Custo da construção civil tem variação de 3,82% no primeiro semestre

SÃO PAULO – O INCC (Índice Nacional da Construção Civil), calculado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em parceria com a CEF (Caixa Econômica Federal), ficou em 3,82% entre janeiro e junho, queda de 0,51 ponto percentual sobre o resultado do primeiro semestre do ano passado (4,33%).

No mês de junho, o índice apresentou variação de 0,6%, em relação a maio, e recuou 0,06 ponto percentual em relação a junho de 2010. Já nos últimos 12 meses, a taxa de variação foi de 6,82%, abaixo dos 6,88% registrados nos doze meses anteriores.

Custos dos materiais registram desaceleração
De acordo com informações divulgadas nesta quinta-feira (7), o custo nacional por metro quadrado chegou a R$ 795,64 no mês de junho, dos quais R$ 440,81 se referem aos materiais de construção e R$ 354,83 à mão de obra.

Os custos dos materiais apresentaram variação de 0,17% no mês passado, avançando 0,1 ponto percentual em relação ao mês anterior (0,07%). O índice referente à mão de obra passou de 3,37%, em maio, para 1,14%, verificado em junho.

No ano, os materiais subiram 1,36% e a mão-de-obra 7,04%. Os acumulados em doze meses foram: 4,15% (materiais) e 10,36% (mão-de-obra).

Centro-Oeste teve a maior variação mensal
A Região Centro-Oeste, com alta de 5,92%, ficou com a maior taxa regional no primeiro semestre.

No mês de junho o Centro-Oeste também registrou a maior taxa, de 1,73%, tendo sido pressionada sobretudo pelo reajuste salarial no Mato Grosso. Os demais resultados foram: 0,19% (Norte), 0,30% (Sudeste), 0,48% (Nordeste) e 1,31% (Sul).

UOL Cursos Online

Todos os cursos