V.Rom oferece chocolate para o homem neste inverno

Da Redação

  • Reuters/Claudio Pedroso

    Desfile da V.Rom no SP Fashion Week

    Desfile da V.Rom no SP Fashion Week

O espírito de "A Fantástica Fábrica de Chocolate" (filme de 1971 com Gene Wilder) esteve presente no segundo desfile de hoje do São Paulo Fashion Week, que se inicou com 35 minutos de atraso.

A marca V.Rom, de Rogério Hideki e Vitor Santos, levou grandes barras de chocolate para a passarela e apresentou uma cartela de cores baseada no doce feito com cacau: creme, marrom, bordô, chumbo e cinza mescla, além de pink e preto.

Modelos com bengalas e cartolas, à la Willy Wonka, e máscara pintada nos olhos da cor de chocolate completaram a inspiração "doce" da marca, uma das raras que trouxe modelo negro para a passarela. Os modelos saíam de uma porta e alguns carregavam ramalhetes de flores.

A V.Rom mostrou uma coleção masculina levemente desestruturada e largada, que prima pelo conforto, para um homem jovem e urbano.

As calças foram o ponto forte da marca, principalmente as de tecido moles que propunham conforto e uma abordagem nova para o guarda-roupa masculino. As peças traziam recortes inspirados em calças de montaria, bolsos deslocados, cavalos ampliados e afunilamento na boca.

Tênis grandes, alguns metalizados, com cadarços coloridos e desamarrados, botas de cano médio, coletes de decote profundo e brilho opaco foram alguns dos itens do desfile.

As peças de falso couro (calças e casacos) foram as mais importantes da apresentação. Listras (vermelha, branca e marrom), bordado grande de flor nos casacos e gravatas borboletas também estiveram presentes. Os bordados e as estampas foram aplicados com harmonia nas peças.

"This Fire", de Franz Ferdinand _cuja cor da capa do disco é chocolate_, e "Everlasting Love", do U2, que encerrou o desfile, intergraram a trilha sonora. Leia também|V.Rom aposta em inverno positivo|http://www2.uol.com.br/modaalmanaque/ultnot/ult2731u29.htm target=_blank

UOL Cursos Online

Todos os cursos