Vilão-galã de "Vampire Diares" usa couro, mas quer proteger os animais

Fernanda Schimidt
Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

    O estilo do ator Ian Somerhalder, de "Vampire Diaries", inclui chapéus, jaquetas de couro e acessórios

    O estilo do ator Ian Somerhalder, de "Vampire Diaries", inclui chapéus, jaquetas de couro e acessórios

Se você quiser chamar a atenção do ator Ian Somerhalder, o vilão-galã da série “Vampire Diaries”, basta passar na frente dele com um grande casaco de pele. Mas a impressão não será das melhores. “Quando vejo pele animal como moda, fico muito irritado. Se eu estou sentado perto de uma pessoa num jantar e ela que estiver usando pele, eu simplesmente me mudo de lugar”, disse o ator na noite desta quinta-feira (31), em São Paulo para uma festa da marca John John.

Somerhalder, 33, é ativista pelos direitos dos animais, mas fica longe de extremismos. “Como comemos uma imensa quantidade de bois, temos um excesso de couro. Se vem de uma fonte para alimentação, acho que é o que você tem [para usar]”, afirmou em conversa com o UOL Mulher. Apesar de comer carne - bastante, segundo ele -, o ator dá preferência aos alimentos orgânicos e cultivados de maneira sustentável.

  • Fernanda Schimidt/UOL

    Ian Somerhalder posa para o instagram do UOL Mulher durante entrevista em São Paulo

O couro costuma , de fato, estar presente em seus looks na forma de jaquetas em modelos como as dos motoqueiros. O estilo de Somerhalder é marcado pelos acessórios e inspirado em homens como Frank Sinatra e Paul Newman. “Uso chapéus, porque amo o estilo dos caras das antigas, com seus Fedora”, diz ele, que contou ter cerca de 50 chapéus, usados em sistema de rodízio que acabam sendo doados depois de um tempo. A peça também pode ter outra função na vida de uma celebridade, acompanhada de perto por papparazzi e fãs mundo afora: uma tentativa de anonimato. “Ter algo aqui, sobre a vista, é uma boa maneira de eu me isolar um pouco, porque costuma ser difícil ter um tempo comigo mesmo”, explicou.

Pedras e metais também são incorporados à sua produção casual, com anéis, pulseiras e correntes. “Tudo tem um significado para mim, as formas e os materiais”, disse. A corrente que usava nesta noite, prateada e com um grande pingente, foi feita sob medida e tem relação com a sua família, nascida na Luisiana, no sul dos Estados Unidos.

O ator se mantém próximo de suas raízes especialmente por meio do trabalho filantrópico. Com a Fundação Ian Somerhalder, criada em 2010 para ajudar na preservação do meio ambiente e de seus animais, ele projeta a construção de um santuário animal em seu Estado-natal que custará cerca de R$ 10 milhões e pretende abrigar e reabilitar animais rejeitados e vítimas de abusos. Por enquanto, em casa, Somerhalder conta com a companhia de três gatos.

Acompanhe a passagem do ator pelo Brasil
Veja Álbum de fotos


Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos