Arranjos florais e elementos rústicos deixam a decoração do casamento com ares de primavera

Mayara Alves
Do UOL, em São Paulo

Celebrar o amor de duas pessoas com o casamento já é um evento emocionante por si só. Agora, associar esse momento à estação mais florida do ano deixa a data ainda mais romântica. “Depois do inverno, que é quando passamos por uma época com menor variedade de flores, na primavera, o leque de opções é enorme. É como se toda a natureza entrasse em ebulição. Parece até que a cor das flores se acentua e ganha um brilho especial”, afirma Juliana Sodré, designer floral do Studio Flora Sodré.

Veja como dar um toque de primavera ao casamento
Veja Álbum de fotos

Portanto, se pretende organizar o casamento nesta temporada, saiba que pode contar com a beleza da natureza a seu favor. A seguir, especialistas dão dicas simples e certeiras de como deixar a sua cerimônia com um toque primaveril:

Flores e mais flores
Definitivamente, as flores não podem faltar. E, na dúvida de quais escolher para a decoração, além da variedade que já floresce durante o ano todo, Juliana Sodré indica as frésias, ranúnculos, lupinos, delphinum, ervilha-de-cheiro, didisco e orquídeas variadas, que aparecem principalmente nesta época do ano. Além dessas, a decoradora e cenógrafa de festas Titina Leão conta que margaridas e agapantos também estão no auge da safra.

Na hora de aplicar as flores na decoração, a dica da designer de flores Lucia Milan é focar nos pontos mais importantes e estratégicos da festa, como entrada, mesa de doces e bufê. “Bons arranjos valem mais que inúmeros pequeninos por toda parte”, aconselha Lucia. Segundo a decoradora e cenógrafa de festas Mara Perez, ainda “vale, sem medo, trabalhar com muitas cores”.

Cerimônia diurna
Pelo clima da estação, casamentos diurnos ficam lindos. “A luz do dia ajuda na ambientação e colabora para dar um ar mais leve e descontraído à festa”, comenta Mara. A designer floral Lucia Milan acrescenta que almoços, brunches e cerimônias durante o dia ainda permitem o uso de toalhas coloridas e mais elementos naturais.

Um casamento com cara de jardim também é a cara da primavera. “Flores plantadas em vasos de barro, mix de estampas floridas --especialmente se o casamento for durante o dia--, gaiolas, regadores, peças rústicas de madeira e composições de frutas e flores são opções para investir”, aconselha Juliana Sodré. Se a festa tiver um apelo provençal, Titina Leão indica o uso de faianças e porcelanas.

Mas, se for casar à noite e quiser a mesma leveza e frescor de uma festa diurna primaveril, alguns itens podem ser valorizados. “A primeira preocupação deve ser investir em um bom projeto de luz, associado a uma decoração leve, principalmente com móveis e toalhas em cores claras”, comenta Titina Leão. Outro item indispensável é o uso de velas ou tochas. “Elas tornam o ambiente aconchegante e criam um clima especial para a festa. As orquídeas, quando plantadas em vasos, trazem uma ideia de jardim com um toque sofisticado para um casamento à noite”, afirma Juliana Sodré.

Um show de decoração
Além dos elementos tradicionais na decoração do casamento, como arranjos, castiçais e prataria, vale investir em itens inusitados, que dão ainda mais personalidade à festa. “Gosto de decorar bicicletas com flores e colocá-las na entrada do casamento, com uma plaquinha de recém-casados, latinhas amarradas por fitas e cesto de flores, decorando de forma lúdica e dando a impressão de que, após a festa, os noivos irão embora de bicicleta”, conta Mara. A decoradora também revelou outros mimos que podem ser usados: plaquinhas de madeira indicando onde é o casamento com um buquezinho de flores junto, enfeites de passarinhos ou borboletas, balanços para colocar bem-casados, arranjos em latinhas antigas, garrafas de vidro e uso de ervas aromáticas.

Sem excessos
Muitas vezes, todo esse toque de primavera pode acabar resultando em uma decoração exagerada. “Uma dica que dou é na escolha das flores. Procuro sempre utilizar uma cor apenas de cada tipo de flor. Por exemplo, nunca uso um arranjo de rosas de duas cores diferentes. Cada flor deve ter apenas uma cor. Isso dá mais leveza ao arranjo”, aconselha Mara.

A fragrância das flores também é um fator primordial que não deve ser esquecido. “É preciso tomar cuidado ao misturar flores que tenham perfume muito forte, como é o caso do lírio e da angélica, principalmente em lugares pequenos e fechados”, lembra Juliana. Se a festa for noturna, aposte no delicioso aroma da planta dama-da-noite, que deve estar localizada fora do salão.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos