Cultive amoras no jardim ou em vaso e delicie-se com as frutas

Simone Sayegh
Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

    Saborosas, amoras são frutas simples de cultivar, mesmo em apartamentos. Na foto, a espécie Morus nigra

    Saborosas, amoras são frutas simples de cultivar, mesmo em apartamentos. Na foto, a espécie Morus nigra

Quem nunca “pintou” as mãos de roxo ao comer amoras direto no pé? Talvez a nova geração de crianças não tenha passado por essa experiência, mas atualmente alguns projetos de paisagismo têm introduzido árvores frutíferas em áreas de parques infantis, principalmente em condomínios.  

De acordo com o paisagista João Jadão, do escritório Planos e Plantas, o gosto, a cor e a tinta da amora contribuem para enriquecer o universo infantil, “É um paisagismo produtivo e sustentável”, conclui.  Utilizada até como corante natural, essa fruta doce é encontrada com facilidade nas regiões sul e sudeste do país, sendo que na América do Sul, os maiores produtores são Argentina e o Chile.

Segundo o doutorando em Agronomia, João Paulo Dias, a amoreira-preta (“blackberry”, em inglês), espécie mais comum na América do Sul, é uma planta arbustiva pertencente à família Rosaceae de nome científico rubus fruticosus ou brasiliensis, e possui hastes semieretas, a maioria com espinhos e floração uniforme, branca e grande.

Essa floração ocorre geralmente na segunda semana de setembro e se torna plena na segunda semana de outubro. Os frutos são produzidos entre novembro e dezembro, ou seja, na primavera.  A amoreira não precisa de sol direto o dia todo, mas pode buscar os raios solares a ponto de seus braços chegarem a quatro metros de comprimento.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos