"BBC" põe sua emblemática sede central de Londres à venda

Londres, 13 jun (EFE).- A emissora pública britânica "BBC" anunciou nesta segunda-feira que colocou à venda o emblemático Television Centre, a sede que ocupa desde 1960 no oeste de Londres.

A direção da emissora informou que a venda busca "maximizar o valor" da corporação.

Atualmente, cerca de 5 mil pessoas trabalham no Television Centre, que a emissora desocupará em 2015.

Um porta-voz da emissora declarou que "a "BBC" está sondando o interesse do mercado para a modalidade de venda da propriedade".

Nos últimos 50 anos, foram elaborados em seus estúdios programas que marcaram a história da televisão como "Fawlty Towers", "Monty Python's Flying Circus", "Doctor Who" e "Strictly Come Dancing".

O anúncio da venda se produz em meio à aplicação de cortes econômicos e de funcionários na "BBC" por causa do duro ajuste orçamentário aprovado no ano passado pelo Governo britânico.

O presidente da corporação, Chris Patten, disse que esses cortes poderiam supor nos próximos anos a redução das coberturas esportivas e a eliminação de algum canal digital, entre os quais mencionou o "BBC3" e o "BBC4".

Patten, último governador britânico de Hong Kong e ex-presidente do Partido Conservador, explicou que estes cortes serão necessários para "salvar" o serviço mundial da emissora pública, especialmente os serviços em árabe, somali e híndi.

O corte governamental representou uma redução de 20% das receitas da "BBC" até 2015, o que já levou em janeiro ao fechamento de seus serviços em macedônio, albanês e sérvio, do serviço em inglês para o Caribe e do serviço em português para a África.

O corte já levou à demissão de 650 pessoas, mas, segundo os meios de comunicação britânicos, podem ocorrer outras centenas nos próximos meses pela reestruturação do canal de notícias 24 horas "BBC News".

UOL Cursos Online

Todos os cursos