Informações sobre o álbums
  • editoria:Geral
  • galeria: Enquete
  • link: http://mulher.uol.com.br/casa-e-decoracao/album/2012/03/07/cozinhas-integradas.htm
  • totalImagens: 100
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20110610213816
Fotos
Os acabamentos utilizados nesta casa em Balneário Camboriú (SC) têm uma pegada urbano-chique. A cozinha, por exemplo, combina eletrodomésticos de aço inox ao preto que se destaca na bancada de granito São Gabriel. A estrutura é apoiada pelos bancos revestidos com couro. O projeto de arquitetura é de Carolina e Guto Biazzetto, do escritório EB Arquitetura R. R. Rufino/Divulgação

Mais
Na área da cozinha, a Mingrone Iluminação - responsável pelo projeto luminotécnico do apê 360° - propôs grades de aço para o forro, pintadas a fim de imitar o aço corten. A função é estética, pois o elemento uniformiza vizualmente e "reúne" coifas, luminárias, vigas e dutos de infraestrutura elétrica. À direita, a porta no painel de madeira leva a um hall íntimo, onde está o acesso ao lavabo André Laiza/ Divulgação

Mais
Na cozinha, as bancadas de refeição e trabalho são de Corian (superfície de quartzo). Todos os armários do ambiente levam revestimento em laminado melamínico branco, da Formaplas. O apê 360°, com interiores projetados pelo SP Estudio e Bruno Moraes Arquitetura, fica em São Paulo (SP) André Laiza/ Divulgação

Mais
Na cozinha do apê Cátia foram mantidos os armários e trocados os revestimentos, a exemplo do piso composto de pastilhas cerâmicas (Atlas), bem ao estilo retrô. As paredes receberam azulejos brancos 5 cm x 10 cm (Atlas) e, entre a cozinha e a sala, sobre a bancada de madeira pendem lâmpadas com ares industriais. O projeto de reforma é do escritório Iná Arquitetura Divulgação

Mais
Toda a extensão da parede, que abriga a mesa de jantar e a pequena cozinha (à dir.), é aproveitada com armários ou nichos no projeto concebido por Consuelo Jorge para o apartamento com 14 m². Sobre a pia, a arquiteta posicionou um cordão de luzes LED, que auxilia no momento de cozinhar Raphael Briest/Divulgação

Mais
Casa Cor Brasília 2016 - O Espaço de Convivência, criado por Mayara Kassiê, é leve e funcional e foi pensado para a degustação da culinária internacional. Sobre a mesa está o conjunto de pendentes feitos com hastes de ferro formando cubos, produzidos pela arquiteta. A combinação leva lâmpadas amareladas que preservam e ressaltam as cores dos alimentos Jomar Bragança/Divulgação

Mais
O apê feminino ganhou mais amplitude com a criação de uma cozinha americana e a instalação de um espeho junto à mesa de jantar. Os ladrilhos hidráulicos e a parede pintada com tinta de lousa dão um toque de jovialidade à decoração concebida para uma universitária. O projeto é assinado pelos arquitetos do escritório Conrado Ceravolo, em São Paulo Maira Acayaba/ Divulgação

Mais
Para esse apartamento pertencente a um jovem economista, a cozinha é completamente aberta e conta com uma ilha de cocção ligada à mesa de jantar, cercada por cadeiras One, com desenho de Konstantin Grcic. Os revestimentos remetem à dureza do concreto e são equilibrados pelo uso da madeira clara. O espaço foi assinado pelo escritório Conrado Ceravolo Arquitetos Maira Acayaba/ Divulgação

Mais
A inspiração para compor o projeto veio dos lofts nova-iorquinos. Definida por trilhos aparentes e luminárias com uma pegada industrial, a iluminação do apê 'conversa' bem com esse conceito. A parede de tijolinhos é outro recurso que mantém o ar cosmopolita, além de dar privacidade ao quarto. A reforma é do escritório Samaia Arquitetura + Design Edson Ferreira/ Divulgação

Mais
Locais de refeições para dois podem apresentar uma solução de revestimento que mimetiza a dos outros ambientes adjacentes, minimizando interferências visuais. É o caso dessa mesa-bancada de madeira, com cadeiras no mesmo material, definidas pela arquiteta Débora Aguiar e usada para dividir cozinha e sala. Os elementos ainda alternam as cores e acabamentos dos armários da cozinha Luis Gomes/ Divulgação

Mais
Quando a área é pequena, os móveis ideiais são compactos e esta regra é especialmente válida para as mesas de jantar, que devem ser compatíveis com a metragem do cômodo. Uma mesa para quatro lugares serve bem duas pessoas. O arquiteto Décio Navarro posicionou o exemplar quadrado junto à parede e conseguiu mais espaço para a circulação na cozinha integrada à sala Arquitetura de Ideias/ Divulgação

Mais
Se a escolha do casal é por apenas uma mesa, sem possibilidade de bancada de cozinha ou composição com outras peças, a indicação recai sobre as redondas com pé central. O modelo permite liberdade de movimento, pode agregar mais pessoas durante jantares e não 'briga' com a forma dos demais móveis. O arquiteto Décio Navarro escolheu uma Saarinen para esse pequeno apê em estilo contemporâneo Arquitetura de Ideias/ Divulgação

Mais
O estúdio em São Paulo mede 29 m² e foi reformado pelo escritório Notar Design. Na cozinha integrada, a bancada de madeira aquece o ambiente, é assistida pelas cadeiras One (assinadas pelo designer Konstantin Grcic) e, assim, funciona como mesa de jantar Jhonatan Chicaroni/UOL

Mais
Categoria: Decoração na Praia - Beto Galvez e Nórea de Vitto. Nesta casa de praia no litoral paulista, sala e cozinha (foto) foram integradas pela reforma e a construção original ganhou mais quatro suítes. Os acabamentos seguiram o estilo rústico e a decoração foi composta de peças herdadas e garimpadas em feirinhas Tuca Reinés/ Divulgação

Mais
A Casa da Dinda, das arquitetas Flávia Araújo e Juliana Resende e da designer de interiores Ednara Borges, é inspirada nos lofts nova-iorquinos. Paredes de tijolos aparentes, assoalho de cimento queimado e mobiliário marrom deixam o espaço, de 82 m², com toque rústico e aconchegante Jomar Bragança/Divulgação

Mais
O projeto desenvolvido pelo Studio ro+ca, em Ipanema, no Rio, tem uma cozinha com base preta integrada ao living. A decoração do espaço é leve e descontraída, pois incorpora pontos de cor e texturas à sobriedade do negro Divulgação

Mais
A madeira clara é usada como contraponto ao preto das paredes e dos gabinetes da cozinha. Neste exemplo, a madeira apresenta-se em seu estado rústico, na estrutura do telhado. "Vale prestar atenção na luminosidade, também natural, evidenciada pela parede branca (fundo)", afirma a arquiteta Vanessa Romeiko. O espaço se baseia nas superfícies e linhas retas, o que dá um tom minimalista à decoração arkpad.com/ Reprodução Pinterest

Mais
Casa Cor 2008 - Muros verdes, dentro e fora de casa: tendência forte na Casa Cor 2008 André Porto/UOL

Mais
A sala de jantar conta com uma mesa de madeira com oito cadeiras. A cozinha integrada é equipada com armários planejados, que deixam louças, objetos e utensílios à vista. O loft do cantor Adam Levine e da modelo Behati Prinsloo está à venda por cerca de R$ 20 milhões, em Nova York, Estados Unidos Oxford Property Group/ Reprodução

Mais
A cozinha da Casa do Bomba é totalmente integrada à sala de jantar e possui balcão que funciona como bar, ao lado da adega. O projeto leva a assinatura do escritório Sotero Arquitetos Leonardo Finotti/ UOL

Mais
No primeiro pavimento da cobertura de Uma Thurman, à venda por R$ 22 milhões, está localizada a cozinha. O ambiente tem uma ilha de cocção central, móveis totalmente brancos, eletrodomésticos embutidos e detalhes com inspiração industrial. Ao fundo (à esq.), uma porta cinza dá acesso à biblioteca da atriz de "Kill Bill" Corcoran.com/ Divulgação

Mais
Com 5 quartos e 3 banheiros, o dúplex fica em um edifício construído em 1910 pelo arquiteto Helbert Lucas, em Nova York. No projeto original, o apê tinha apenas 3 quatros, os outros 2 dormitórios foram acrescentados em 2006, a pedido da atriz Uma Thurman. A musa do diretor Quentin Tarantino colocou a cobertura à venda por R$ 22 milhões. Na imagem é possível ver partes da sala de jantar Corcoran.com/ Divulgação

Mais
Com espaço limitado, o projeto de interiores desenvolvido pelo escritório Suite Arquitetos para o apê Alvorada quis gerar a sensação de amplitude, por isso as paredes laterais (à esq.) foram revestidas com espelhos. Os sistemas de divisão/ integração dos ambientes são inteligentes, a exemplo da caixa de vidro que serve como aparador de cozinha e móvel para TV Ricardo Bassetti/ Divulgação

Mais
O fundo da construção concentra a circulação (escadas) para o pavimento superior e "encaixa" a cozinha com armários, forno e geladeira embutidos sob os degraus. A bancada de concreto com tampo de granito preto é o elemento de integração entre a cozinha e a sala de jantar (em primeiro plano). A casa Ibiray é assinada pelos arquitetos Lucho Oreggioni e Sonia Prieto Leonardo Finotti/ UOL

Mais
A cozinha da casa LP se separa do living apenas pela ilha de cocção em concreto (à dir.). O ambiente mantém os utensílios, louças, mantimentos e eletrodomésticos à mostra em uma estante metálica (à esq.) ou no nicho com prateleitas. O projeto de arquitetura e interiores é do escritório Metro Arquitetos Leonardo Finotti/ UOL

Mais
Nesta foto, a ligação entre a cozinha americana e o living é visível: a setorização se dá apenas pelo tipo de piso. A imagem também salienta a divisão estrutural da casa desenhada pelo escritório Metro Arquitetos, que posiciona as áreas molhadas nos fundos do imóvel e deixa salas e quartos voltados para o jardim Leonardo Finotti/ UOL

Mais
O projeto idealizado pelo escritório Vitrô Arquitetura aproveitou o corredor de entrada instalando banquetas ao lado do balcão recém-criado e feito com compensado naval. À direita, os elementos estruturais (viga e coluna) delimitam a área "americana" da cozinha do restante da ala social. Ao fundo, o armário embutido com porta "avulsa" acompanha o eixo central do projeto do apê paulistano Ana Mello/ UOL

Mais
O projeto, assinado pelo escritório Vitrô Arquitetura, criou uma cozinha em L, que agora tem balcão voltado para o corredor (à esq.) e uma prática bancada que apoia o "cooktope" acopla parte dos eletrodomésticos e a pia. A iluminação organizada em um trilho com spots é focada nas áreas de interesse. O apê Ribeirão fica em São Paulo Ana Mello/ UOL

Mais
A cozinha ganhou um toque de vivacidade com o vermelho da esquadria da porta de correr, que separa o ambiente da lavanderia. Uma segunda bancada (à dir.), mais baixa, agiliza a rotina da cozinha organizada como um corredor. O apê Caravelas tem projeto de reforma da arquiteta Marcela Madureira Ana Mello/ UOL

Mais
O apê Caravelas, com projeto de reforma da arquiteta Marcela Madureira, ganhou uma cozinha americana com a criação de uma meia-parede que divide, mas também integra, os ambientes sociais, além de servir como bancada. Muito prática, a estrutura pode ser usada como bar e como balcão passa-pratos Ana Mello/ UOL

Mais
A cozinha ocupa o espaço central da ala social e é considerada o coração da casa Samambaia, criada pelo arquiteto Rodrigo Simão. Estar, jantar e home theater usufrem do calor do fogão à lenha, muito usado como lareira nos dias frios. Destaque para o vidro colocado em um trecho do piso (à dir.), que permite a visualização do estúdio do proprietário, no subsolo André Nazareth/ Divulgação

Mais
Com a reforma, a cozinha sem janelas, ficou bem mais clara: a luz natural vem da sala, de uma abertura da parede do corredor e da porta de vidro. A bancada em inox dispõe de prática área de trabalho e embute armários, lava-louça e fogão. Para iluminar artificialmente, o trilho de spots foca a bancada e outros dois rebatem a luz no teto e na viga, criando iluminação geral. O apê 62 foi reestruturado por Nathália Favaro, do escritório Vitrô Arquitetura Ana Mello/ UOL

Mais
O piso de porcelanato e o forro inclinado de madeira são a base do espaço gourmet. O balcão da churrasqueira foi revestido com tijolos ecológicos e ladrilhos de porcelanato e o tampo é de granito preto no projeto da arquiteta Juliana Lahóz, para o lazer de uma casa em Araucária, no Paraná Divulgação

Mais
Com muito conforto, o pavilhão de lazer oferece um pouco de tudo: mesa de bilhar (à dir.), sofás acolhedores, espaço gourmet com bancada ampla e um quadro negro para desenhos e recados, além de uma banheira com hidromassagem (à esq.). As janelas no alto favorecem a ventilação natural. O sítio Marigold tem projeto do arquiteto André Luque André Nazareth/ Divulgação

Mais
As reuniões ficam mais saborosas em torno da ilha de cocção instalada na cozinha branquinha do sítio Marigold, assinado por André Luque. A bancada é equipada com cooktop. No ambiente, as tesouras do telhado foram reforçadas, mas mantiveram-se aparentes, e as paredes ganharam janelas do tipo guilhotina André Nazareth/ Divulgação

Mais
Na Casa de Praia, a cozinha integrada à sala de jantar tem visual "rústico chique". Junto à parede em pedra calcária, a bancada abriga pia, cooktop e outros eletrodomésticos embutidos | O projeto assinado pela arquiteta Vanessa Martins está exposto na Casa Cor Pará (www.casacor.com.br) até 29 de novembro de 2015 Marcus Mendonça/ Divulgação

Mais
Integrada à cozinha, a sala de jantar da Casa de Praia tem mesa laqueada e cadeiras estruturadas em madeira com encostos de couro. Sobre o conjunto, a luminária com três cúpulas tem detalhes dourados | O projeto assinado pela arquiteta Vanessa Martins está exposto na Casa Cor Pará (www.casacor.com.br) até 29 de novembro de 2015 Marcus Mendonça/ Divulgação

Mais
No apê dúplex desenvolvido por Diogo Viana, a copa e a cozinha tiram partido do contraste de tons e estilos. O rosa "antigo" das pastilhas no piso e parede sobressai ao cinza e ao preto dos eletrodomésticos e mobiliário | O projeto está exposto na Casa Cor Pernambuco (www.casacor.com.br), que fica em cartaz até 8 de dezembro de 2015, na Av. Beira Mar, 990, em Jaboatão dos Guararapes Felipe Araújo/Divulgação Max Plural

Mais
Na casa em Salvador (BA) projetada por Sidney Quintela, a sala de jantar é integrada à cozinha pelo balcão. O diferencial fica por conta do contraste do amarelo da mesa laqueada e do preto do granito São Gabriel do tampo da bancada que tem frontão trabalhado com motivos gráficos. Os equipamentos são em aço escovado e também se sobressaem ao revestimento escuro. Uma porta de correr envidraçada conduz à varanda gourmet Xico Diniz/ Divulgação

Mais
Numa varanda gourmet ou na cozinha, coloque pequenos vasos sobre prateleiras e bancadas. Note nesse exemplo dos arquitetos João Ricardo Machado e Claudiny Cavalcanti que as plantas combinam com os tons verde e amadeirado utilizados na composição | A Casa Cor Rio Grande do Norte (www.casacor.com.br) fica em cartaz até 29 de novembro de 2015 Ricardo Junqueira/ Divulgação

Mais
No projeto de reforma assinado pelo Grupo Garoa Arquitetos, a parede que separava a cozinha da sala foi eliminada, ficando à mostra a viga em concreto. A marcenaria aproveitou o canto deixado pela demolição com uma estante para livros. Repare que a mesma madeira estrutura também o frontão que encaixa a porta de correr da lavanderia (à esq.). No estar, a cadeira Paulistano, de Paulo Mendes da Rocha, é o grande destaque do apartamento em São Paulo (SP) Rafaella Netto/ Divulgação

Mais
Com a reforma idealizada pelo Grupo Garoa Arquitetos, o apartamento em São Paulo (SP) dos anos 80 ganhou uma grande área social conectada à cozinha, dividida apenas por um balcão de concreto, material que também molda no estar a prateleira e o rack para TV. A iluminação é indireta graças a luz rebatida, oras no teto pela régua, oras na parede por arandelas. Em cima da mesa de jantar, o escritório previu luz direta em uma luminária (Reka) com aparência industrial Rafaella Netto/ Divulgação

Mais
Na cozinha do apartamento reformado pelo Grupo Garoa Arquitetos, a bancada que recebe a pia e o cooktop (à dir.) foi armada e moldada em concreto. Os móveis feitos em marcenaria têm acabamentos neutros e no piso, um porcelanato que se assemelha ao cimento queimado. Ao fundo, a área de lavanderia é fechada por porta de correr em vidro Rafaella Netto/ Divulgação

Mais
Uma marcenaria bem pensada e sob medida é uma ótima saída para imóveis com metragem reduzida, onde os espaços precisam ser bem aproveitados. No apartamento desenhado por Nilton Montarroyos e Estela Pinheiro, o mesmo material da bancada da cozinha (com pia, armários, cooktop e forno) compõe o rack, unificando os móveis | O projeto está exposto na Morar Mais por Menos RJ (www.morarmais.com.br) até 2 de novembro de 2015 Denílson Machado/ MCA Estúdio/ Divulgação

Mais
A varanda do apê Affinity foi transformada em uma gostosa cozinha com uma ilha que abriga cooktop e forno e serve como mesa. Destaque para a geladeira retrô, da Gorenje, e o piso colorido formado pelos ladrilhos hidráulicos da Ornatos. O projeto de reforma é da arquiteta Marcela Madureira Ana Mello/ UOL

Mais
Na cozinha do apê Affinity, instalada na varanda, há bastante espaço e o destaque do ambiente vai para a geladeira laranja, da Gorenje. Sobre ela está o microondas e, na lateral, fica a bancada com a cuba. Na ilha central estão agrupados o cooktop, uma máquina de lavar roupas e forno. As banquetas altas servem ao espaço dedicado às refeições. O projeto de reforma é da arquiteta Marcela Madureira Ana Mello/ UOL

Mais
Acabamentos na cor branca e em madeira (freijó) definem a cozinha deste apartamento em São Paulo (SP), projetado por Ana Yoshida. Quando a porta de correr (Marcenaria Edlucas) está aberta, o cômodo se integra ao living, permitindo a interação dos moradores com as visitas Evelyn Müller/ Divulgação

Mais
Nos móveis da sala e na bancada da cozinha - Victor Sarcinelli mostra no Flat Cosmopolita, da Casa Cor ES, como empregar a madeira em diversos pontos, sem "carregar" a decoração. No projeto, as peças em madeira (freijó) foram combinadas aos acabamentos e objetos terrosos, "off-white" e dourados | A mostra (www.casacor.com.br) fica em cartaz até 10 de novembro de 2015 Felipe Araújo/ Divulgação

Mais
Não quer uma cozinha completamente fechada? Uma ideia para separá-la dos demais ambientes é usar cobogós, assim como propõe a dupla Didacio e Flávia Duailibe na Cozinha da Casa para a Casa Cor Brasília. A estrutura vazada amarela combinada às samambaias dá um ar retrô ao espaço | A mostra (www.casacor.com.br) fica em cartaz até 10 de novembro de 2015 Jomar Bragança/ Divulgação

Mais
Como todos os ambientes são integrados em um loft, a alternativa para demarcar os espaços e criar um fluxo de circulação é utilizar divisórias vazadas, como essas de metal empregadas no Someone's Loft, assinado por Flávia Amorim e Renata Melendez para a Casa Cor Brasília | A mostra (www.casacor.com.br) fica em cartaz até 10 de novembro de 2015 Jomar Bragança/ Divulgação

Mais
A bancada branca desta cozinha integrada tem eletrodomésticos embutidos e gavetas para a organização dos utensílios. Para oferecer mais espaço para o armazenamento, o escritório In House projetou um armário superior, branco também, mas com detalhes em madeira escura Divulgação

