Quase 10 milhões de famílias pretendem comprar um imóvel

SÃO PAULO - No primeiro trimestre de 2009, 4,4 milhões de famílias pretendiam comprar um imóvel ou um terreno no curto prazo. Após dois anos, esse número mais do que dobrou, chegando a 9,9 milhões entre janeiro e março deste ano.

Segundo dados do Data Popular, divulgados na terça-feira (5) pelo Secovi-SP (Sindicato da Habitação), desses 9,9 milhões, 47% são da nova classe média, o que corresponde a 4,7 milhões de famílias.

Já 35% das famílias (3,5 milhões) que pretendem comprar um imóvel em 12 meses são de baixa renda, enquanto a menor parcela, de 17%, são da alta renda, representando 1,7 milhão de famílias.

Reforma
O número de famílias que pretendem reformar um imóvel é mais que o dobro que aquelas que pretem comprar um. Ainda segundo o levantamento, cerca de 22,6 milhões de famílias desejam reformar o imóvel.

Na classe C, esse número é maior, chegando a 10,9 milhões de famílias. Em seguida, vêm as classes D e E, com 8,7 milhões, e a A, com 3 milhões de famílias que têm a intenção de fazer algum reparo na casa.

UOL Cursos Online

Todos os cursos