Prefeitura de São Paulo põe à venda R$ 480 milhões em imóveis

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), vai tentar vender 20 imóveis e terrenos municipais nas próximas semanas em troca de creches em vários locais da cidade. Essa será sua principal cartada para cumprir a promessa de zerar o déficit de vagas na rede. A prefeitura ainda está fazendo a avaliação dos imóveis, mas, segundo a Empresa Brasileira de Estudos do Patrimônio (Embraesp), a empreitada poderá render cerca de R$ 480 milhões aos cofres públicos.

O levantamento dos locais a serem vendidos foi feito pela Secretaria de Planejamento e inclui terrenos em bairros nobres e galpões de zonas industriais. Constam também imóveis já anunciados, como a Subprefeitura de Pinheiros e o quarteirão de 20 mil metros quadrados no Itaim-Bibi - que está sob análise de tombamento no Conselho de Defesa do Patrimônio do Estado (Condephaat).

Do total, dez já possuem autorização para serem vendidos desde 2003 e Kassab planeja enviar nos próximos dias dez projetos de lei à Câmara pedindo autorização para alienar os outros. O pagamento não será feito em dinheiro, mas em creches construídas nas regiões mais carentes.

O prefeito acredita que, assim, conseguirá driblar a burocracia da máquina pública e entregar as creches mais rapidamente. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

UOL Cursos Online

Todos os cursos