Pais devem insistir em ensinar a importância da beleza interior

Colaboração para o UOL

Os pais devem dar o exemplo e ficar atentos com exageros em relação à sua própria vaidade. É fundamental diferenciar o que é uma brincadeira de se maquiar em casa e o que é sair de casa para ir à escola, todos os dias, de maquiagem. Pode-se dizer que é saudável quando se trata de uma brincadeira, e a menina está treinando para exercer seu papel social de mulher, exercitando a feminilidade.

 

Em relação aos meninos, isso acontece quando procuram ganhar referências de figuras masculinas, pedalando sua bicicleta como quem dirige um carro ou outra brincadeira que lembre a profissão do pai ou do tio. “O acompanhamento, a orientação e o diálogo no dia a dia da criança, por parte dos pais ou responsáveis, é imprescindível”, acredita a psicóloga Maria Regina Domingues de Azevedo, da Faculdade de Medicina do ABC.

 

“Conversar com seu filho ou filha e mostrar que existem coisas muito mais importantes do que a supervalorização da beleza física, e da cultura do ter, nos dias de hoje, é o maior desafio para os pais. No entanto, não deve ser abandonado”, sentencia. Para a terapeuta Daniella Freixo de Faria, nunca é demais insistir no quanto é essencial ensinar aos filhos a importância da beleza interior. “As crianças precisam aprender que, além da aparência, temos também nosso mundo interno. E que ele é riquíssimo exatamente pelo fato de sermos únicos”, pondera. (FERNANDA JUNQUEIRA)


 

UOL Cursos Online

Todos os cursos