Paulistas preferem financiar imóveis com a Caixa Econômica

SÃO PAULO – A Caixa Econômica Federal tem liderado as opções de financiamento imobiliário no estado de São Paulo, se comparada a outros bancos. Apesar de ter uma participação bem distribuída na capital paulista, com 25,53%, contra 29,36% dos outros bancos, a instituição lidera no interior de São Paulo, nas cidades do ABCD paulista, Guarulhos e Osasco, além do litoral.

Segundo o presidente do Creci-SP, José Augusto Viana Neto, a Caixa é responsável por quase 80% dos financiamentos de todo o estado de São Paulo. Para ele, a preferência se dá pela rapidez nos processos da instituição. “A Caixa é mais dinâmica no processo de análise de crédito, além de já ter uma estrutura pronta para esse tipo de atendimento”, completa.

Embora a CEF tenha grande representatividade em todo o estado, segundo o presidente da Amspa (Associação dos Mutuários de São Paulo), Marco Aurélio Luz, quase 80% das reclamações dos mutuários são relacionadas ao banco.

Apesar disso, ambos concordam que a Caixa possui uma preparação especializada nos financiamentos.

O que faz também com que a Caixa tenha preferência, de acordo com Viana Neto, é o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). "Ele se tornou um diferencial da Caixa. Além disso, ela hoje é uma referência, somente os clientes de outros bancos acabam buscando as instituições privadas”, explica.

Para Luz, a CEF é detentora da maior parte dos contratos, pois “investe mais em propaganda, tem taxas de juros mais atrativas e também tem ao lado o Programa Minha Casa, Minha Vida, que atrai muitos mutuários”.

Levantamento
Os dados da pesquisa estadual do Creci-SP (Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo), referentes maio, mostram que, apenas na capital, a Caixa perde em número de financiamentos.

De acordo com a pesquisa, no interior de São Paulo, enquanto os outros bancos têm participação de 8,41%, a Caixa é responsável por 44,24% dos financiamentos.

Nas cidades do ABCD paulista (Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Diadema), Guarulhos e Osasco, a realidade não é diferente: a Caixa lidera com 55,38%, enquanto os outros bancos detêm 16,13% dos financiamentos.

No litoral paulista, o cenário se repete, sendo que a Caixa representa 33,16% dos financiamentos e os outros bancos, apenas 5,18%.
De acordo com o presidente da Amspa, “a Caixa tem mais recursos para financiamento da casa própria. Já os outros bancos são mais abertos a outros sistemas”.

Outro incentivo da instituição é voltado aos profissionais, como corretores de imóveis e imobiliárias. De acordo com Viana Neto, do Creci-SP, “a Caixa dá atenção especial aos corretores e imobiliárias, ela dá todo suporte para que o profissional finalize a compra”.

UOL Cursos Online

Todos os cursos