Em quatro anos, condomínio fica 30% mais caro para paulistanos

SÃO PAULO - O valor de condomínios residenciais da cidade de São Paulo subiu 29,8% desde 2008, de acordo com dados da Lello Condomínios.

De acordo com o estudo, a média mensal dos condomínios clássicos - uma torre, 54 a 64 apartamentos, dois elevadores e seis funcionários - era de R$ 439,50 em abril deste ano, enquanto no mesmo mês de 2008, o valor era de R$ 338,75.

Em 2009, os paulistanos pagavam em média R$ 376. Em 2010, esse valor aumentou para R$ 400,75.

De acordo com a gerente da Lello Condomínios, Angélica Arbex, os aumentos são reflexo dos aumentos de salários dos funcionários e dos reajustes de água, energia elétrica e gás.

Regiões
Ainda segundo o levantamento, quando se trata das regiões da capital paulista, a Zona Norte foi a que apresentou o maior aumento, de 37,3%. O valor médio dos condomínios passaram de R$ 252, em 2008, para R$ 346 este ano.

O menor aumento foi registrado na Zona Leste de São Paulo, de 19,9%. Na região, os condomínios passaram de R$ 346 para R$ 415. Na tabela abaixo é possível observar os aumentos em quatro regiões de São Paulo, desde 2008:
 

Região 2008 2009 2010 2011
Zona Norte R$ 252 R$ 279 R$ 322 R$ 346
Zona Oeste R$ 309 R$ 340 R$ 361 R$ 415
Zona Leste R$ 346 R$ 357 R$ 364 R$ 415
Zona Sul R$ 446 R$ 528 R$ 556 R$ 580
Fonte: Lello Condomínios

UOL Cursos Online

Todos os cursos