Revenda de casas nos EUA diminui 0,6% em fevereiro

Juliana Cardoso

SÃO PAULO - A revenda de casas nos Estados Unidos caiu 0,6% em fevereiro, para uma taxa anual ajustada sazonalmente de 5,02 milhões de unidades. Um mês antes, a leitura obtida era de 5,05 milhões de moradias.

Perante fevereiro de 2009, contudo, conforme levantamento da Associação Nacional de Corretores de Imóveis dos EUA (NAR, na sigla em inglês), o indicador teve alta, de 7%.

O economista-chefe da entidade, Lawrence Yun, explicou que as tempestades de neve nos Estados Unidos em fevereiro podem ter mascarando a demanda. "Alguns fechamentos (de contratos) foram simplesmente adiados por causa das nevascas", disse.

"Embora as vendas tenham subido em relação aos níveis de um ano antes por oito meses consecutivos e os preços das casas estarem mais estáveis na comparação com os últimos anos, a recuperação do setor imobiliário é frágil no momento", ressaltou.

Os estoques de moradias no fim de fevereiro tiveram ampliação de 9,5%, para 3,59 milhões de casas antigas disponíveis à venda, o que representa oferta de 8,6 meses no nível atual de vendas.

UOL Cursos Online

Todos os cursos