Brinquedinhos eróticos prometem prazer com discrição

RENATA RODE
Colaboração para o UOL

Quem diria que por trás de um batom, por exemplo, esconde-se um vibrador? E um inocente patinho de banheira pode parecer muito mais ousado quando você presta um pouco mais de atenção ao mimo. Sim! Um arsenal de produtos desse tipo pode levá-la à loucura. E cada vez mais a mulherada investe em brinquedinhos em busca da satisfação.

 

Para a empresária Márcia Goldzs, é normal que algumas pessoas sintam um pouco de vergonha. Aliás, essa foi sua motivação para montar um site de sex shop exclusivo para mulheres. “Eu sou socióloga e durante uma consulta com minha ginecologista, ela ressaltou a importância de se ter uma vida sexual ativa para manter a região genital irrigada e saudável. Foi então que eu quis recorrer aos brinquedos, mas tive certa timidez de entrar em uma loja qualquer”, lembra. Assim nasceu o site www.jardimdeva.com, que existe há quatro anos e, além de produtos, traz dicas e orientações às internautas.

 

Um pouco mais ousado, só que pioneiro no ramo porque está no ar desde 1999, é o site www.sextoy.com.br, que posui um grande acervo, com roupas, brinquedos, fantasias, equipamentos e matérias sobre sexo, com atendimento em diversos Estados do Brasil e embalagens discretas. A loja virtual impressiona pelo estoque para todos os gostos e bolsos, com opções das mais diversas marcas e fornecedores.

 

Já para quem se arrisca a uma visita pessoal, a Revelateurs vale o passeio, já que é uma das primeiras lojas do segmento que trabalha com o conceito de butique erótica. Localizado no bairro de Moema, em São Paulo (SP), o espaço, que apresenta vitrines muito bem montadas e discretas, mais parece uma loja de grife do que um sex shop. Essa estratégia é proposital, para fazer com que as clientes sintam-se convidadas a entrar.

 

Outra que segue o mesmo padrão de butique erótica é a recém-inaugurada Scarllet, também na capital paulista. “Aqui pensamos em deixar a mulher à vontade para desfrutar não só da beleza do espaço como também de lingeries, cosméticos, acessórios e chocolates, além do sexy lounge, um espaço totalmente privativo de produtos eróticos. Tudo harmoniosamente pensado para não agredir ou inibir mulheres que não têm medo de inovar no campo da sensualidade”, diz Samantha Yamashita,
diretora da loja.

 

As duas butiques possuem sistema de entrega de produtos de maneira discreta, basta acessar: www.revelateurs.com.br e www.scarlett-sp.com.br


 

UOL Cursos Online

Todos os cursos