Imóveis alugados representam 18% do total de domicílios ocupados no País

SÃO PAULO – O número de imóveis alugados no Brasil representa 18% do total do total de domicílios ocupados no País. Entre 2000 e 2010, o número de locação de imóveis cresceu 5% na média anual.

De acordo com pesquisa divulgada pelo Ibope Inteligência nesta quinta-feira (1), dentre as cidades com maior percentual de imóveis alugados em relação aos ocupados, estão Lucas do Rio Verde, em Mato Grosso, com 45% dos imóveis alugados, seguido por Nova Mutum, também no Mato Grosso, com 42%, e Engenheiro Coelho, em São Paulo, com 40% de imóveis alugados, dentre os ocupados.

Considerando por região, a maior porcentagem de imóveis alugados ficou no Centro-Oeste, com 23,6%, e no Sudeste com 20,2%, seguidos pelo Sul, com 17%. As regiões Nordeste e Norte, por sua vez, registraram taxas de 15,4% e 14,5% de imóveis alugados sobre o total de domicílios ocupados.

Crescimento
De acordo com a pesquisa, o País deve ganhar 1,5 milhão de domicílios neste ano, que irão se somar às mais 67 milhões de unidades residenciais que existiam até dezembro de 2010.

As regiões que mais apresentaram crescimento médio anual foram o Norte, com 3,24%, seguido pelo Centro-Oeste, com 2,9%. Logo atrás, estão Nordeste e Sul, com 2,5% e 2% de crescimento anual, respectivamente. A região Sudeste foi a que menor apresentou crescimento de 1,8%.

Mesmo com o crescimento de 24% no total de imóveis na última década, o número de unidades vagas permanceu quase estável: em 2000 eram 6,03 milhões, enquanto em 2010 o número chegou a 6,10 milhões, o que representa um aumento de 0,11%.

A taxa de crescimento do número de apartamentos é superior ao de casas em todas as regiões do País. Apesar disso, as casas ainda representam 89% do total de unidades habitacionais ocupadas.

UOL Cursos Online

Todos os cursos