Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://mulher.uol.com.br/gravidez-e-filhos/album/2012/10/22/nem-so-de-rosa-vivem-os-quartos-de-meninas-inspire-se-em-outras-cores.htm
  • totalImagens: 55
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos: direita
  • timestamp: 20121022152903
    • Infância - Geral [62966]; Adolescência - Geral [62968]; decoração [18997]; quartos [21889]; quarto de bebê e criança [30614];
Fotos
Suíte da Menina Adolescente assinada por Ana Lucia Porto para a Casa Cor Campinas de 2011. As cores branca e amarela dominam o ambiente, em que aparecem diferentes texturas, como a madeira da parede, o felpudo dos tapetes e o tecido do sofá. Cores mais fortes pontuam pufe, almofadas e poltrona. Para reforçar o caráter feminino do quarto, um painel com uma ilustração de mangá decora a cama Tácito Carvalho e Silva Mais
Projeto elaborado por Ana Yoshida para uma menina e um menino, que dividem o quarto, mas têm seus espaços setorizados por cores. São três faixas: verde, laranja e azul, sendo que a verde determina o lado do menino e a azul o da menina Divulgação Mais
No projeto de Ana Yoshida para um casal de irmãos, a faixa laranja é a área de uso comum às necessidades das duas crianças. As camas possuem design criativo e são da loja paulistana Bododo Divulgação Mais
A arquiteta Mariana Paula Souza criou a Suíte da Criança para uma menina de oito anos na Casa Cor Paraná 2011. O quarto de 32 metros quadrados tem espaço para brincar, estudar, se arrumar e até desfilar Divulgação Mais
A designer de interiores Marília Caetano criou um quarto para sua própria filha onde predominam os tons creme, laranja e verde, com cama em vime e pequeno e elegante dossel de linho azul claro, ponto alto do ambiente Evelyn Muller Mais
No quarto criado pela designer de interiores Marília Caetano para a sua própria filha, o mobiliário em madeira e vime contrasta com as cores alegres escolhidas para o ambiente Evelyn Muller Mais
Espaço para crianças projetado pela arquiteta Renata Ayoub Giglio na Casa Cor Mato Grosso do Sul 2011. Com o objetivo de recriar a leveza da infância, a arquiteta dividiu o espaço em três ambientes distintos. As paredes trazem as cores cereja, azul jeans e azul marinho, tons que agradam tanto o menino quanto a menina e se harmonizam com os tecidos estampados utilizados na decoração Levi Mendes Junior Mais
Idealizado para uma menina, o Espaço Romário Especial, criado pela arquiteta Rossana Figueiredo e pelas designers de interiores Elizandra Cid e Rose Albuquerque para a Casa Cor Amazonas de 2011, propõe soluções arquitetônicas e tecnológicas embasadas em pesquisas e entrevistas com profissionais especializados no cuidado de crianças portadoras de necessidades especiais Clovis Miranda Mais
Suíte da Menina de Seis Anos assinada pela designer de interiores Suse Laranjeiras para a edição da Casa Cor Bahia 2011. Parede em pathwork de papel de parede feito pela própria profissional. Estante com prateleiras em alturas variadas, que valorizam a estética. Cama e sofá em deck possibilitando a retirada dos colchões para melhor aproveitamento do espaço Divulgação Mais
Esse projeto da arquiteta Suzy Melo feito para uma menina de seis anos mostra irreverência, tendo como elementos decorativos referências aos Beatles e a Elvis Presley Martin Szmick Mais
No quarto prático e funcional, criado pela arquiteta Suzy Melo, a cama divide espaço com uma bicama e uma escrivaninha retrátil Martin Szmick Mais
O quarto feito pela arquiteta Vanessa Feres foi desenvolvido para a irmã mais velha de uma família com três filhas e conta com marcenaria branca, espelho apoiado no chão e um pequeno mosquiteiro como destaque na decoração Edu Castello Mais
No quarto desenvolvido pela arquiteta Vanessa Feres, a cadeira de acrílico transparente dá um toque contemporâneo ao espaço em que a marcenaria branca aparece com destaque Edu Castello Mais
