Confiança do consumidor de imóvel cresce 7,9% em um ano, mostra pesquisa

SÃO PAULO – Os brasileiros estão mais otimistas para comprar imóveis. Em fevereiro, o ICCI (Índice de Confiança do Comprador de Imóvel), teve alta de 7,9% na comparação com o mesmo mês do ano passado, atingindo 137,4 pontos.

Em relação a janeiro, houve acréscimo de 1,9%. Calculado pela imobiliária Lopes, o índice tenta antecipar as tendências de compra de imóveis e a percepção que os potenciais consumidores têm da economia brasileira e da família. Ele varia em uma escala de 0 a 200 pontos, sendo que resultados acima de 100 pontos indicam otimismo.

A maior alta na confiança foi registrada no segmento de produtos de nível econômico, que subiu 11,1% na comparação anual. O segmento de imóveis de alto padrão  teve alta de 7,5%, enquanto o de padrão médio avançou 4,9%, no mesmo período.

No confronto mensal, as variações são de 7,1% para segmento econômico, de -0,1% para o médio e de -1,1% para o alto.

Futuro
O Índice de Expectativa aumentou 3% entre fevereiro de 2010 e 2011, para 142,9 pontos. Frente a janeiro deste ano, a confiança no futuro também aumentou (4%).

As maiores altas registradas no índice de Expectativas estão no segmento econômico, 10,8% no confronto anual e de 5,1% no mensal. “Esta significativa demanda deverá continuar, pois 56% dos entrevistados afirmam que suas intenções de compra de imóvel serão maiores e 39% iguais, nos próximos seis meses”, diz a gerente da Lopes Inteligência de Mercado, Cristiane Crisci.

A única queda apurada no índice de expectativas, no confronto mensal, é no segmento de alto padrão (-1,9%).

Compra atual
Para compor o índice, são  feitas perguntas sobre as situações atuais e dos próximos seis meses sobre a economia brasileira, situação financeira da família e intenção de compra de imóvel. Foram entrevistadas 562 moradores da região metropolitana de São Paulo.

Segundo o levantamento, a intenção de compra atual é alta ou média para 95% dos entrevistados. No que diz respeito ao ISA (Índice da Situação Atual), sobre janeiro, ele apresentou alta de 13,7%, atingindo 131,9 pontos.

UOL Cursos Online

Todos os cursos