As chiques da alta roda escolhem seus pares em estilo e individualidade

Rosemary Feitelberg, do "Women's Wear Daily"

  • Reuters

    Beyonce lança novo perfume de Tommy Hilfiger (21/06/2004)

    Beyonce lança novo perfume de Tommy Hilfiger (21/06/2004)

Avaliar se alguém tem estilo é eternamente subjetivo, mais ainda quando se comparam diferentes gerações. Apesar disso, a revista norte-americana "Women's Wear Daily" pediu a doze mulheres do mundo da moda que apontassem sua referência favorita em estilo. Em nome da diplomacia, pedimos que cada uma delas citasse alguém de outra geração.

Beyonce Knowles escolheu Tina Turner e Diana Ross _que nunca se amedrontaram com temas chocantes. "Eu realmente amava a Tina Turner, a Diana Ross e outras pessoas que não tinham medo de arriscar, pois é muito mais fácil estar seguro", diz.

A popstar é uma designer iniciante. Ela e sua mãe, Tina Knowles, lançarão uma linha "hip haute" (N.R.: hip, do hip hop, com haute, de haute coûture, alta-costura) para o próximo outono com o nome de "A Casa de Dereon". A modelo oficial da fragrância Tommy Hilfiger disse também que Roberto Cavalli, Marc Jacobs e Badgley Mischka estão entre suas etiquetas favoritas na hora de escolher o que vestir.

Conhecida por ter como assinatura seu sorriso com os dentes muito espaçados e suas viagens aventureiras, Lauren Hutton apropriadamente escolheu alguém que gosta de bagunçar as coisas de um jeito fashion. Hutton, que foi descoberta por Diana Vreeland, afirma que a filha de vinte e poucos anos de Francesco Clemente, Nina, é top. Quando amigos se reuniram para assistir ao primeiro debate para a campanha presidencial do ano passado, a filha do artista apareceu vestindo um cinto com a palavra "corrupto" bordada em pedras que imitavam diamante.

"Eu adoro como ela combina tudo. Ela usa saias curtas _um pouco de tudo. E não gasta muito. Também faz algumas coisas _ou melhor, ela faz tudo", diz Hutton.

Em 1988, Keith Haring ajudou a cultivar o espírito individualista de Clemente encorajando-a a expressar-se em um livro do tipo "faça-você-mesmo" que deu como presente do seu 17º aniversário. Ele depois foi publicado com o título "NinaŽs Book of Little Things" (algo como "O livro da Nina sobre pequenas coisas").

Carolina Herrera selecionou uma personalidade favorita mais clássica com Jennifer Creel, participante regular na primeira fila de seus desfiles, como nos de Oscar de la Renta. "Ela tem alguma coisa de muito estilo", diz.

Creel, que também é uma das grandes em Valentino, Michael Kors e Proenza Schouler, deu a Catherine Deneuve seu ok. "Ela simplesmente tem um estilo impressionante. Está sempre impecavelmente bem-vestida e alinhada", diz Creel sobre a atriz francesa, há muito fã de Yves Saint Laurent.

Elsa Klensch, outra juíza da moda, deu a Aerin Lauder o polegar de positivo "porque ela usa roupas que são ao mesmo tempo funcionais e fashion".

Depois de ter assistido aos desfiles de coleções de Paris e Milão no passado, Pat Buckley, diz que ela é a favor de todos que vistam marcas norte-americanas; em outras palavras, alguém que misture Gap com Banana Republic, "mas que os combine da maneira correta", diz. Buckley foi relutante em limitar sua escolha a um ou uma estilista, mas disse que Lauder é a escolhida.

De sua parte, Lauder, vice-presidente sênior da Estee Lauder, afirma que ela usa Michael Kors, Tuleh, Ralph Lauren e Gucci. E que ela gosta do estilo pessoal de Amanda Burden, presidente da Comissão de Planejamento da cidade de Nova York. "Eu adoro como ela se vestia quando tinha a minha idade, e ela ainda tem um estilo impressionante, de graça e elegância", diz.

Burden, por sua vez, afirma que escolhe o senso de moda de Diana Taylor. Taylor é superintendente de um banco estatal, mas é mais conhecida como a namorada do prefeito de Nova York, Michael Bloomberg.

Como vice-presidente de licenciamento da empresa de Oscar de la Renta, seu padastro, Eliza Reed Bolen tem a sua lista de personalidades "afiadas". Mas na hora de escolher um favorito, ela preferiu ficar na família e escolheu sua mãe, Annette de la Renta. "Ela tem um jeito fabuloso, elegante de se vestir. Desde quando está com um roupão de banho até quando está arrumada para sair. Ela é única e sempre parece estar pronta", justifica.

Além dos modelos de de la Renta, sua esposa usa muito Channel, diz Reed, cujo gosto pessoal inclui Chloe, Etro e adam+eve, sem dispensar as criações de seu padastro.

A correspondente especial para a revista "Vanity Fair", Amy Fine Collins, devota de Lanvin e Geoffrey Beene, também demonstrou sua porção de nepotismo e indicou como favorito o estilo de sua filha de 11 anos, Flora. A menina usa as dicas que recebe da mãe e de suas amigas, mas, segundo Collins, "vira do avesso as informações que recebe e as melhora".

"Ela aproveita todas as referências que existem para a moda de crianças, adolescentes e adultos e processa tudo com uma imaginação singular. Ela não fica parecida com as outras meninas", afirma Amy.

Um típico "look" de sua filha pode incluir uma bandana na cabeça, botas da Gap, um vestido caro comprado em Paris _maior ou menor que seu tamanho ideal_ e muita jóias e bijuterias misturadas. "O importante é o look, não o status ou a marca", explica Collins.

A Collins mais velha é ídola de Tiffany Dubin. Dubin diz que a escolhe por seu individualismo. "Ela é verdadeira consigo mesma. Ela achou um estilo que é seu e que faz a sua marca. Ela é criativa, disciplinada e se conhece, ao mesmo tempo em que se diverte com seu amor pela moda", diz.

Cece Cord tem uma decisão dividida. Ela citou Carol Petrie, que veste Arnold Scaasi e Oscar de la Renta, "por estar sempre elegante naquela maneira do velho mundo, com um pouco a mais de esforço". Sua filha, Elisabeth Anne, é a outra escolha, "mesmo se algumas vezes ela me faz revirar os olhos". Sua filha gosta de misturar produtos de lojas baratas e Target com peças de Angel Sanchez, Michael Kors e J. Mendel. Algumas vezes, seu antigo uniforme já virou a saia do seu "look". "Ela não tem medo de tentar. Ela pode se vestir de modo sofisticado ou underground, com um pouco de tudo", diz a mãe.

(Rosemary Feitelberg é editora de Mercado da revista "Women's Wear Daily"; colaboraram Evan Clark e Eric Wilson)

UOL Cursos Online

Todos os cursos