Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://mulher.uol.com.br/casa-e-decoracao/album/2012/09/27/ambiente-colorido-veja-dicas-de-como-pintar-teto-e-paredes-usando-duas-ou-mais-cores.htm
  • totalImagens: 15
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120927184427
    • Construção e Reforma [60127]; Passo-a-passo de construção e reforma [60135];
Fotos
Para quem gosta de cores, uma opção de acabamento para as paredes de quartos infantis e ambientes mais informais é a pintura em diferentes tons. Porém, muita gente acaba não se arriscando na empreita por medo de errar os chamados "recortes" ou a combinação de matizes. O pintor Jorge de Oliveira mostra alguns segredinhos que vão ajudá-lo a executar uma pintura de qualidade, resultando em um cômodo alegre e bonito. Confira! Leonardo Soares de Souza/ UOL Mais
Materiais: tinta látex nas cores desejadas / papel ou plástico para forrar o chão / rolo de lã grande / rolo pequeno de espuma / água rás (para dissolver esmalte, se necessário) / esmalte (caso pintar algum batente de porta) / chave de fenda / fita crepe / espátula / desempenadeira / bicarbonato de sódio / rolo pequeno de espuma / trincha / esponja / detergente / lixa para massa / bandeja / massa PVA Leonardo Soares de Souza/ UOL Mais
Antes de iniciar a pintura, o primeiro passo é preparar o ambiente: forre o chão usando jornais, papel pardo ou plástico, tire os espelhos de interruptores e tomadas (os parafusados demandam chaves de fenda) e as maçanetas e demais elementos externos da fechadura, no caso da pintura de portas Leonardo Soares de Souza/ UOL Mais
Então, uniformize as paredes (passo a passo no pé do álbum) limpando as gorduras e sujeiras com a ajuda de pano umedecido e detergente ou uma solução de bicarbonato de sódio - aplicado com o lado mais grosso da esponja - para canetas e lápis de cera. Na sequência, preencha os orifícios com massa e, quando a superfície estiver seca, lixe-a com uma lixa específica para massa Leonardo Soares de Souza/ UOL Mais
Paredes regularizadas, proteja rodapés e batentes com fita crepe. Para conseguir uma pintura bem acabada, a primeira dica é passar, com o dedo ou uma pequena espátula, um pouquinho de massa no espaço entre a parede e o rodapé ou o batente, evitando que ali apareça uma pequena fissura que pode acarretar no descascamento da pintura Leonardo Soares de Souza/ UOL Mais
Para iniciar a aplicação do pigmento, dissolva a tinta conforme o fabricante recomenda na embalagem. Depois de dissolvida, derrame parte da tinta na bandeja Leonardo Soares de Souza/ UOL Mais
Oliveira começou a pintura fazendo os recortes do teto com o rolo menor de espuma. O recorte é a "moldura" da pintura, ou seja, as áreas limite entre a parede e portas ou janelas ou as juntas de paredes, forros e/ou chão. Ela evita que a tinta se espalhe para as áreas indesejadas, portanto, para ter uma cobertura bem feita e uniforme, capriche nesta etapa Leonardo Soares de Souza/ UOL Mais
Se você se sentir mais seguro ou a área do recorte for pequena, use a trincha para aplicar a tinta. Após pintar os pontos mais delicados, complete o recorte - aumentando a margem - com o rolinho de espuma, facilitando a pintura final Leonardo Soares de Souza/ UOL Mais
Depois de feitos os recortes, Oliveira iniciou a pintura propriamente dita. O pintor iniciou a aplicação massiva de tinta pelas partes inferiores da parede, como a parte de baixo da janela usando o rolo de lã. Para melhor preenchimento, lembre-se de movimentar o rolo como se estivesse escrevendo um "W", sempre até o limite da moldura deixada pelo recorte. Observação: você pode fazeros recortes de todas as superfícies de uma vez, respeitando apenas o tempo de secagem (veja mais à frente), ou executar a pintura em etapas, uma parede/teto por vez: recorte e pintura Leonardo Soares de Souza/ UOL Mais
A seguir Oliveira pintou o teto, também usando o processo do "W". No caso do forro ser pintado de outra cor, comece por ele para evitar respingos. Dê o número de demãos necessários para cobrir a superfície e resultar em uma pintura uniforme, sempre respeitando o tempo de secagem indicado na embalagem do produto Leonardo Soares de Souza/ UOL Mais
Importante!! Apenas inicie a pintura em uma nova cor depois que a parede adjacente estiver seca ao toque... Leonardo Soares de Souza/ UOL Mais
... para fazer o recorte de uma nova superfície, fica mais fácil isolar as adjacentes - já pintadas e secas - usando fita crepe. Ao mudar de cor, aplique o novo pigmento com a trincha para ter mais precisão Leonardo Soares de Souza/ UOL Mais
Guarde o rolinho para molduras e áreas pequenas. Para cobrir áreas extensas com mais rapidez e uniformidade opte pelos rolos maiores Leonardo Soares de Souza/ UOL Mais
Pronto, a pintura ficou homogênea, sem respingos e uma cor não invadiu na outra. Não foi fácil? Leonardo Soares de Souza/ UOL Mais
Créditos: Silvana Maria Rosso (produção e texto); Jorge de Oliveira (execução - 11 97394-4299); Lukscolor (tintas -www.lukscolor.com.br) Leonardo Soares de Souza/ UOL Mais

Ambiente colorido: veja dicas de como pintar teto e paredes usando duas ou mais cores

Mais álbuns de Casa e Decoração x

Veja mais: PREPARE A PAREDE PARA PINTURA , CAIAÇÃO , TRUQUES PARA PINTAR PAREDES

ÚLTIMOS ÁLBUNS DE CASA E DECORAÇÃO

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos