Rio de Janeiro quer se tornar Patrimônio Mundial da Humanidade em 2012

Rio de Janeiro, 21 mar (EFE).- A cidade do Rio de Janeiro quer ser declarada em 2012 Patrimônio Mundial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) de acordo com suas atrações paradisíacas e a harmonia que existe entre o homem e seus encantamentos naturais, informaram nesta segunda-feira fontes oficiais.

O Rio optará pela categoria de Paisagem Cultural depois que o Centro de Patrimônio Mundial, órgão encarregado de tomar a decisão, incluísse em sua agenda do próximo ano a candidatura da cidade brasileira.

O relatório já foi entregue à Unesco e será analisado na 36ª sessão do Centro do Patrimônio Nacional Mundial em 2012, detalhou nesta segunda-feira o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Para alcançar o título, a Unesco avalia a importância que existe entre as características intrínsecas e paradisíacas da cidade e a relação com seus habitantes.

A proposta do Rio de Janeiro para conseguir o título, elaborada pelo Iphan, reúne os principais atrativos da cidade como o Pão de Açúcar e o Corcovado, a praia de Copacabana, a Floresta da Tijuca e o Jardim Botânico.

O dossiê da candidatura também destaca o crescimento da cidade "entre o mar e a montanha" e a contribuição do Rio de Janeiro para o panorama da cultura internacional através do samba, da bossa nova e do Carnaval.

O conceito de paisagem cultural, adotado pela Unesco em 1992, costuma ser reconhecido em áreas rurais, em sistemas agrícolas tradicionais, em jardins históricos e em outros lugares simbólicos e religiosos.

"O reconhecimento do Rio de Janeiro culminará uma nova visão sobre seus bens culturais na medida em que será a primeira paisagem cultural urbana a ser declarada como Patrimônio Mundial", ressalta a candidatura carioca.

Há uma década, Rio de Janeiro se candidatou ao Patrimônio da Humanidade na categoria de Patrimônio Misto, Natural e Cultural.

A Unesco, no entanto, rejeitou a proposta e pediu à cidade para se apresentar na modalidade de Paisagem Cultural, reconhecimento que espera alcançar no ano que vem.

No caso de conquistar a declaração, Rio de Janeiro seria a quarta cidade brasileira a levar o título depois de Ouro Preto, Olinda e Brasília.

UOL Cursos Online

Todos os cursos