Custo da construção civil sobe 3,33% em maio, aponta SindusCon-SP

SÃO PAULO - Os preços da construção civil paulista subiram 3,33% em maio, segundo dados divulgados nesta terça-feira (1) pelo SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo).

A variação positiva no mês é resultado do aumento de 5,78% no custo das construtoras com mão-de obra e de 0,19% com materiais de construção, em comparação com abril deste ano.

O CUB (Custo Unitário Básico) reflete a variação mensal das despesas do setor para utilização nos reajustes dos contratos da construção civil.

Nos primeiros cinco meses, o CUB acumulou alta de 4,11%. Considerando os últimos 12 meses terminados em abril, os custos registraram aumento de 6,52%.

Valor por metro quadrado
No mês passado, o custo da construção civil paulista (R8-N) foi de R$ 939,37 por metro quadrado, sendo R$ 509,50 (54,24%) referentes à mão de obra e R$ 403,85 (42,99%) aos materiais. As despesas administrativas responderam por apenas R$ 26,02 (2,77%).

Em relação a abril, o CUB relativo ao material permaneceu praticamente estável, atingindo 123,58 pontos no quinto mês do ano. Os custos relativos à mão de obra registraram 145,64 pontos, alta de 7,96 pontos percentuais, enquanto os custos de despesas administrativas ficaram em 141,11 pontos (+9,95 pontos percentuais).

Alta dos preços
Entre os 41 itens de materiais de construção analisados, 11 registraram em maio aumento de preço acima do IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado), que foi de 0,43%.

Entre os materiais, os destaques são Tubo PVC-R rígido para esgoto (+1,76%), Tubo de PVC rígido rosca água (+1,70), cerâmica esmaltada 20x 20 cm PEI III (+1,60%) e placa cerâmica (azulejo) 15x15 1ª linha PEI II (+1,54%).

Em contrapartida, 10 materiais apresentaram queda em maio. As maiores baixas foram apresentadas por prego 18x27 com cabeça (-2,16%), tábua de madeira de 3ª p/constr. (-0,80%) e fio cobre ant-chama isol. 750 V (-0,52%).

UOL Cursos Online

Todos os cursos