Center Norte toma medidas "legais e administrativas" contra fechamento

SÃO PAULO - Em comunicado enviado no início da noite desta terça-feira, a direção do Shopping Center Norte, na zona norte da cidade de São Paulo, afirma que está tomando "medidas legais e administrativas" contra a decisão da prefeitura de fechar o estabelecimento, anunciada hoje.

O Valor entrou em contato com o Center Norte para saber quais medidas seriam essas, mas não obteve retorno.

A Prefeitura de São Paulo informou que vai interditar o local por causa do risco de explosão oferecido pela alta concentração de gás metano naquela área. O complexo do Center Norte - que inclui o shopping Lar Center e um hipermercado Carrefour, além de um estacionamento para milhares de carros - foi construído em 1984 sobre um lixão. A decomposição do lixo emitiu gases, e a alta concentração no local pode provocar uma explosão, segundo laudo da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb).

A Cetesb exige que a direção do Center Norte instale um sistema de drenagem no local, e considera insuficientes as medidas já tomadas pela empresa. A direção do Center Norte contesta, e diz que não há risco de explosão. Há duas semanas o complexo foi incluído na lista de "Áreas Contaminas Críticas" da Cetesb.

Leia a íntegra do comunicado:
"O Shopping Center Norte mantém a normalidade de suas operações e está tomando as medidas legais e administrativas em relação à decisão que determina a suspensão de suas atividades exarada no dia de hoje (27 de setembro) pela Secretaria do Verde e do Meio Ambiente da Prefeitura de São Paulo, com base nas informações encaminhadas pela CETESB há cerca de 15 dias (15 de setembro).

O Shopping não concorda com a medida, uma vez que tem cumprindo as exigências da CETESB para resolver a questão ambiental, por meio do monitoramento diário da área e das obras para a instalação de drenos para a exaustão do gás metano existente no solo, conforme os planos e os cronogramas apresentados à CETESB em 31 de agosto de 2011 e sobre os quais até o presente momento não houve manifestação.

Além disso, as medições realizadas pelo Shopping Center Norte têm confirmado ausência de metano no interior das lojas, fato que vem sendo constatado diariamente pela CETESB.

Em inspeção realizada no início da tarde de hoje, dia 27 de setembro, a CETESB constatou a implantação de sistema de mitigação em frente à loja de nº 200 interligado ao sistema provisório de exaustão de gases. Em 23 de setembro, a mesma CETESB, vistoriando o Shopping Center, constatou a instalação de 3 (três) novos tubos responsáveis pela drenagem dos gases entre o piso do Shopping e o do piso técnico.

O gás metano identificado no Shopping Center Norte está localizado abaixo do piso do empreendimento (ou seja, na camada de terra abaixo do piso de concreto de até 70cm), onde as condições para que ocorra uma explosão são nulas.

Enfatizamos, ainda, que o gás metano não é tóxico e, portanto, não afeta a saúde das pessoas.

Em seus 27 anos de existência, o Shopping jamais registrou qualquer incidente em suas instalações relativo a questões ambientais.

O Shopping Center Norte assegura que a normalidade de suas atividades não coloca em risco a segurança e a saúde de seus lojistas, funcionários, clientes e fornecedores, razão pela qual não concorda com a decisão do órgão público.

Direção do Shopping Center Norte"
(Letícia Casado | Valor)

UOL Cursos Online

Todos os cursos