Planeje para ter um fim de ano sem estresse

ROSANA FERREIRA
Da Redação

  • Getty Images

    Fazer as compras até o dia 18 de dezembro
    evita a fase de grande movimento

Com a chegada de fim de ano, várias atividades são somadas ao já corrido dia a dia: confraternizações, amigo secreto, compras de Natal, planejamento de viagens e festas etc. As pessoas ficam estressadas só de pensar em ir ao shopping, pegar trânsito, achar uma vaga para o carro e enfrentar filas. “A sensação de que o tempo ficou mais curto é recorrente em todos, mas o que mudou foi a percepção do tempo em relação ao excesso de atividades no dia. E todas são consideradas importantes”, diz a psicóloga paulista Corinna Schabbel, doutora em gestão de conflitos. O planejamento de prioridades, portanto, é a base de tudo para deixar essa época menos estressante.

  

“O brasileiro não tem o costume de planejar, pois faz parte da nossa cultura. Mas isso pode mudar com o hábito”, analisa o coach Sulivan França, presidente da Sociedade Latino Americana de Coaching (SLAC). Coach é o profissional que aplica o coaching, atividade especializada em ajudar as pessoas a atingir seus objetivos por meio de um trabalho que envolve reflexão sobre a vida e que pode ser utilizada na vida pessoa e profissional.

 

A primeira atitude é decidir realmente o que é prioridade, importante e urgente. Corinna explica que prioridade é algo que tem prazo definido para ser feito e, se falhar, compromete uma situação, um resultado ou um processo. Para saber o que é importante pense na seguinte situação: você tem dois trabalhos a serem entregues, um para seu chefe e outro para um amigo. Qual você entrega primeiro? “Pense em resolver primeiramente o que pode lhe trazer problemas mais sérios”, recomenda a psicóloga. A urgência fala por si mesmo: é uma ameaça iminente e deve ser resolvida na hora.

 

Com esses parâmetros em mente, Sulivan sugere colocar no papel tudo que precisa ser feito neste fim de ano. Uma dica do coach é fazer todas as compras de Natal até o dia 18 de dezembro. “Após essa data há uma sobrecarga de movimento por conta de quem deixa tudo para a última hora”, diz ele.

 

 


 

UOL Cursos Online

Todos os cursos