Esse quarto de estudo da arquiteta Vanessa Feres foi feito para o uso de três irmãs. O ambiente é despojado e colorido, com base em marcenaria branca. Estantes para revistas e livros e uma grande escrivaninha são os protagonistas da decoração. O jeans das capas das cadeiras, o laranja dos porta-lápis e o piso de tacos de madeira conferem as cores permanentes ao ambiente Edu Castello Mais
No projeto do quarto feminino do escritório Anastassiadis Arquitetos, as cores claras predominam, como creme e branco, mas o destaque fica por conta da escrivaninha vermelha e do espelho da porta do armário. Os nichos iluminados e o papel de parede geométrico complementam o caráter contemporâneo do espaço Divulgação Mais
O quarto feminino de nove metros quadrados das arquitetas Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli mistura arquitetura contemporânea com alguns toques clássicos. A dupla teve de dispor de artifícios de decoração para aumentá-lo, como o uso de espelhos e de cores neutras Martin Szmick Mais
No projeto de Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli de um quarto feminino, a parede foi toda forrada em linho azul acinzentado e a iluminação foi pensada para dar destaque aos volumes. A escrivaninha lateral desenvolvida pelo escritório das arquitetas tem estrutura de carvalho e sanduíche de vidro com palha de seda. Os nichos da parede são em mdf laqueado branco, revestidos com tecido de linho e iluminados com minilâmpadas dicróicas Martin Szmick Mais
Com marcenaria, colcha e porta-travesseiro brancos, o projeto do escritório Barbara & Purchio manteve o ar neutro desse quarto feminino. Os detalhes em rosa ficam por conta do assento perto da janela e da cabeceira Divulgação Mais
Para uma menina mais velha, o escritório de arquitetura Barbara & Purchio optou pelas cores branca e verde água. A marcenaria é o destaque do espaço, com laca branca na forma de losangos Divulgação Mais
Cris Paola e Dani Barella, arquitetas da BP Arquitetura, projetaram um quarto neutro que poderia até ser usado por ambos os sexos. A cor branca predomina e permite diversificar o ambiente, nesse caso usado por uma menina, com as cores dos acessórios e objetos como tapete, almofada, cadeira e brinquedos Fabiana Koren Mais
No projeto de quarto de Cris Paola e Dani Barella, arquitetas da BP Arquitetura, a própria menina personaliza a fase em que está com seus objetos e pertences preferidos Fabiana Koren Mais
Christina Hamoui planejou um quarto com tema floral para uma menina de sete anos, com o propósito de que o ambiente ainda fosse usado pela criança na adolescência Carla de Carvalho Mais
No quarto projetado por Christina Hamoui para uma menina de sete anos, as roupas de cama, o dossel, as cortinas e as almofadas foram criados pela decoradora e confeccionadas por Mônica Bagatelli Carla de Carvalho Mais
Para dar um toque moderno ao quarto feminino, a decoradora Christina Hamoui misturou a estampa floral, presente nas cortinas e estofados, com listras, como as do papel de parede Carla de Carvalho Mais
A Suíte da Menina Vaidosa, que a arquiteta Clélia Regina Angelo fez para a Casa Cor São Paulo 2011, abriga dormitório, canto para estudos, camarim, banheiro e closet. O papel de parede da Wallpaper se confunde com a estante e é a estrela do quarto Divulgação Mais
Na Suíte da Menina Vaidosa, que Clélia Regina Angelo fez para a Casa Cor São Paulo 2011, predomina o branco. Para dar vida ao ambiente, a arquiteta apostou em toques de vermelho, como na colcha sobre a cama e nas pastilhas do banheiro Divulgação Mais
Idealizado para uma menina pré-adolescente pela arquiteta Cristina Marcovecchio, esse dormitório foi baseado no branco, representado pela marcenaria reta, e no cinza claro. O rosa antigo e o pink entram como cores-chave para dar feminilidade ao ambiente, no papel de parede com bolinhas e no enxoval em rosa antigo Francisco Donadio Mais
Criado pelas arquitetas Éllen Cavalcanti e Paula Ferraz, o Quarto da Estudiosa para a Casa Kids 2011, evento paralelo a Casa Cor, é um ambiente para uma menina estudar, se divertir e receber as amigas Marco Pinto/UOL Mais
O Quarto da Estudiosa, criado pelas arquitetas Éllen Cavalcanti e Paula Ferraz para a Casa Kids 2011, tem 32 metros quadrados. A proposta foi criar um espaço que desse liberdade para a menina exercer suas múltiplas tarefas, desde estudar até receber as amigas, assistir a um show, descansar e ler. Os móveis permitem a transição de usos, de modo que todos os elementos conversem entre si sem carregar o ambiente Marco Pinto/UOL Mais
Pensado para receber uma garota de perfil alegre e vibrante, esse quarto projetado pelo escritório Fernanda Marques Arquitetos Associados tem como ponto de partida a construção de uma base neutra em tons de areia e branco sobre a qual se distribuem elementos decorativos e acessórios de colorido acentuado Demian Golovaty Mais
O quarto feminino criado pelo escritório Fernanda Marques Arquitetos Associados tem como elemento central um amplo painel de patchwork (papel de parede), que serve de pano de fundo para a escrivaninha Demian Golovaty Mais
Nesse quarto feminino e romântico criado pela arquiteta Fernanda Moreira Lima, o rosa entra com discrição e elegância, sem carregar o ambiente Marco Antonio Mais
A proposta da arquiteta Fernanda Moreira Lima para esse quarto feminino partiu do tecido de florzinhas bem pequenas, que mescla tons de verde pálido, rosa velho e detalhes em vinho. A partir dele, nasceu a composição de cores, inclusive do papel de parede Celina Dias. O enxoval é da Vanessa Guimarães com tecidos escolhidos na Entreposto Marco Antonio Mais
No quarto romântico criado pela arquiteta Fernanda Moreira Lima, a marcenaria branca com linhas clássicas complementa a feminilidade do ambiente Marco Antonio Mais
Neste quarto da arquiteta Clarissa Strauss, o tradicional rosa usado para caracterizar ambientes femininos foi substituído pelo amarelo, estrategicamente usado na parede, no enxoval e no tapete do quarto. Os móveis fixos, como a área de estudos, foram criados pelo Atelier Clarissa Strauss, assim como o tapete redondo Salvador Cordaro Mais
Nesse quarto feminino criado pela arquiteta Clarissa Strauss, além da substituição do rosa pelo amarelo, a escrivaninha, no canto de estudos, foi desenhada em vidro transparente para dar ainda mais leveza ao ambiente Salvador Cordaro Mais
A Suíte da Menina Vaidosa, que a arquiteta Clélia Regina Angelo fez para a Casa Cor São Paulo 2011, abriga dormitório, canto para estudos, camarim, banheiro e closet e aposta em um tom forte de roxo para trazer feminilidade ao ambiente Divulgação Mais
No canto de estudos da Suíte da Menina Vaidosa, criada pela arquiteta Clélia Regina Angelo para a Casa Cor São Paulo 2011, o papel de parede da Wallpaper ganha destaque ao contrastar com a estante Divulgação Mais
O quarto de menina Peace, montado pela loja paulistana Hits, propõe um revival dos anos 60 e fala de paz, amor e felicidade. Colorido e alegre, nele destacam-se o amarelo e o azul turquesa, além de peças com desenhos e formatos de coração e símbolos daquela década Divulgação Mais
No quarto Peace, da loja paulistana Hits, palavras de ordem como love e enjoy (amor e aproveite, em inglês) aparecem em almofadas, placas pintadas à mão e em aparadores de livros. Almofadas e itens do enxoval foram trabalhados em tricô e, na estante, as caixas organizadoras multicoloridas também ganharam o símbolo de paz e amor Divulgação Mais
Esse quarto de menina foi feito pelo escritório In House em uma mostra de decoração no bairro de Moema, zona sul da capital paulista. O espaço foi pensado para receber amigas. As camas foram montadas pela loja Valencien, com lençóis, manta e porta-travesseiros em tons neutros Divulgação Mais
O projeto de quarto feminino do escritório In House aposta nas mistura de cores, lilás, roxo, turquesa, tons de bege e branco, e de texturas Divulgação Mais
Quarto das Crianças projetado pelas designers de interiores Juliana Neves de Castro, Luciana Nasajon e Mabel Graham Bell, da A3 Interiores, na edição da Casa Cor Rio 2011 Divulgação Mais
Quarto das Meninas no apartamento Casa Cor Santa Catarina 2012, projeto elaborado pelos arquitetos da Prumo, Leticia Caldart e Leonardo Caldart. O ambiente de 22 metros quadrados foi pensado para duas irmãs gêmeas de três anos. No mobiliário, predomina o branco, com alguns detalhes em laca colorida. A cama alta, estilo casinha, ajuda a ter mais espaço para as meninas brincarem e mantém o ar lúdico do projeto Lio Simas Mais
No projeto de quarto para irmãs gêmeas do escritório Prumo, o papel de parede, que explora as cores pink, amarelo e azul turquesa, aparece em versão floral e listras Lio Simas Mais
O quarto de 43 metros quadrados traz tecidos delicados e cores em tons pastéis que garantem um clima romântico e europeu, inspirado na região francesa da Provença. A arquiteta Maite Maiani levou para o espaço da Casa Kids São Paulo 2011 lustres de porcelana e móveis entalhados artesanalmente, típicos das casas de campo, e misturou-os a elementos infantis. O ambiente ganhou o prêmio de melhor projeto da Casa Cor 2011, na categoria Casa Kids Marco Pinto/UOL Mais
Dormitório de 21metros quadrados projetado por Maithiá Guedes para duas irmãs gêmeas de seis anos. No canto de estudo foram colocadas duas cadeiras Ghost em acrílico com escrivaninha em laca. Para ampliar o ambiente, a arquiteta optou por armários com portas de espelho Carlos Piratininga Mais
No projeto idealizado por Maithiá Guedes, como as irmãs gêmeas não queriam nada em rosa, a arquiteta teve como desafio criar um quarto feminino em tons de azul Carlos Piratininga Mais
No projeto de Maithiá Guedes para o quarto de duas irmãs gêmeas, uma das paredes foi pintada em azul e o restante revestido em tecido listrado azul e branco. As cabeceiras da cama são de lambri de madeira de demolição patinado. Separando as camas das meninas, um móvel em laca para reunir os porta-retratos que ganham iluminação por três pendentes Carlos Piratininga Mais
Dormitório de dez metros quadrados projetado para uma menina de 11 anos. No ambiente, desenvolvido pela arquiteta Maithiá Guedes, predominam cores neutras e suaves, mas há um toque em azul noturno. Destaque para o painel de madeira de demolição em cima da cabeceira da cama, com nichos iluminados de canto Carlos Piratininga Mais
O quarto projetado pela arquiteta Maithiá Guedes foi desenvolvido para uma menina de 11 anos e a ideia é que o ambiente acompanhasse sua dona até a adolescência. Para a colcha da cama, a escolha foi pelo romantismo do tecido floral, com porta-travesseiro com listras verticais. A arquiteta optou por utilizar o miolo da cortina com prega macho, dando maior elegância ao espaço Carlos Piratininga Mais
No quarto projetado pela arquiteta Maithiá Guedes para uma menina de 11 anos, um painel em madeira de demolição decora a parede do canto de estudos da garota Carlos Piratininga Mais
Juliana Neves de Castro, Luciana Nasajon e Mabel Graham Bell, da A3 Interiores, criaram esse quarto no Rio de Janeiro, com espaço suficiente para a diversão de uma menina de quatro anos. O laranja entrou em uma única parede, longa e extensa entre faixas de mdf laqueadas. Para contrastar, o azul jeans na cama e no pufe e uma estante de brinquedos com livre acesso MCA Estúdio Mais
Juliana Neves de Castro, Luciana Nasajon e Mabel Graham Bell, da A3 Interiores, criaram esse quarto para uma menina pré-adolescente em um apartamento antigo no Rio de Janeiro, onde foi mantido o piso de parquet existente. O vermelho se estende atrás de um painel, o que trouxe vivacidade ao espaço. Um deck/tatame em "L" abriga a área de dormir e um cantinho para receber as amigas. Também para dormir, o futton roxo se desenrola. Os tecidos de cores fortes foram escolhidos para contrapor ao vermelho da parede MCA Estúdio Mais
Juliana Neves de Castro, Luciana Nasajon e Mabel Graham Bell, da A3 Interiores, desenvolveram um quarto para duas irmãs receberem amigas e irmãs do segundo casamento da mãe. Foi criado um ambiente com a ideia de sala de estar com bicamas extras. Para contrastar com o laranja da parede, tons neutros nas colchas e na marcenaria em laca branca MCA Estúdio Mais

Inspire-se em ideias de decoração para quartos de menina que vão além da cor rosa

Veja mais: DICAS DE DECORAÇÃO , DECORAÇÃO DE FESTAS , MESAS DE ANIVERSÁRIO INSPIRADORAS , BATIZADO

ÚLTIMOS ÁLBUNS DE UOL MULHER



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos