Pin-up mais famosa do mundo inspira grife e loja de moda retrô nos EUA

Adriana Terra
Do UOL, em San Diego (EUA)

  • Adriana Terra/UOL

    Loja inspirada no estilo da pin-up Bettie Page, em San Diego, cidade na Califórnia

    Loja inspirada no estilo da pin-up Bettie Page, em San Diego, cidade na Califórnia

Com seu corpo voluptuoso, franjinha curta e ar espevitado, a modelo e atriz norte-americana Bettie Page tornou-se um símbolo de erotismo e liberação sexual nos EUA dos anos 1950, além de um ícone mundial de beleza retrô ao longo dos últimos 60 anos. Apesar da fama, a rainha das pin-ups -- modelos de fotos sensuais que costumavam adornar os quartos masculinos -- teve uma vida complicada. Sofreu abusos, foi internada, refugiou-se na religião e no fim da vida não queria ser fotografada. Após anos de obscuridade, sua figura passou por um revival na década de 1980, com editoras republicando suas fotos e popularizando sua imagem novamente.

Foi nesta época que uma nova geração de garotas conheceu Bettie Page e foi influenciada por seu estilo, que atualmente tem reflexos em artistas como Katy Perry e na modelo burlesca Dita Von Teese. Outra admiradora da pin-up é a russa Tatyana Khomyakova, estilista que decidiu criar uma grife totalmente inspirada na modelo. O primeiro estabelecimento da marca nasceu em Las Vegas em 2007, um ano antes da morte de Page, e todos os produtos que usam a imagem da pin-up foram negociados com ela.

Focada em moda retrô, a Bettie Page Clothing Store cresceu rapidamente e hoje conta com oito lojas espalhadas por cidades norte-americanas, muitas delas na Califórnia. Entre as famosas que já usaram roupas da grife estão as atrizes Leighton Meester e Denise Richards.

Além de muitos vestidos com a cintura bem marcada e a saia longuete, a marca comercializa blusas de linho e seda, calças jeans e shorts de cintura alta, bíquinis e maiôs com modelagens maiores, além de macaquinhos para serem usados como saída de praia. Tudo bem clássico, já que a grife parece focar em uma moda vintage tradicional, com vestidos que custam de US$ 30 (R$ 62), na promoção, a US$ 150 (R$ 308). Entre os acessórios destacam-se sapatilhas bicolores, sapatos peep toe e bolsas de verniz em formatos geométricos. Para mulheres com filhas pequenas, miniaturas dos vestidos adultos com pegada mais divertida têm sido confeccionadas por Tatyana.

A reportagem do UOL visitou uma das lojas da marca, na cidade de San Diego. Em clima de "casa de amiga", o local abriga uma sala de estar na qual as clientes podem experimentar um sapato com conforto ou assistir a um filme com a pin-up na TV. A figura de Bettie Page se estende pelo ambiente em uma grande pintura da modelo feita pela artista Olivia De Berardinis (famosa por seus trabalhos para a revista "Playboy"), em livros de ilustrações, revistas antigas, estojos de maquiagem e cigarros, luminárias e até mesmo ímãs de geladeira. Uma overdose da pin-up que atrai também turistas que entram no local só para tirar uma foto.

Segundo Barbara Shadgett, gerente da loja na cidade californiana, a grife atinge mulheres de diversas idades. "Minha clientela vai dos 16 aos 80", conta ela. No entanto, as mais assíduas do espaço que administra são mulheres na faixa dos 40 anos que dizem não encontrar facilmente vestidos que as deixem elegantes, assim como clientes mais gordinhas -- todas as roupas da marca vão de tamanhos superpequenos até números bem grandes.

Embora haja uma discreta divisão na disposição das roupas dentro da loja em San Diego, indicando uma moda mais sóbria de um lado e uma mais jovial do outro, escolher o look de acordo com esta separação não é regra para as fãs de Bettie Page. Uma das clientes que mais chamou a atenção de Barbara até hoje foi uma animada senhora de cerca de 80 anos que levou para o provador um vestido e um sapato com estampa de caveiras. "E ficou bem fofo nela", garante.

:: Moda retrô para usar ::
Inspirada na moda vendida pela marca, a gerente Barbara dá sugestões de looks vintage que podem cair bem em diferentes ocasiões.

Para o dia a dia

  • Adriana Terra/UOL

Vestidos longuetes e saias combinadas a blusas delicadas são opções. Uma blusa lisa de linho pode cair muito bem com uma saia estampada, ou mesmo um jeans de cintura alta, aliada a uma sapatilha. É uma roupa bonita e confortável para ir ao trabalho. Se for esticar em um programa noturno como um jantar ou cinema, a sapatilha pode dar espaço a uma sandália ou sapato de salto.

Para a noite

  • Adriana Terra/UOL

Vestidos com brilho, bem acinturados, com detalhes no colo, na cintura ou nas costas são looks vintage clássicos para uma festa ou ocasião mais formal, combinados a bolsas de mão e sapatos peep toe.

  • Adriana Terra/UOL

Roupa de praia

Não é porque você está na praia que não deve estar elegante e fofa, acredita Barbara.

Shorts de cintura alta com bustiê, macaquinhos e maiôs com modelagem valorizando as curvas femininas são sugestões.

Outras opções incluem o bíquini mais "comportado", com a calcinha e o top maiores, além de detalhes que podem tornar o look sexy e divertido, como os babados.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos