Crédito habitacional com FGTS e poupança cresce 40,2% no ano

SÃO PAULO – O uso do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e da poupança para a compra da casa própria cresceu 40,2% neste ano.

De acordo com dados da Nota de Política Monetária e Operações de Crédito, do Banco Central, divulgada nesta segunda-feira (29), o montante chegou a R$ 122,45 bilhões.

Somente em outubro, houve uma elevação de 2,9%, enquanto que, em 12 meses, o aumento do uso destes recursos para crédito habitacional subiu 51,1%.

Os cálculos levam em conta o financiamento direcionado às pessoas físicas e às cooperativas habitacionais.

Crédito

No total, as operações de crédito do sistema financeiro para habitação somaram R$ 129,12 bilhões em outubro, com alta de 40,6% no ano.

As instituições públicas representaram a maior participação, com 75,3% do total, ao emprestar R$ 97,34 bilhões em outubro. No ano, o crédito habitacional destes bancos subiu 42,4%

Na sequência, estão os bancos privados, com representatividade de 14,3%. Em outubro, eles emprestaram R$ 18,59 bilhões, alta de 41% no ano.

Por último, estão as instituições estrangeiras, que emprestaram R$ 13,18 bilhões ao crédito habitacional em outubro, alta de 28% no ano e representatividade de 10,20%.

UOL Cursos Online

Todos os cursos