São Paulo (SP) Apartamento na Zona Sul

Arquitetura : Marília Brunetti de Campos Veiga

FOTOS

Intervenções pontuais na planta e decoração contemporânea criam espaços acolhedores

Com planta privilegiada - quatro suítes, amplos espaços sociais, home theater, dois grandes terraços em posições opostas, além da farta iluminação natural proporcionada por generosas aberturas envidraçadas - este apartamento decorado por Marília Brunetti de Campos Veiga ocupa uma área de 305 m² de um condomínio de alto padrão do bairro Panamby, zona sul de São Paulo.

Situado em torno do Parque Burle Marx, o bairro é um dos mais arborizados da cidade e foi criado no final dos anos 1980, na área da chácara Tangará, antiga propriedade do empresário e playboy ítalo-brasileiro Francisco Baby Pignatari, falecido em 1977.

APÊ DE 305m² TEM AMBIENTES ELEGANTES E FUNCIONAIS
Veja Álbum de fotos

O edifício ainda estava em obras quando o casal proprietário, com dois filhos pequenos, procurou a designer de interiores para projetar as adaptações na planta e a decoração. Logo nos primeiros contatos, foi definido o que os clientes queriam para a nova morada: espaços amplos, integrados e sofisticados, mas acolhedores e adequados para o dia a dia e receber os amigos. “Foi um projeto completo”, conta a profissional, “fizemos toda a parte de layout, escolha dos acabamentos, desenho da marcenaria, projetos de iluminação e de automação, compra de mobiliário e decoração”. 

Para ver e usar

Em seu trabalho, Marília Veiga lança mão da contemporaneidade e da funcionalidade para criar ambientes elegantes, mas sempre acolhedores. “Não crio espaços para serem apenas contemplados, mas principalmente para serem vividos”, salienta.

Na escolha do mobiliário, a designer opta pelo desenho italiano, por suas linhas retas e contemporâneas, e também por sua funcionalidade e praticidade. Na decoração, procura mesclar peças contemporâneas, de design apurado, com as de conformação mais clássica.

Pequena reforma

A planta original do apartamento sofreu algumas pequenas intervenções: a sala íntima deu lugar ao home theater e a passagem desse espaço para a cozinha foi eliminada. No mesmo ambiente, essa nova parede divisória foi “afastada” tomando 50 cm do espaço da cozinha, o suficiente para abrigar o nicho onde foi embutido o móvel para a televisão e os demais equipamentos.

A área da despensa foi também reduzida para a criação, na sala, de um segundo nicho com prateleiras. E, no espaço vazio frente ao lavabo, foi instalada a adega e um armário. 

Finalmente, as duas suítes das crianças foram integradas, transformando-se em um dormitório único, contíguo a uma sala de brinquedos. Enquanto, na entrada do apartamento, o vão ganhou uma porta pivotante.

  • Daniel Veiga/ Divulgação

    Lareira com acabamento em madeira e poltronas da Poliform, em um dos terraços do apartamento decorado por Marília Brunetti de Campos Veiga

Em todos os ambientes, o forro foi rebaixado com gesso e, na área social, uma sanca domina todo o perímetro. Os ambientes de estar, jantar e o home theater foram integrados pelo piso de mármore travertino italiano, com acabamento bruto e rodapés do mesmo material.

As  suítes receberam  piso de madeira do tipo tacão, de 40 cm por 7 cm, e nos demais ambientes foi aplicado piso cerâmico (na cozinha, área de serviço e banheiros) e porcelanato  (nos terraços).

Nas paredes, para fugir do branco tão comum nos últimos anos, Campos Veiga utilizou  a cor “Tapete de juta” (código c-147), da Suvinil, que proporcionou mais requinte aos ambientes.

Mobília

Uma das singularidades desse projeto de interiores é o trabalho de marcenaria, que aparece em vários ambientes: no home theater (painel, móvel e porta de correr); na adega e armário; no revestimento do lavabo; na estante embutida no nicho do living; no bufê da sala de jantar e na porta de entrada. A marcenaria foi empregada também no terraço principal, que tem a parede da lareira revestida de madeira de demolição. Para este terraço, de 30 m², abre-se o amplo espaço estar/jantar, com 65 m².

No living, o mobiliário confortável e sóbrio é realçado por almofadas e objetos de cores vivas, que definem a identidade do projeto. Nesse ambiente, se sobressai o grande painel díptico, pintado especialmente para o projeto pela artista plástica Flávia Brunetti, com as mesmas cores utilizadas na decoração.

Outro destaque do estar é a tela em preto e branco do pintor Teruo Yamada. No ambiente de jantar, além da mesa e cadeiras com design elegante e contemporâneo, destaca-se o bufê verde jade desenhado pela própria Marília Veiga e executado pela Marcenaria Dantones.

O apartamento dispõe ainda de um sistema de automação desenvolvido pela Cynthron, que controla a iluminação (combina embutidos, pendentes e plafons), o vídeo e o sistema de áudio. (Éride Moura - do UOL, em São Paulo)

Ficha Técnica
Identificação da obra Apartamento na Zona Sul
Localização São Paulo (SP)
Área Construída 305m²
Início do Projeto maio de 2011
Conclusão da Obra novembro de 2011
Projeto Marília Brunetti de Campos Veiga
Construção Construtora Diacov
Projeto Luminotécnico Lumini


Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos