Conheça chapelarias famosas e inspire-se em celebridades que usam o acessório

Adriana Terra
Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images / Fernando Donasci/UOL

    A cantora Janelle Monáe é adepta dos chapéus; à direita, diversos modelos do acessório na loja Plas, em São Paulo

    A cantora Janelle Monáe é adepta dos chapéus; à direita, diversos modelos do acessório na loja Plas, em São Paulo

Acessório clássico, o chapéu apareceu em formas e combinações variadas nos desfiles das semanas de moda pelo mundo. Apesar da peça estar em alta nas passarelas, algumas pessoas ainda sentem dificuldade em como usar o acessório, algo que pode ser feito no frio ou no calor. A fim de mostrar modelos existentes no mercado, onde comprá-los e dar sugestões de combinações, conversamos com os chapeleiros Maurice Jean Plas, 84, e o global Denis Linhares, 47.

Conheça capelarias famosas e se inspire nos famosos
Veja Álbum de fotos

“A dica a princípio é gostar de chapéu”, diz Linhares. Ex-bailarino, ele começou no ofício de chapeleiro quando tinha cerca de 20 anos e hoje se divide entre os clientes de seu ateliê e de uma loja no bairro carioca de Copacabana, além de dar consultoria e fazer modelos exclusivos para produções televisivas, teatrais e de cinema - os chapéus da novela global “Gabriela”, por exemplo, são assinados por ele.

“O chapéu levanta o visual”, defende Maurice Plas, fiel adepto do acessório. O francês radicado no Brasil mantém há 58 anos a famosa loja que leva seu nome na rua Augusta, região central de São Paulo, onde vende caprichados chapéus feitos por ele e por seu filho Robert, além de modelos importados.

Quer encontrar o chapéu ideal? Veja abaixo algumas sugestões dadas por estes especialistas e conheça dez endereços que vendem boas opções do acessório, em lojas físicas ou pela internet.

  • Luciana Whitaker/UOL

    Denis Linhares posa com um de seus chapéus

Primeiros passos

Para quem nunca usou o acessório, mas tem vontade, o chapeleiro Denis Linhares recomenda: “compre um modelo mais simples para começar, nada muito fashionista”. A ideia é que o chapeu tenha a ver com você, então vale o bom senso e aquela minuciosa olhada no espelho.

Com relação a tamanhos e proporções, a dica de Linhares é prestar atenção na aba do chapéu. “Dependendo da altura da pessoa ela pode explorar uma aba maior”, diz ele, acrescentando que a equação “maior altura - maior aba” pode mudar. “Uma cliente minha baxinha, mas com um pescoço comprido, comprou um modelo de aba grande e ficou lindo.”

  • Getty Images

    Justin Timberlake vai a evento diurno com um fedora

 

Modelo coringa

Linhares aposta em chapéus com as abas mais curtas. “Acho que o fedora é o melhor modelo. Ele pode ser usado tanto para a manhã quanto para a tarde ou para a noite”, diz ele, referindo-se ao popular chapéu que tem a copa (topo), e muitas vezes as abas, como se fossem ‘amassadas’. “O pork pie [‘torta de porco’ em inglês, referência ao formato da copa do chapéu, bem arredondado e estruturado] é um chapéu que está entrando agora. Esse é lindo, mas é mais para os descolados”, acredita.

O panamá, chapéu de palha em cor clara originário do Equador, é um modelo apontado como versátil por Linhares e Plas, podendo ser usado “com uma calça jeans” ou “mais chique, com terno e gravata. Aí você está em cima!”, diz Plas. “O panamá é um clássico e é ótimo”, opina Linhares.

As boinas são chapéus discretos que também podem ser combinados facilmente com diversos visuais, sejam eles casuais ou mais arrumadinhos, indica Maurice Plas. A cor e o tecido deste modelo fazem a diferença na hora de montar o look.

  • Getty Images

    A cantora Ashlee Simpson usa um chapéu coco de lã


Aquecendo (ou esfriando) a cabeça

Sai a palha e entram materiais mais quentes nos chapéus de inverno, mas os modelos não sofrem muitas alterações.

Para Plas, um chapéu de feltro de lã é uma boa pedida nos dias frios, seja uma boina ou um modelo de abas curtas como o fedora -o borsalino, ou “nova-iorquino”, como Plas o chama. O couro pode também ser um material interessante para as boinas.

No verão, o panamá reina. Para as mulheres, o capeline (modelo com abas curvas e maleáveis, em inglês "floppy hat") também é uma opção. No último ano, diversas celebridades foram fotografadas com o modelo.

