Conheça a agenda do seu condomínio com a chegada do fim do ano

SÃO PAULO - Com a aproximação do fim do ano, além da decoração de Natal, o seu condomínio deve cumprir uma agenda cheia para manter as obrigações e a manutenção em dia. Para ficar atento e não ser surpreendido com multas futuramente, vale fazer uma lista para questionar o síndico na próxima reunião.

De acordo a Lello, empresa especializada em administração condominial, a partir de outubro, síndicos e/ou administradoras devem reunir documentos para a entrega de declarações obrigatórias e, assim, cumprirem os prazos estabelecidos e permanecerem dentro da lei.

Tudo quitado, os comprovantes deverão ser mantidos na pasta de prestação de contas do condomínio, podendo ser consultados durante assembleias pelos condôminos, segundo informa a gerente de Marketing da Lello Condomínios, Angélica Arbex.

O que verificar?

Dentre as obrigações do condomínio que entram em pauta nesta época do ano, está a aplicação do dissídio dos funcionários; pagamento do décimo-terceiro salário e encargos; e reunião dos documentos e guias necessários para a entrega da Dirf (Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte) e da Rais (Relação Anual de Informações Sociais).

Além disso, é importante que o síndico prepare a assembleia que irá aprovar o orçamento do próximo exercício, bem como planeje a emissão da conta condominial de janeiro para que os condôminos não sejam surpreendidos e, consequentemente, comprometa-se o caixa do condomínio.

“Uma das recomendações que usualmente fazemos é para que o síndico submeta à aprovação da assembleia o provisionamento das despesas extras de final de ano ao longo de 12 meses. Desta forma, evita-se que o valor da conta condominial paga mensalmente pelos moradores possa sofrer aumentos de até 15% no último trimestre do ano em razões de obrigações sazonais”, diz Angélica.

Segurança

Outro elemento que deve ser questionado na reunião condominial diz respeito à agenda de manutenção do condomínio.

Segundo a especialista, alguns itens devem ser inspecionados periodicamente, caso contrário, eles podem comprometer a segurança do condomínio ou mesmo gerar multa, na hipótese de uma fiscalização. Abaixo, os mais importantes:

  • Elevador;
  • Caixa de água;
  • Pára-raio;
  • Extintor;
  • Mangueiras;
  • Seguros.

UOL Cursos Online

Todos os cursos