Mais
Integrada à sala, a cozinha do apartamento do arquiteto Maurício Karam tem um mix equilibrado de acabamentos: madeira escura nos armários, porcelanato no piso e concreto aparente nas paredes. Anexa a uma das bancadas, a mesa de jantar é definida por um tampo de vidro e conta com pés em formato cavalete Marcelo Magnani/ Divulgação

Mais
A arquiteta Marcy Ricciardi desenhou uma cozinha leve e descontraída para um apê compacto. Ao lado do balcão para refeições rápidas, o destaque fica é a parede pintada com tinta lousa. Acima da pia, as pastilhas dão cor ao ambiente Alessandro Guimarães/ Divulgação

Mais
Ao integrar a cozinha ao living, André Bove e Felipe Raduan conseguiram dar uma sensação de amplitude para o apartamento. O cômodo com 4,5 m² é equipado com pia, coifa e bancada para refeições rápidas. A paleta de cores neutras, associada ao vermelho, unifica os espaços Alessandro Guimarães/ Divulgação

Mais
Na cozinha projetada pela arquiteta Cristiane Schiavoni, a bancada vermelha com cooktop está ligada a uma mesa de jantar com seis lugares. A integração do cômodo com o living permite fácil circulação entre os ambientes e favorece o convívio na área comum Carlos Piratininga/ Divulgação

Mais
Na cozinha do apartamento de um jovem casal, a arquiteta Daniela Savioli buscou o contraste da madeira de demolição com os acabamentos brancos. Entre as peças, destaque para o par de luminárias sobre a mesa de jantar e as cadeiras com assento e encosto de palhinha Divulgação

Mais
No apartamento em Curitiba (PR), o escritório Carla Kiss Arquitetura integrou a cozinha aos ambientes sociais para dar mais amplitude ao espaço. Para que a decoração não ficasse monótona, o projeto balanceou as cores claras com elementos dourados Gerson Lima/ Divulgação

Mais
O desejo dos proprietários deste apartamento era conseguir interação enquanto estivessem cozinhando. Para atendê-lo, Carolina Candido projetou uma ampla bancada de cocção, com pia e cadeiras que aproximam as pessoas. Os ambientes integrados têm uma unidade de cores e texturas que torna a composição fluida Márcio Souza/ Divulgação

Mais
Os móveis planejados (Todeschini) contrastam com as pastilhas de vidro da (Vidrotil), na cozinha integrada deste apartamento duplex com 170 m². Esses materiais combinados aos eletrodomésticos em aço inox resultam na atmosfera moderna. O projeto é uma criação da arquiteta Karina Korn Elisa Soveral/ Divulgação

Mais
Para aproveitar melhor a reduzida metragem da cozinha, a arquiteta Débora Dalanezi previu armários planejados com eletrodomésticos embutidos. No ambiente integrado, nichos na lateral da bancada armazenam as garrafas de vinho e persianas (ao fundo) escondem a área de serviço Mariana Orsi/ Divulgação

Mais
O primeiro andar da cobertura do Dr. Pet concentra ambientes sociais integrados e amplos. Na cozinha (à dir.), a ilha de cocção é composta por uma bancada (com cooktop e pia), que também é usada como mesa de jantar. Ao lado, a sala de estar é adaptada ao bem-estar dos cães. Um exemplo é a rampa de espuma que auxilia a cachorra Estopinha a subir no sofá Junior Lago/ UOL

Mais
Ao projetar o loft Zoku em parceria com escritório de arquitetura holandês Concrete, os empresários de Amsterdã Hans Meyer e Marc Jongerius propõem uma ideia que se distancia de um quarto de hotel tradicional. O desenho do microapê aproveita de forma inteligente os 24 m², numa disposição funcional e confortável, ideal para quem procura por estadias de longa duração, como os nômades digitais Ewout Huibers/ Divulgação Zoku/ Concrete

Mais
No loft Zoku, de 24 m², o living multifuncional é composto por uma mesa com quatro lugares e um sofá. O morador temporário pode utilizar o local como quiser: por exemplo, atender aos compromissos de trabalho, desfrutar uma refeição ou curtir uma noite de diversão e jogos. Todo mobiliário do microapê é da marca dinamarquesa Muuto Ewout Huibers/ Divulgação Zoku/ Concrete

Mais
Apesar de o loft Zoku possuir os serviços de quarto (como de um hotel), a cozinha é equipada com cooktop, pia, máquina de lavar louça, geladeira, micro-ondas e máquina de café. Esse cantinho para preparar refeições dá uma atmosfera de lar ao loft alugado Ewout Huibers/ Divulgação Zoku/ Concrete

Mais
O living com cozinha integrada (foto) tem continuidade com o pátio interno (corredor-jardim). Linear, a área ajardinada é antecedida por uma fachada de vidro e pela bancada com sete metros de extensão. A ideia dos arquitetos do escritório Procter-Rihl era dar profundidade ao espaço estreito de geometria distorcida, com paredes e forros inclinados Leonardo Finotti/ UOL

Mais
Depois de apenas 30 dias, o jovem casal de moradores recebeu um apartamento totalmente reformulado e com ambientes integrados, previstos pelo projeto de interiores desenhado pelo arquiteto Leandro Matsuda. Na sala, o balcão (Mauricio planejados) acomoda a TV e duas banquetas brancas criadas pelo designer alemão Konstantin Grcic. O móvel preto serve também para delimitar o estar e a cozinha Leandro Matsuda/ Divulgação

Mais
Na sala, o balcão (Mauricio planejados) acomoda a TV e dá lugar para as refeições rápidas. Ao fundo, a bancada de granito (Marmoraria Mogi) acopla a máquina de lavar roupas entre os armários (Mauricio planejados). Combinada a tons neutros como o branco e cinza, a cor roxa das paredes não pesa e dá um ar moderno ao projeto assinado por Leandro Matsuda Leandro Matsuda/ Divulgação

Mais
Na cozinha integrada, o balcão para refeições rápidas foi revestido com folhas de carvalho. Na área de trabalho, o frontão alto em inox protege a bancada da pia, no mesmo material. O porcelanato do piso imita cimento queimado e o cinza da composição é quebrado pela intensidade dos ladrilhos hidráulicos (Marcelo Rosenbaum, pela Brasil Imperial). O projeto dos interiores do apê Jardim Marajoara é assinado por Ana Yoshida Sidney Doll/ Divulgação

Mais
O piso de madeira e os cinzas unificam estar e cozinha no Living Gourmet, de Ana Hnszel e Marcelo Polido. Entre as peças que decoram a sala, destaque para o tapete afegão (Jasmin Tapetes), avermelhado, e a poltrona Serfa, desenhada por Zanini de Zanine. A Casa Cor Rio Grande do Sul fica em cartaz até dia 9 de agosto de 2015, na Rua Comendador Reighantz, 903, em Porto Alegre. Outras informações: www.casacor.com.br Eduardo Liotti/ Divulgação

Mais
5. Para quem tem pouco espaço - No Loft do Casal Beach, com 50 m², o designer de interiores Edson Romeiro desenhou uma cozinha funcional e integrada a uma pequena área de jantar. Acoplada à bancada, a mesa tem tampo com acabamento em laca azul brilhante. O espaço está em exposição até 12 de julho de 2015, na Casa Cor Santa Catarina em Itajaí, na Av. Osvaldo Reis, 3.385. Outras informações: www.casacor.com.br Lio Simas/ Divulgação

Mais
Para quem quer total integração - A cozinha é completamente aberta para os demais ambientes (quarto e salas de estar e jantar) no Soul Loft, dos arquitetos Carolina Lopes e Richard Gohr. No projeto, a dupla conseguiu empregar matizes diversos e manter o equilíbrio cromático. O espaço está em exposição até 12 de julho de 2015, na Casa Cor Santa Catarina em Itajaí, na Av. Osvaldo Reis, 3.385. Outras informações: www.casacor.com.br Lio Simas/ Divulgação

Mais
7. Para quem quer uma "cozinha da vovó" - A arquiteta Fabiane Folchini buscou resgatar a atmosfera aconchegante das casas de avó para compor a Cozinha de Campo. A marcenaria na cor azul, com toque retrô, combina com o piso de porcelanato que imita madeira de demolição pintada e lixada. O espaço está em exposição até 12 de julho de 2015, na Casa Cor Santa Catarina em Itajaí, na Av. Osvaldo Reis, 3.385. Outras informações: www.casacor.com.br Lio Simas/ Divulgação

Mais
8. Para quem curte inovar - No Tríade Loft, assinado pelo escritório Blanc Concept Design, a poltrona pendurada no pé-direito duplo da cozinha desconstrói a ideia da composição convencional para a mesa de jantar. Na parede, o tijolo aparente remete ao rústico, que contrasta com a mobília contemporânea. O espaço está em exposição até 12 de julho de 2015, na Casa Cor Santa Catarina em Itajaí, na Av. Osvaldo Reis, 3.385. Outras informações: www.casacor.com.br Sidney Kair/ Divulgação

Mais
10. Para quem prefere tons neutros - As cores claras e sóbrias aplicadas à cozinha integrada ao estar dão elegância ao projeto Loft da Cris, desenvolvido por Cris Passing. Na área gourmet, os pendentes em inox combinam com os equipamentos modernos. O espaço está em exposição até 12 de julho de 2015, na Casa Cor Santa Catarina em Florianópolis, na Rua José Maria da Luz, 163. Outras informações: www.casacor.com.br Sidney Kair/ Divulgação

Mais
Para quem aprecia vinhos - A arquiteta e light designer Estela Cislaghi desenhou a cozinha integrada à sala de jantar e à área da adega no projeto Sala de Jantar do Colecionador. A tonalidade grafite marca a marcenaria do espaço gourmet e o quartzo em tom claro reveste as bancadas. O espaço está em exposição até 12 de julho de 2015, na Casa Cor Santa Catarina em Florianópolis, na Rua José Maria da Luz, 163. Outras informações: www.casacor.com.br Lio Simas/ Divulgação

Mais
2. Para quem adora uma cervejinha - Pensado para um apreciador de cervejas, o Ateliê do Mestre Cervejeiro, criado pelo escritório Sarau Arquitetura, tem um bar gourmet no lugar de uma cozinha convencional. A decoração é descolada e jovem. O espaço está em exposição até 12 de julho de 2015, na Casa Cor Santa Catarina em Florianópolis, na Rua José Maria da Luz, 163. Outras informações: www.casacor.com.br Lio Simas/ Divulgação

Mais
3. Para quem busca convívio familiar - O Estar Gourmet, uma criação de Nadia Müller e Tufi Mousse, tem clima de casa no campo. Para que o "chef" possa conviver com seus familiares enquanto cozinha, a dupla desenhou um ambiente que integra a área de serviço à sala de estar. O espaço está em exposição até 12 de julho de 2015, na Casa Cor Santa Catarina em Florianópolis, na Rua José Maria da Luz, 163. Outras informações: www.casacor.com.br Lio Simas/ Divulgação

Mais
Para quem gosta de receber - O ambiente Como Queres Que Te Sirva?, do escritório Pinheiro e Serrano Fonseca Arquitetura, tem uma bancada conectada à mesa de jantar com dez lugares. A rusticidade e o aconchego dados pela marcenaria contrasta com o ar tecnológico dos eletrodomésticos. O espaço está em exposição até 12 de julho de 2015, na Casa Cor Santa Catarina em Florianópolis, na Rua José Maria da Luz, 163. Outras informações: www.casacor.com.br Lio Simas/ Divulgação

Mais
A introdução de uma nova estrutura metálica no apê em Tel Aviv permitiu que a área de convívio fosse ampliada através da integração dos espaços, antes compartimentados. O conceito arquitetônico buscava criar um contraste entre a fachada original, com arcos em estilo neoclássico, e os interiores "industriais", onde predominam os tons de cinza, com concreto aparente, vigas e pilares metálicos expostos e vidro. O projeto para a reforma em Israel é do escritório Pitsou Kedem Architects Amit Geron/ Divulgação

Mais
Com áreas de estar, jantar e cozinha, o espaço desenvolvido por Erick Figueira de Mello é composto de móveis "vintage" (Loja Teo) e peças antigas (Arnaldo Danemberg). No teto, o acabamento remete às dobraduras de papel. A Mostra Black fica em cartaz até dia 21 de junho de 2015, na Oca - pavilhão Lucas Nogueira Garcez, no Parque Ibirapuera, em São Paulo (SP Bruno Conti/ Divulgação

Mais
A cozinha integrada com estar está no bloco frontal da casa Concha e tem contato direto com a floresta. O branco da marcenaria laqueada predomina e seus equipamentos (AEG e Gaggenau) ficam todos embutidos nas bancadas. A construção tem arquitetura assinada pelo escritório ARTechnic Architects Nacasa & Partners Inc./ Divulgação

Mais
Na cozinha, o branco da marcenaria laqueada predomina e só é quebrado pelas cadeiras vermelhas. Os eletrodomésticos (AEG e Gaggenau) ficam todos embutidos nas bancadas e "somem" na ambientação. A casa Concha tem arquitetura assinada pelo escritório ARTechnic Architects, no Japão Nacasa & Partners Inc./ Divulgação

Mais
Casa Cor SP 2015 - Na cozinha gourmet com área de jantar do Refúgio na Montanha, Fabio Morozini utilizou três belos pendentes (La Lampe) de vidro soprado sobre a mesa. O conjunto marca, mas com delicadeza Katia Kuwabara/ UOL

Mais
Casa Cor SP 2015 - Os pendentes de papel arroz da Futon Company criam um efeito escultural sobre a mesa de jantar do Espaço da Família, um projeto de Francisco Calio Katia Kuwabara/ UOL

Mais
Casa Cor SP 2015 - A bancada da área gourmet é acoplada à mesa de jantar no Espaço da Família, de Francisco Calio. Ambas são estruturadas em Corian Cirrus White (Studio Vitty), padrão recém-lançado pela DuPont Katia Kuwabara/ UOL

Mais
Casa Cor SP 2015 - A área compacta da cozinha na Casa do Bosque, de David Bastos, é delimitada pelo revestimento composto de blocos de granito, material oriundo do descarte de uma pedreira Katia Kuwabara/ UOL

Mais
Na fachada interna, voltada para o arrimo de pedra com espelho d'água (à esq.), vigas curvas da cobertura se apoiam na grande calha circular, que descarrega a carga nos pilares de seção quadrada, dispostos a cada três módulos. As vigas avançam sobre o espelho d'gua formando uma pérgola e convergindo para o centro da composição (eixo do pilar do abrigo de carros, no nível superior - foto 3). A casa RP fica em Brasília (DF) e tem projeto assinado por João Filgueiras Lima, o Lelé Leonardo Finotti/ UOL

Mais
Na entrada da sala de estar do apê do ator Nico Puig, uma antiga chapeleira. Na cozinha ali ao lado, os móveis são novos e planejados. Para fazer a divisão dos ambientes, uma singela estante que apoia livros e outros objetos Reinaldo Canato/ UOL

Mais
Com 25 m², esta cozinha assinada pela arquiteta Rosa Dalledone faz parte de uma casa de fazenda com proposta rústico-contemporânea. O ambiente está integrado à sala de jantar, diferenciando-se por meio do piso e da bancada que divide os dois ambientes. Revestida de litocerâmica e com tampos superior de Corian e, de refeições, em madeira teca, a estrutura é complementada por cadeiras de fibra. À direita, o fogão a lenha, instalado ao lado do convencional, se beneficia da luz que vem da janela Carol Sábio/ Divulgação

Mais
Integrada à área social, construída em torno de um pátio interno elaborado para que a pereira (à esq.) fosse mantida, a cozinha com 10 m² foi delimitada pelo balcão de alvenaria, mesa com tampo de taco e banquetas caipiras. O projeto é de Evelin Sayar J. Vilhora/ Divulgação

Mais
[VENCEDOR] Prêmio Casa Claudia Design de Interiores 2015 - categoria "Decoração no Campo": Vania Chene. No ambiente social integrado, sofás e poltronas têm generosas dimensões e tecidos macios. A lareira e o fogão à lenha, sempre em uso, aquecem o espaço com porção central dedicada à ampla mesa de jantar Divulgação

Mais
[FINALISTA] Prêmio Casa Claudia Design de Interiores 2015 - categoria "Apartamentos": Storrer Tamburus Arquitetura. No lugar de paredes de alvenaria, divisórias formadas por ripas de madeira separam os ambientes sociais dos demais cômodos do apê. Deste ângulo da cozinha é possível visualizar o living, no ambiente, parte das prateleiras têm acabamento bem próximo ao do madeirite Divulgação

Mais
A cozinha da Casa do Zé fica integrada às salas de jantar e estar, ocupando o terceiro pavimento do monolito residencial, estruturado em concreto armado. Todos os revestimentos interiores, além dos armários são de madeira reciclada, reaproveitada das fôrmas de concretagem da fachada. No final da tarde, a janela (à esq.) traz para o interior da residência, a paisagem das vinhas do Vale Barris, banhadas pela luz do sol. A construção fica em Portugal e tem projeto do escritório Paratelier Leonardo Finotti/ UOL

Mais
Caixilharia de alumínio para grande porta de correr separa a cozinha do deck externo de madeira. Da varanda, tem-se a vista privilegiada do castelo medieval e das montanhas de Palmela, vilarejo próximo à Lisboa, em Portugal. A Casa do Zé tem arquitetura e projeto de interiores (toda a marcenaria e revestimentos) assinados pelo escritório Paratelier Leonardo Finotti/ UOL

Mais
A integração da cozinha com o living se dá por uma simples mesa de OSB (painel de tiras de madeira prensadas e orientadas) para dois lugares. A marcenaria foi executada em MDF laqueado branco e o piso em tábuas corridas originais e centenárias segue pela área molhada. Os tons claros - branco, bege, areia - predominam e ampliam a área total do imóvel, de apenas 29 m². O apê fica em Wroclaw, na Polônia, e foi reformado pelo escritório 3XA S. Zajaczkowski/ Divulgação

Mais
Vedações envidraçadas são suportadas por caixilhos metálicos (alumínio) pintados de preto, para que não fiquem tão evidentes à noite. A mesa de jantar é acompanhada por bancos e está posta entre a cozinha americana (ao fundo) e a sala de estar. O piso até a bancada é de madeira de demolição (em segundo plano) e, na área de trabalho da cozinha, as superfícies são de cimento queimado. O projeto de arquitetura é assinado por André Becker Leonardo Finotti/ UOL

Mais
Concreto aparente e madeira se misturam e dão harmonia à cozinha americana do apê Barão do Tietê, reformado pelos arquitetos Marcelo Barbosa e Ana Mello. Na área molhada, destaque para o ladrilho hidráulico desenhado por Flávio de Carvalho e executado pela Ladrilhar Ana Mello/ UOL

Mais
Na sintonia com o tecnocimento, o teto da cozinha teve o forro removido, o que deixou aparente a laje nervurada em concreto. As paredes ganharam prateleiras altas para acomodar garrafas e objetos e a mesa executada pela HDS Marcenaria em freijó possui gaveteiros práticos e espaço para o encaixe das cadeiras. O Apê Cobre Blue tem projeto de reforma assinado pelo escritório Casa 100 Arquitetura Quadra 2 Fotografia/ Divulgação

Mais
Cozinha e jantar integrados compõem um espaço generoso e harmônico em preto, cinza e amarelo. À esquerda, a mesa de 4,5 m - desenhada por Guilherme Torres (autor do projeto da LA House) - é acompanhada pela luminária de dimensão idêntica, da Wall Lamps Denilson Machado (MCA Estúdio)/ Divulgação

Mais
Uma parede inteira foi ocupada pela estante dedicada a guardar louças e cristais. À esquerda é possível observar alguns eletrodomésticos embutidos e, em primeiro plano, a bancada amarela da pia, com nichos para adornos. À direita está a ampla mesa de jantar cercada por cadeiras assinadas por Hans Wegner Denilson Machado (MCA Estúdio)/ Divulgação

Mais

Cozinhas integradas

Mais álbuns de Casa e Decoração x

ÚLTIMOS ÁLBUNS DE CASA E DECORAÇÃO

UOL Cursos Online

Todos os cursos