Sapatarias mantêm tradição artesanal e são opção para quem gosta de personalizar

Adriana Terra
Do UOL, em São Paulo

  • Adriana Terra/UOL

    Prateleiras com sapatos em verniz e coloridos feitos pela Porto Free, loja que existe há 30 anos na rua Maria Antônia, em São Paulo

    Prateleiras com sapatos em verniz e coloridos feitos pela Porto Free, loja que existe há 30 anos na rua Maria Antônia, em São Paulo

Ao entrar na casa de número 185 da rua Maria Antônia, na região central de São Paulo, a impressão é de estar numa loja de sapatos comum. Um olhar mais atento e uma visita ao fundo do salão, repleto de calçados coloridos e ricos em detalhes, mostram, no entanto, que o local preza por uma tradição: a do sapato artesanal, feito em pequena escala e personalizado de acordo com o desejo do cliente. "Tem gente cujo avô comprava calçado aqui, o pai usava e o filho segue o costume", conta Antonio Celso, gerente da Porto Free.

Fundada há 30 anos, a loja funciona atualmente em dois pontos. O citado acima é o mais novo e maior, já o original fica no número 57 da mesma rua e mantém uma vitrine que exibe a caprichosa produção feita pelos funcionários do ateliê, localizado no andar de cima da loja. De início uma pequena sapataria que atendia moradores da região, a Porto Free cresceu e passou a trabalhar com outras marcas, mas manteve o calçado feito à mão entre seus produtos.

Além dos clientes que vão ao local por tradição familiar, a sapataria calçou recentemente os pés de atores dos musicais "A Família Addams" e "Priscilla - Rainha do Deserto" e de Denise Fraga na peça "A Alma Boa de Setsuan". No último Carnaval, integrantes das escolas de samba Vai-Vai, Camisa Verde e Branco, X-9 e Rosas de Ouro levaram para a avenida sapatos da loja.

Apesar da possibilidade de personalizar modelos clássicos masculinos com diferentes cores e materiais, a Porto Free não oferece mais o serviço do calçado sob medida -a escolha é por numeração mesmo. O preço dos sapatos artesanais é, em média, R$ 149. Nas prateleiras há modelos com duas ou mais fivelas, faixas de verniz, frente (a gáspea) que imita o calçadão de Copacabana, sapatos dourados, com estampa de oncinha -estes últimos, boas opções para as mulheres. Mesmo com a variedade, o gerente conta que o hit é o tradicional preto e branco.

É o calçado bicolor também um dos mais pedidos na Gomes, no Rio de Janeiro. Fundada há 54 anos na zona norte carioca, a sapataria que atende a Rede Globo no próprio Projac tem público parecido ao da loja paulistana. "A gente recebe muito o pessoal da dança de salão, do samba e de igreja evangélica", conta o gerente Rafael Almeida. Mais artesanal que a Porto Free, a Gomes faz o sapato sob medida e cria modelos segundo as especificações do cliente. Os preços variam entre R$ 220 e R$ 280.

  • Adriana Terra/UOL

    O seu Nilson, responsável pela sapataria Fascinante, em São Paulo

Sapatos charmosos e plataformas
Nilson Augusto de Oliveira comandava 28 funcionários em uma fábrica de sapatos, até que as medidas econômicas do governo Collor o fizeram fechar as portas na década de 1990. Há oito anos, ele passou a administrar um negócio menor e mais personalizado: a Fascinante, uma sapataria voltada ao público feminino que fica no subsolo de uma loja no bairro paulistano de Pinheiros.

A experiência industrial o ajudou, mas todo o processo na Fascinante é artesanal e pode ser observado por quem visita a loja, visto que o ateliê fica bem atrás do balcão. Junto a quatro funcionários, "seu Nilson", como é chamado, faz consertos e cria charmosas sandálias, sapatilhas e botas sob medida, usando os mais de 40 tipos de couro de que dispõe. “Tem gente que leva pedaços de couro para casa para ver se combina com as roupas que tem”, conta ele.

Na Fascinante também é possível escolher o design do calçado, que pode ser feito a partir de uma ideia da cliente ou de uma referência. O custo fica entre R$ 220 e R$ 400. A fim de inspirar quem visita a sapataria, seu Nilson não brinca em serviço -uma boa amostra dos calçados confeccionados ali fica exposta logo na entrada do local.

Outro endereço que segue à risca a tradição do sob medida é a Au Bottier. Na ativa desde a década de 1960, a loja na rua Augusta é ponto conhecido entre figurinistas e suas criações frequentemente aparecem na televisão e em peças de teatro. Fundada pelo francês Maurice Yedid e hoje sob o comando de suas filhas, Alegra e Mireille, a sapataria que vendia botas para as chacretes ainda confecciona calçados dos mais variados estilos e faz reformas complicadas. “Gostamos do desafio, fazemos todos os modelos que nos pedem”, garante Alegra.

Entre plataformas altíssimas e botas de cano longo, a dona da loja diz que sua clientela é mista e busca coisas diferentes, muitas vezes extravagantes: salto em forma de estrela e modelos cravejados de "spikes" (espetos) estão no pacote. Mas há também clientes mais discretos que querem reproduzir um calçado favorito, noivas em busca de um modelo ideal para o casamento e pessoas com problemas ortopédicos.

Cerca de 50 pares são confeccionados por mês na Au Bottier. O número aumenta em época de entrega de trabalhos de faculdade: estudantes de moda são outro público forte da loja. Os calçados feitos por encomenda custam a partir de R$ 400 e podem chegar a “R$ 800, R$ 1 mil, dependendo do que o cliente quer”, detalha Alegra.

Roteiro de sapatarias artesanais pelo Brasil

Veja abaixo o endereço de dez sapatarias e lojas que fazem calçados sob encomenda.

Au Bottier
Rua Augusta, 1206, Consolação, São Paulo (SP)
Tel.: 11 3257-1525
www.aubottier.com.br

Gomes Calçados
Av. Dom Helder Câmara, 10506, Cascadura, Rio de Janeiro (RJ)
Tel.: 21 3273-0618
gomescalcados.com.br

Porto Free
Rua Maria Antônia, 57 e 185, Consolação, São Paulo (SP)
Tel.: 11 3129-4160 / 3257-0792
www.portofree.com.br

Sapataria Fascinante
Rua Fradique Coutinho, 612, Pinheiros, São Paulo (SP)
Tel.: 11 3814-8236
www.sapatariafascinante.com.br

Antonio Rosa Calçados
Fabrica botas, sandálias e sapatos femininos sob medida, reproduz modelos desejados pelo cliente. Os sapatos custam a partir de R$ 220 e as botas, a partir de R$ 280.
Av. Farrapos, 932, Floresta, Porto Alegre (RS)
Tel.: 51 3012-1029
www.antoniorosacalcados.com.br

Clínica do Calçado
Faz calçados masculinos sob medida. O custo do calçado varia dependendo do pedido, não há um preço médio.
Rua Brilhante, 3342, Campo Grande (MS)
Tel.: 67 3028-2125

Criações Ribeiro
Especializada em calçados ortopédicos, faz também sapatos masculinos em geral e de dança. O custo do calçado depende do que o cliente necessita de adaptações, não há um preço médio.
Rua Cincinato Braga, 573, Bela Vista, São Paulo (SP)
Tel.: 11 3284-0220
www.sapatossobmedida.com.br

Dona Rosa
Loja especializada em sapatos de noiva feitos sob encomenda. Permite que a cliente personalize modelos criados na loja mudando tecido, cor e detalhes (laços, aplicações de strass). Os calçados custam a partir de R$ 129.
Av. Conselheiro Aguiar, 1555, Boa Viagem, Recife (PE)
Tel.: 81 3463-4374
Estrada das Ubaias, 276, Casa Forte, Recife (PE)
Tel.: 81 3304-0709
www.lojadonarosa.com

Gil Calçados
Especializada em calçados sociais femininos sob medida. Os sapatos custam a partir de R$ 190.
Rua Manoel Loureiro, 1350, São José (SC)
Tel.: 48 3246-0886
www.gillcalcados.com.br

Waldemar Calçados
Sapataria tradicional baiana, confecciona sapatos sob medida há mais de 50 anos. O custo do calçado varia dependendo do pedido, não há um preço médio.
Av. Princesa Isabel, 645, Barra, Salvador (BA)
Tel.: 71 3264-4892

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos