São Paulo (SP) Apartamento nos Jardins

Arquitetura : Kika Camasmie

FOTOS

Venezianas brancas arejam interiores de apartamento de 170 m²

Abrir tudo e integrar os ambientes. A proprietária de um apartamento na região dos Jardins, em São Paulo, queria que seu apartamento compartimentado ganhasse a amplitude de um loft. Em resposta, a arquiteta Kika Camasmie, autora da reforma, derrubou paredes, deixando somente as colunas estruturais de concreto aparente para destacar os elementos fixos da construção. “A intenção é socializar tudo e não dividir a família”, diz Kika.

 

Desde o living, a arquiteta optou por liberar todas as barreiras, inclusive o lavabo que ocupava uma faixa lateral do ambiente, deslocando-o para um pequeno espaço junto à entrada do apartamento, onde ficava um hall. Esse novo lavabo é uma das atrações com uma parede coberta por pastilhas bege-dourado contrastando com o piso de taco ebanizado, paredes e louças pretas.

Com 170 m², o imóvel ganhou em espaço de circulação, em conforto e também em luminosidade. As paredes que separam os dois quartos do living, por exemplo, foram substituídas por portas pivotantes com venezianas articuladas que permitem a passagem da luz, uma solução original para o problema de iluminação, visto que o apartamento fica no primeiro andar de um edifício com cerca de 30 anos. Além de favorecer a entrada de luz natural, as venezianas ainda funcionam como biombos que enriquecem o layout do apartamento.

  • Arte UOL

    A comparação das plantas mostra como a eliminação das paredes que faziam a circulação
    dos quartos aumentou o living. A cozinha tornou-se sala de jantar e a suíte principal dobrou
    de tamanho. O segundo quarto foi transformado em suíte e o lavabo foi bastante reduzido

Os três antigos dormitórios deram lugar a duas suítes: a máster e a de hóspedes. A suíte máster ganhou um closet instalado onde antes era um dormitório, e a segunda suíte recebeu um pequeno banheiro com duas portas, como se fossem cabines, uma para o vaso e outra para o box.

As transformações prosseguem na sala de jantar que ocupa o espaço da antiga cozinha, deslocada para o espaço da área de serviço. O dormitório de empregada recebeu um armário que faz as vezes de despensa. “Tudo resolvido na marcenaria”, explica a arquiteta.

A decoração parte de uma base neutra - preta e branca -, e as ambientações se desenvolvem com poucos elementos, apenas o essencial. “O colorido vem com as pessoas”, diz a arquiteta, que elegeu o branco para forros e paredes e o preto para o piso de taco de madeira ebanizada.  (Ledy Valporto Leal, colaboração para o UOL)

Ficha Técnica
Identificação da obra Apartamento nos Jardins
Localização São Paulo (SP)
Área Construída 170 m²
Início do Projeto março de 2007
Conclusão da Obra outubro de 2007
Projeto Kika Camasmie
Projeto Luminotécnico Reka

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos