicoidal da Casa Valinhos, com projeto de Ruy Ohtake. Como lounge, jantar e espaço para música com piano de cauda Yamaha. O toque de cor fica por conta do azul intenso da parede com quadro em preto e branco da artista Tomie Ohtake Daniel Ducci/ UOL Mais
A cozinha reúne a modernidade do aço escovado dos eletrodomésticos e a nobreza do mármore. Contudo, em relação aos demais cômodas da Casa Valinhos, o espaço ganha destaque por um elemento em especial: a janela em formato arredondado que recebeu venezianas de vidro. O projeto é assinado por Ruy Ohtake Daniel Ducci/ UOL Mais
Desenho mostra a implantação da Casa Valinhos no terreno triangular. O ponto mais escuro é a piscina da residência Arte UOL Mais
O pavimento térreo da Casa Valinhos, projetada por Ruy Ohtake, concentra os ambientes sociais da residência Arte UOL Mais
O pavimento superior da Casa Valinhos, com desenho de Ruy Ohtake, abriga quatro suítes, a principal com 70 m² Arte UOL Mais

Varanda de concreto com curvas e escada sinuosa são destaques do projeto de Ruy Ohtake

Veja mais: RUY OHTAKE: LIVRO REÚNE OBRAS DO ARQUITETO

ÚLTIMOS ÁLBUNS DE CASA E DECORAÇÃO



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos