Cripta da Sagrada Família é muito danificada por incêndio

  • AFP

    Sagrada Família, em Barcelona, sofre incêndio em seu interior (19/04/2011)

    Sagrada Família, em Barcelona, sofre incêndio em seu interior (19/04/2011)

Barcelona - A cripta da nave central da Sagrada Família de Barcelona ficou muito danificada pelo incêndio que ocorreu nesta terça-feira no templo, aparentemente provocado por um homem de 55 anos, informaram fontes do patronato.

O incêndio queimou totalmente a sacristia e a grande quantidade de fumaça gerada deixou a cripta enegrecida, relatou a chefe de guarda dos Bombeiros de Barcelona, Miguel Ángel Fuentes. Segundo informações preliminares, o fogo não afetou os vitrais de Antoni Gaudí.

Conforme os bombeiros, a sacristia - de 40 metros quadrados - foi totalmente danificada pelo incêndio, assim como o mobiliário e as roupas dos sacerdotes.

A cripta, recentemente reformada, ficou preta de fumaça, que também entrou, embora em menor quantidade, na nave central do templo, explicou o responsável dos bombeiros de Barcelona, que trabalham no local, onde instalaram ventiladores para extrair a fumaça por uma janela quebrada.

O presidente do patronato, Joan Rigol, informou que o incêndio ocorreu por volta das 10h45 no horário local (5h45 de Brasília) no interior da cripta, concretamente na sacristia.

Nesse local, havia sete ou oito turistas que presenciaram como um homem, que, pelas primeiras investigações poderia ser um indigente com problemas mentais, queimava as vestimentas dos sacerdotes guardadas ali, e o retiveram para evitar que fugisse, disse.

Rigol acrescentou que o fogo causou muita fumaça e quatro trabalhadores ficaram levemente intoxicados.

Com o suposto autor do incêndio, que Rigol classificou como "perturbado" porque após sua detenção falou "frases desconexas", foram encontrados vários isqueiros em seus bolsos que podem ter sido utilizados para atear fogo.

O presidente do patronato adiantou que será necessário fazer um planejamento das medidas de segurança no templo que é Patrimônio da Humanidade.

No momento do incêndio, 1,5 mil pessoas estavam no interior e todas foram retiradas de forma ordenada.

Durante a Semana Santa, a Sagrada Família recebe em média 12 mil visitantes ao dia. O templo da Sagrada Família é uma obra póstuma do arquiteto espanhol Antoni Gaudí, cujas torres inconclusas se elevam em direção ao céu de Barcelona.

Sem ver concluída sua obra, à qual dedicou os últimos 15 anos de sua vida, Gaudí, máximo representante do modernismo arquitetônico espanhol, morreu em 1926.

Em novembro, durante sua visita à Espanha, o papa Bento XVI consagrou o templo modernista da Sagrada Família, que adquiriu a categoria de basílica menor.

UOL Cursos Online

Todos os cursos