  • Getty Images

    A modelo russa Ludmilla Radchenko usa um modelo cloche

 

Chapéu de festa

Denis Linhares acredita que o fascinator é um chapéu bom para as mulheres em uma festa diurna - para a noite, ele prefere os arranjos encaixados no penteado. Para os homens, modelos básicos de abas curtas podem ser usados tranquilamente em festas, aposta o chapeleiro.

Para mulheres que fazem a linha retrô e gostam de se produzir, o modelo cloche (justo, em formato de sino) é uma opção indicada por Maurice Plas. Para acompanhar, os homens podem usar chapéus em cores escuras com as abas curtas ou até mesmo as cartolas, seja com discretas copas pequenas ou, para os ousados, mais compridas.


 

::ROTEIRO:: 

Saiba onde comprar chapéus

Veja abaixo dez endereços reais e virtuais que comercializam chapéus. Todas as lojas online listadas entregam seus produtos no Brasil.

Plas

A loja tradicional da rua Augusta vende boinas, chapéus panamá, fedora, capeline, coco e cloche por preços sob consulta.
R. Augusta, 724, Consolação, São Paulo
Tel.: 11 3257-9919
www.plas.com.br

Denis Linhares Chapéus, Grinaldas & Acessórios

Prestes a inaugurar nova loja, na rua Barata Ribeiro, em Copacabana, no Rio de Janeiro, o chapeleiro está atendendo temporariamente a domicílio. Para mais informações, visite o site de Denis: www.denislinhares.com.br

Chapéus Rio Branco

Indústria e comércio de chapéus que existe há mais de 50 anos no interior de São Paulo, a Rio Branco vende por meio de seu site modelos femininos e masculinos em algodão, lã, nylon, juta, palha e feltro nos estilos panamá, junino, entre outros. Os chapéus custam até R$ 180.
www.chapeusriobranco.com.br

E-Holic

Na Vila Madalena, em São Paulo, o artesão Durval Sampaio vende diversos tipos de chapéus. Boinas, modelos fedora, "pork pie" e pequenas cartolas estão à venda também pela internet por entre R$ 58 (bonés estilo quepe) e R$ 168 (cartolas).
R. Fradique Coutinho, 1.399, Vila Madalena, São Paulo
Tel.: 11 3853-0420
www.e-holic.com.br

El Sombrero

Loja localizada na região central de São Paulo, a El Sombrero comercializa chapéus há 77 anos. Tem variedade de boinas e oferece também chapéus no estilo pescador, country, modelos fedora, "pork pie" e panamá. Os preços variam de R$ 30 a R$ 400. Na região onde a loja se encontra, próxima ao vale do Anhangabau, há outros estabelecimentos que vendem bons modelos de chapéus.
Rua do Seminário, 156/158, Centro, São Paulo
Tel.: 11 3326-9898
www.elsombrero.com.br

San Doná

Empresa especializada em componentes de chapéus, serve diversas fábricas do produto e tem uma loja virtual onde vende suas próprias criações. Boinas, chapéus fedora e panamá, modelos militares, country e de fibra natural podem ser adquiridos por entre cerca de R$ 20 e R$ 410.
www.orangeshop.com.br/loja

Asos

A loja de roupas e acessórios britânica tem modelos masculinos e femininos de chapéus fedora, "pork pie", quepes e boinas que podem ser adquiridos online. Os preços começam em R$ 15 e chegam a cerca de R$ 450.
www.asos.com

ModCloth

A loja virtual de roupas, acessórios e objetos norte-americana vende chapéus femininos de diversos modelos. Há oferta de delicados fascinators, fedora, "pork pie" e capeline. Os preços variam de R$ 22 a R$ 120.
www.modcloth.com

Urban Outfitters

A popular fast-fashion norte-americana tem alguns chapéus interessantes para homens e mulheres. Há modelos nos estilos fedora, panamá, capeline, cloche e pork pie por até R$ 140.
www.urbanoutfitters.com

Village Hat Shop

Loja virtual norte-americana especializada em chapéus, a Village Hat oferece boinas, bonés, gorros, chapéus fedora, panamá e fascinators. Entre algumas das curiosidades da loja estão chapéus ao estilo do usado pelo personagem Chapeleiro Maluco em “Alice no País das Maravilhas”. Os chapéus da Village Hat custam a partir de R$ 18 (bonés). A loja também tem endereços físicos espalhados pela Califórnia.
www.villagehatshop.com

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos