Custo com condomínios subiu 0,52% em São Paulo no mês de maio

SÃO PAULO – Os custos condominiais fecharam maio com uma alta de 0,52%, na comparação com abril, revela o Ipevecon (Índice Periódico de Variação de Custos Condominiais), divulgado pela Aabic (Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios). Nos últimos 12 meses, o índice registrou uma variação acumulada de 7,19%.

No quinto mês do ano, a média ponderada dos valores ficou em R$ 743, para imóveis de 1 a 4 dormitórios, em São Paulo. Na análise por tipo de apartamento, a média é de R$ 284 para 1 dormitório, R$ 434 para 2 dormitórios, R$ 798 para 3 dormitórios e R$ 1.492 para 4 dormitórios.

Na opinião do diretor de condomínio da Aabic, Omar Anauate, mesmo com o aumento do IGPM, que registrou alta de 1,19% em maio e de 4,18% na variação acumulada dos últimos 12 meses, a situação para junho deverá ser equilibrada.

"Porém algumas previsões de aumento não concretizadas neste mês podem vir a se refletir no próximo, como o dissídio dos funcionários das empresas de terceirização de mão-de-obra".

Despesas

Em relação às despesas médias de condomínios, a tendência é de equilíbrio, embora neste mês alguns grupos de gastos tenham apresentando variação. As despesas com pessoal apresentaram pequena redução de 0,56%, mesmo com o aumento de encargos sociais, que registraram aumento de 6,74%, acompanhada pelas despesas com energia elétrica, que apresentaram aumento de 4,89%

UOL Cursos Online

Todos os cursos