Pedidos de financiamento imobiliário ficam parados até fim da greve dos bancários

SÃO PAULO – A greve por tempo indeterminado deflagrada pelos bancários nesta quarta-feira (28) inclui a Caixa Econômica Federal e, por consequência, os processos de concessão de financiamento imobiliário pelo SFH estão paralisados.

Embora o pagamento das prestações de financiamento continue podendo ser feito pela rede de correspondentes bancários, da mesma forma que as contas de água, luz e tributos, por exemplo, a análise de documentação e crédito, que inevitavelmente ocorre dentro da CEF, fica suspensa até o retorno dos funcionários.

“Hoje em dia, alguns correspondentes já têm autorização para liberar crédito, inclusive o imobiliário. Mas, na prática, a Caixa não deve aprovar nenhum financiamento enquanto as agências permanecerem fechadas”, afirmou o advogado da ABMH (Associação Brasileira dos Mutuários da Habitação), Leandro Pacífico.

Atrasos

Ele lembra que a meta da Caixa, que esperava bater suas metas de concessão de empréstimos pelo SFH e reduzir o tempo, hoje estimado em 30 dias, para liberação do financiamento, dificilmente será alcançada, caso a paralisação se estenda.

Para as pessoas que já firmaram contrato e aguardavam apenas a liberação dos documentos para fechar a aquisição da casa nova, a recomendação de Pacífico é negociar.

“O ideal é falar com um advogado para ele analisar o contrato de compra e venda. A ABMH considera a greve como uma causa de força maior, no qual nenhuma das partes – nem comprador, nem vendedor - tem culpa pelo atraso”, disse o advogado. “Recomendamos que sentem e conversem, tentando negociar um novo prazo. É sempre uma saída melhor do que recorrer a ações judiciais”, finalizou.

Serviços

Em nota, a CEF declara que o pagamento de contas, tributos, boletos, prestações, contribuição ao INSS, FGTS e Sindical pode ser feito em casas lotéricas, bem como saques de conta-corrente ou poupança, de programas sociais (Bolsa Família), seguro-desemprego, PIS, INSS e FGTS.

Já a rede de correspondentes Caixa Aqui permitem o pagamento de contas, boletos, prestações de habitação, além de saques de conta-corrente e poupança, programas sociais, INSS, seguro-desemprego, PIS e FGTS.

Em ambos os locais, é possível consultar saldos e extratos, fazer depósitos em conta-corrente ou poupança, abertura de conta Caixa Fácil, encaminhamento de proposta de cartão de crédito, cheque especial, crédito consignado e recarga de celular pré-pago.

UOL Cursos Online

Todos os cursos