Vendas de imóveis usados sobem 13,53% em julho no estado de São Paulo

São Paulo - A venda de imóveis usados no estado de São Paulo subiu 13,53% na passagem de junho para julho deste ano, de acordo com pesquisa divulgada pelo Creci-SP (Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo) nesta quarta-feira (19).

Entre as imobiliárias de 37 cidades pesquisadas, foram comercializadas 928 unidades no sétimo mês do ano, sendo 487 apartamentos e 441 casas. O índice de vendas evoluiu de 0,5531 em junho para 0,6279 em julho.

Das quatro regiões analisadas pelo Creci-SP, o destaque ficou com a capital, que mostrou crescimento de 85,76% frente a junho, e o interior, que mostrou alta de 17,92%. Por outro lado, houve queda de vendas no litoral, de 15,05%, e nas cidades do ABCD paulista (Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Diadema), Guarulhos e Osasco, de 50,86%.

Preços

Na capital, os imóveis mais vendidos foram os de valor médio superior a R$ 200 mil, com participação de 76,28% do total. No caso do litoral, o preço médio predominante foi de até R$ 160 mil, com 57,78% do total. Esse também foi o preço médio que dominou nas cidades do ABCD paulista, Guarulhos e Osasco e no interior.

Os financiamentos responderam por 45,8% das vendas em julho na capital, 57,42% no interior, 59,35% nas cidades do ABCD paulista, Guarulhos e Osasco e por 46,11% no litoral.

UOL Cursos Online

Todos os cursos