Minha Casa, Minha Vida vai entregar mais de 120 mil moradias até o final deste ano

São Paulo – Mais de 120 mil moradias em todo o Brasil serão entregues até o final deste ano pelo Programa MCMV (Mica Casa Minha Vida). Segundo a Agência Brasil, nos próximos quatro anos serão 2 milhões de novas residências destinadas à população de baixa renda.

A secretária nacional de Habitação, Inês Magalhães, afirmou que para suprir a demanda brasileira por habitação nos próximos 20 anos o Brasil precisará construir 23 milhões de novas residências.

Orçamento do programa
A secretária ainda negou, ao participar do programa Brasileiras, produzido pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República em parceria com a EBC Serviços, que haverá cortes no orçamento do programa. De acordo com suas previsões, os gastos vão ser da ordem de R$ 105 bilhões.

Inês explicou que as mulheres chefes de famílias poderão ser responsáveis pelo financiamento da moradia, realizado através da Caixa Econômica Federal. Elas ainda não vão precisar comprovar sua situação civil e vão receber a titulação do imóvel ao término da construção.

Inês também pontuou que o programa está se preocupando em reforçar a rede de proteção social para as famílias que são alvo do MCMV. Além disso, está utilizando o Cadastro Único dos Programas Sociais para cruzar informações e evitar distorções.

O mercado de trabalho para o sexo feminino também parece estar abrindo oportunidades. Inês destacou que o programa está gerando empregos para as mulheres na construção civil. Além disso, elas podem contar com cursos proporcionados pela Cbic (Câmara Brasileira da Construção Civil).

UOL Cursos Online

Todos os cursos