Vestidos em comprimento midi dão visual retrô à noiva; veja algumas opções de modelos

Já cogitou em se casar com um vestido que não é curto nem longo? Conhecidos como midi ou tea lenght, os vestidos com saia abaixo do joelho, exibindo os tornozelos, foram sucesso nos anos 1950 e agora estão voltando à moda. Os modelos ainda podem ser exibidos no altar.

Esse tipo de vestido dá um ar romântico e feminino à noiva e é ideal para quem quer um visual retrô, mas sem recorrer necessariamente a uma peça vintage. O comprimento combina com casamentos diurnos ou ao ar livre. O modelo também exige que a mulher capriche nos sapatos, já que eles ficarão à mostra. Nada de modelos baixos: o salto compensará a saia curta, alongando as pernas.

No entanto, o modelo midi não é recomendado para todas as mulheres. Noivas mais baixinhas parecerão ainda menores com esse modelo de vestido. Como a saia costuma ser volumosa, também não fica bem para quem está acima do peso. Veja algumas opções e inspire-se:

Vestido midi deixa a noiva com um ar retrô. O modelo surgiu na década de 1950 e está voltando à moda.
A opção é ideal para casamentos realizados durante o dia ou ao ar livre. No entanto, o modelo não é recomendado para todos os tipos de noivas, já que, por normalmente ser tomara que caia, tende a deixar a mulher mais baixa.
Já que o vestido vai deixar os pés à mostra, é necessário caprichar na hora de escolher o sapato.
Peep toe colorido nos pés é opção de calçado para as noivas que desejam se casar com um vestido midi e obter um visual retrô. Invista no look!

Crédito das fotos: iStock Photo



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos