Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://mulher.uol.com.br/gravidez-e-filhos/album/2012/12/17/aprenda-a-organizar-uma-brincadeira-de-caca-ao-tesouro-para-as-criancas.htm
  • totalImagens: 9
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20121217150715
    • Infância - Geral [62966]; Infância - Brincar e Aprender [62903]; Gravidez e Filhos - Passo a passos [64610];
Fotos
Aproveite as férias para experimentar a brincadeira caça ao tesouro com seu filho. O jogo consiste na busca, por meio de pistas e um mapa, de um prêmio escondido. A atividade estimula a imaginação, o raciocínio e promove exercício físico. Confira os passos a seguir para aprender a organizá-la. Consultoria: Adriana Friedmann, pedagoga e autora de "O Brincar no Cotidiano da Criança" (Editora Moderna) e "A Arte de Brincar" (Editora Vozes) Stefan Pastorek/UOL Mais
Para preparar a brincadeira, guarde um "tesouro" (brinquedos simples ou doces) em um baú ou caixa. Em seguida, crie uma sequência de dez pistas e um mapa, que deve representar a área onde acontecerá a caça ao tesouro. A intenção é que as dicas e o desenho levem os participantes até o prêmio. O número de pistas pode variar para mais ou para menos, dependendo do tempo disponível para brincar. Escolha o local para realizar a atividade e esconda o tesouro e as orientações longe do olhar das crianças Stefan Pastorek/UOL Mais
A caça ao tesouro pode ser mais desafiadora e divertida para as crianças se for feita ao ar livre, mas também é possível organizar o jogo dentro de casa ou em outros espaços fechados. O importante é explorar o ambiente com criatividade. Cabe ao adulto o papel de conduzir e supervisionar o jogo do início ao fim Stefan Pastorek/UOL Mais
Para dar início à caça ao tesouro, entregue a primeira pista e o mapa às crianças. A dica inicial deve indicar, por meio de uma charada, o local onde está escondida a seguinte ou remeter a marcações no mapa. Ela pode trazer indicações como "estou com frio" para apontar que a pista seguinte está escondida na geladeira, "tenho sempre muito sono", para levar a uma guardada embaixo da cama, ou "no mapa, estou marcado com a cor vermelha", referindo-se a um local representado no desenho. Em sequência, uma pista deverá levar à próxima até a descoberta final Stefan Pastorek/UOL Mais
Para incrementar ainda mais a brincadeira, a caça ao tesouro pode ter um tema. Conte uma história de piratas ou princesas com tesouros perdidos antes que o jogo comece e deixe as crianças escolherem personagens para interpretar nessa história Stefan Pastorek/UOL Mais
Crianças de qualquer faixa etária podem brincar de caça ao tesouro, e a dificuldade das pistas elaboradas pelo adulto deve levar em conta a idade dos participantes. Para um grupo de crianças menores, as dicas podem ser ilustradas, como um desenho de uma bola para indicar que a próxima informação está embaixo desse brinquedo Stefan Pastorek/UOL Mais
As pistas podem também pedir que as crianças cumpram uma tarefa, como cantar uma música ou andar de olhos vendados, sempre sob a supervisão do adulto para que não se machuquem. Quando a tarefa for cumprida, dê a elas a dica seguinte para que continuem a caça ao tesouro Stefan Pastorek/UOL Mais
Não há limite para o número de participantes e a interação é parte importante da brincadeira de caça ao tesouro, portanto o ideal é que as pistas incentivem as crianças a trabalhar em grupo na busca pelo prêmio, seja realizando tarefas coletivas ou desvendando as charadas em conjunto Stefan Pastorek/UOL Mais
No final da caça, com a descoberta do tesouro, compartilhe o conteúdo da caixa ou baú entre todas as crianças. O que quer que seja o prêmio é importante ter em quantidade suficiente para contemplar todos os envolvidos na atividade Stefan Pastorek/UOL Mais

Aprenda a organizar uma brincadeira de caça ao tesouro para as crianças

Veja mais: ATIVIDADES FÍSICAS PARA PAIS E FILHOS , DECORAÇÕES PARA FESTAS , MESAS DE ANIVERSÁRIO

ÚLTIMOS ÁLBUNS DE UOL MULHER



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos