Concessão de financiamento imobiliário aumenta em junho no Reino Unido

SÃO PAULO - A concessão bruta de financiamento imobiliário somou estimados 12,6 bilhões de libras (US$ 20,3 bilhões) em junho no Reino Unido, o que representa um aumento de 16,6% em comparação com o montante de 10,8 bilhões de libras de maio. Frente a junho do ano passado, no entanto, quando o financiamento atingiu 13,0 bilhões de libras, houve queda de 3%.


De acordo com o Conselho de Credores de Financiamento Imobiliário (CML, na sigla em inglês), o total de junho deste ano foi o maior desde a marca de 13,3 bilhões de libras de julho do ano passado.


No segundo trimestre deste ano, a concessão de financiamento imobiliário somou 33,5 bilhões de libras, 11% a mais do que nos três primeiros meses do ano, mas 3% a menos do que no segundo trimestre do ano passado. No primeiro semestre, o total foi de 63,7 bilhões de libras, levemente abaixo dos 64,1 bilhões de libras do primeiro semestre de 2010.


"A economia britânica continua experimentando um crescimento econômico decepcionante, fortes pressões sobre os preços ao consumidor, queda da renda disponível e incertezas no meracdo de trabalho", disse o economista-chefe da CML, Bob Pannell. "Esse cenário pesa negativamente sobre as decisões de compra de imóveis. Em contraste, a atividade do lado dos locatários parece ter se acelerado recentemente, em meio a evidências de forte demanda por aluguéis", acrescentou.


(Marcílio Souza | Valor)

UOL Cursos Online

Todos os cursos