Aneel reajusta tarifa de energia de consumidores de cinco estados

SÃO PAULO – A conta de luz ficará mais cara para mais de 4,678 milhões de consumidores dos estados da Paraíba, Paraná, Alagoas, Maranhão e Piauí. A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou nesta terça-feira (23) o aumento no valor da tarifa da Energisa Paraíba, Forcel (Força e Luz Coronel Vivida Ltda), Ceal (Companhia Energética Alagoas), Cemar (Companhia Energética do Maranhão) e da Cepisa (Companhia Energética do Piauí).

Os percentuais aprovados refletem a variação do IGP-M, índice previsto no contrato de concessão para medir a inflação no período, o aumento do custo de encargos no setor elétrico e os gastos que as distribuidoras tiveram com compra de energia.

Segundo a Aneel, para calcular os índices, também é considerada a variação de custos que a empresa teve no decorrer do período de referência, sendo que no cálculo são incluídos custos gerenciáveis e custos de energia comprada de geradoras, encargos de transmissão e encargos setoriais.

Tarifas
Quanto ao Paraná, a nova tarifa entra em vigor no próximo dia 26, enquanto na Paraíba, em Alagoas, Maranhão e Piauí o reajuste passa a valer em 28 de agosto. A tabela abaixo mostra quais foram os índices para cada classe de consumo:

Empresa Reajuste
(Baixa tensão*) 
Reajuste médio
(Alta tensão**) 
Número total de
consumidores 
Área atendida
Energisa Paraíba 8,06% 6,43% 1,1 milhão 216 municípios da Paraíba
Forcel 7,43% 6,84% 6,3 mil Coronel Vivida (PR)
Ceal 1,93% -0,43% 898.014 102 municípios de Alagoas
Cemar 7,53% 6,05% 1,7 milhão 217 municípios do Maranhão
Cepisa 12,82% 10,08% 974.284 Piauí
Fonte: Aneel
* Residências / ** Indústria 

Sem mudanças
A Aneel também decidiu manter as tarifas da Elektro (Elektro Eletricidade e Serviços) até a publicação da metodologia definitiva do terceiro ciclo de revisões tarifárias. São atendidos pela concessionária 1,95 milhão de consumidores de 223 municípios de São Paulo e cinco do Mato Grosso do Sul.

UOL Cursos Online

Todos os cursos