Sete lições para conversar com os filhos adolescentes sobre sexo

ROSANA FERREIRA
Da Redação

  • Getty Images

    Dúvida mais frequente entre os pais é quando começar a falar sobre sexo com os adolescentes

A adolescência chega com as mudanças da puberdade por volta dos 12 anos. E com ela vem o interesse do jovem pelo sexo. Nessa fase surgem dúvidas, mas a conversa em casa nem sempre acontece.

 

“Muitos pais não fornecem aos filhos informações suficientes sobre sexo, e os jovens acabam obtendo grande parte de seus conhecimentos,
frequentemente errados, com os amigos”, diz o psicólogo e psicoterapeuta Antonio Carlos Amador Pereira, professor do Departamento de Psicologia do Desenvolvimento da PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), autor do livro " O Adolescente em Desenvolvimento” (Editora Harbra).

 

Segundo o psicólogo, isso acontece geralmente quando os pais tiveram, ou continuam tendo, dificuldades em lidar com a própria sexualidade. “Num lar em que o sexo seja sempre tratado como algo natural, que faz parte da vida de todas as pessoas, não haverá dificuldades.” Mas se os pais não sentirem à vontade para conversar, vale recorrer à escola, professores ou psicólogos. O importante é orientar corretamente o adolescente. Leia abaixo as dicas do especialista:

 

1 Os pais conversam pouco sobre sexo com os filhos?
A maioria dos pais não fornece aos filhos informações suficientes sobre sexo, e os jovens acabam obtendo grande parte de seus conhecimentos, frequentemente errados, com os amigos. Quando o assunto é sexualidade a comunicação entre pais e filhos ainda é falha, ocorrendo apenas em situações de emergência, quando algum problema já aconteceu.

 

2 Quais as dúvidas mais frequentes dos pais em relação a esse assunto?
Normalmente são relativas ao momento certo para falar sobre sexo com os filhos ou as filhas. Os pais que tiveram, ou continuam tendo, dificuldades em lidar com a própria sexualidade tendem a apresentar o mesmo comportamento ao tratar do assunto com os filhos.

 

3 Com que idade se deve começar a falar sobre sexo com os filhos?
No início da puberdade é mais adequado. Porém, vivemos numa época em que a sexualidade é um assunto freqüente nos meios de comunicação, o que significa que também pode despertar a curiosidade das crianças. Quando houver perguntas por parte delas, os pais podem respondê-las com o cuidado de adaptar as informações ao nível de compreensão de seus filhos. O melhor é evitar detalhes excessivos e responder somente o que foi perguntado.

 

4 E se as perguntas por parte dos filhos não surgirem, o que fazer?
No caso dos adolescentes, os pais podem tocar no assunto com sensibilidade para evitar constrangimentos. É claro que num lar em que o sexo é sempre tratado como algo natural, que faz parte da vida de todas as pessoas, não haverá dificuldades. Um assunto tratado num filme, numa novela ou visto na Internet pode ser o pretexto para o início de uma conversa.

 

5 Se os pais não se sentem à vontade para conversar sobre sexo com os filhos, o que eles devem fazer?
Eles podem recorrer ao auxílio da escola, dos professores ou mesmo de um psicólogo. O importante é fornecer informações corretas aos filhos.

 

6 Meninos e meninas devem ter a mesma orientação?
De modo geral, sim, respeitadas as especificidades. A sexualidade deve ser vista como algo natural, que faz parte da vida de qualquer pessoa saudável. A prevenção da gravidez deve ser tratada com as meninas e com os meninos. Eles devem, ainda, ser alertados sobre a importância de assumir a responsabilidade por seus atos, já que muitos meninos são estimulados a esquivar-se de qualquer responsabilidade quando engravidam suas parceiras.

 

7 Falar sobre o assunto estimula o adolescente a fazer sexo?
Este é um falso argumento, típico dos pais que têm dificuldades com o assunto ou que querem tapar o sol com uma peneira. É preciso ter em mente que, nos dias de hoje, os filhos terão uma vida sexual independentemente da vontade de seus pais. Não há como um pai obrigar um adolescente a fazer aquilo que ele não queira. Então é preferível que o jovem faça da maneira correta e com segurança.

 

 



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos